As melhores maneiras de acalmar um bebê agitado

Chorar é a forma com a qual os bebês comunicam seu desconforto, sua fome ou sua necessidade de atenção. É normal que os bebês fiquem agitados, em média, de 2 a 4 horas por dia, e geralmente no mesmo horário todos os dias. Depois de algumas semanas, o choro diminui, e, por volta dos 3 meses, a maioria dos bebês chora apenas por aproximadamente 1 hora por dia.

Todos os bebês choram, mas alguns fazem isso muito mais do que outros. Isso pode ser causado por uma cólica – o choro da cólica começa e termina sem nenhum motivo aparente, dura pelo menos 3 horas por dia e acontece pelo menos 3 vezes por semana durante um período de 1 a 3 meses.

É importante ter em mente que o choro excessivo pode ter uma causa médica ou física. Por isso, primeiro você deve tentar identificar se há uma razão por trás do choro, procurando por padrões. Ele acontece em determinados momentos do dia ou em situações específicas, como estar um lugar lotado ou logo após a amamentação? Você consegue perceber se existem diferenças em relação aos choros por causa de fome, cansaço, etc.? Mantenha um registro desses choros, para que você possa compará-los com a semanas anteriores.

O que eu posso fazer?

Aqui estão algumas técnicas que você pode experimentar em casa quando seu bebê estiver chorando inconsolavelmente. Experimente todas! Com paciência e prática, você saberá quais delas funcionam para o seu bebê.

  • Faça um casulo com o seu bebê. Enrole seu bebê confortavelmente em uma manta para ajudá-lo a se sentir mais seguro.
  • Tente usar um bebê conforto ou um sling. Alguns bebês adoram ficar perto da mãe ou do pai o dia todo! Andar por aí com o seu bebê pode acalmá-lo.
  • Segure seu bebê de maneiras diferentes. Desde que ele esteja seguro, não há maneira certa ou errada de segurá-lo. Tente posições diferentes, como tê-lo virado para a frente, por cima do seu ombro ou perto do seu peito.
    • Coloque seu bebê deitado em seu antebraço com a barriga para baixo e a sua mão segurando o peito dele.
    • Coloque seu bebê deitado de barriga para baixo em seu colo ou em uma superfície macia e esfregue delicadamente as costas dele.
  • Experimente movimentos diferentes. Alguns bebês gostam de balanços suaves, enquanto outros preferem balanços mais rápidos.
  • Use sons calmantes. Um barulho de fundo pode ser tranquilizante. Experimente usar um ventilador ou um umidificador de ar no quarto do seu bebê. Cante ou converse suavemente com ele.
  • Reduza os estímulos. Em outros casos, menos estímulos significam menos choro. Abaixe as luzes, reduza o ruído e evite o excesso de estímulos (como texturas) para o seu bebê.
  • Mantenha-se calma. Cuidar de um bebê chorando pode ser muito estressante, especialmente se considerarmos sua resposta hormonal, que faz com que você se sinta desconfortável quando seu bebê chora. Acalme-se, e isso ajudará seu bebê a se acalmar também.

Não há técnicas certas ou erradas, desde que seu bebê esteja seguro e sendo cuidado. Cada bebê é diferente, e é necessário ver o que funciona melhor para o seu.

Como dar banho no recém-nascido

No início, dar banho em um bebê recém-nascido pode ser uma tarefa difícil. Mas não se preocupe – nós temos algumas dicas que irão ajudá-la a dominar essa arte em pouco tempo! Primeiramente, você deve saber que não há necessidade de dar banho no seu bebê todos os dias. De fato, muitos especialistas afirmam que dar banho várias vezes por semana (três ou mais vezes) pode ressecar a pele do bebê. Se você notar que a pele do seu bebê está muito seca, aplique uma loção hidratante hipoalergênica e sem perfume logo após o banho.

A que horas devo dar banho no meu bebê?

Não há recomendação específica de período do dia ou de horário. No entanto, você deve tentar escolher um horário em que a probabilidade de ser interrompida seja menor. Alguns pais optam pela manhã, quando o bebê está pronto e alerta para aproveitar a experiência, enquanto outros preferem dar o banho à noite, para acalmá-lo antes de dormir. Ou seja, a resposta é: no horário que você preferir!

Como devo fazer e quais materiais serão necessários?

O primeiro banho do seu bebê deverá ser um banho de esponja. Antes de tirar a roupa dele, escolha uma sala aquecida com uma superfície plana e limpa – pode ser um banheiro, um balcão de cozinha ou o chão. Cubra a superfície com um cobertor ou uma toalha macia. Se seu bebê estiver em uma superfície acima do chão, use uma alça de segurança ou mantenha uma mão sobre ele o tempo todo para garantir que ele não irá cair. Antes de começar, verifique se você tem os itens necessários à mão:

  • Cobertor ou toalha macia: deixe o cobertor ou a toalha aberta para poder colocar o seu bebê;
  • Segurança: mantenha sempre uma mão no seu bebê e, se você estiver em um trocador, certifique-se de usar uma alça de segurança também;
  • Bacia de plástico ou pia: coloque água morna. Não use muita água, certifique-se de que esteja rasa. Verifique a temperatura da água para garantir que não esteja muito quente;
  • Outros materiais: Toalhinha para dar banho, uma toalha para secar o seu bebê, lenços umedecidos, uma fralda limpa e uma muda de roupa

Se você esquecer algo, precisar atender ao telefone ou à porta durante o banho, você deve levar seu bebê com você, então, mantenha uma toalha seca por perto. Nunca deixe seu filho sozinho no banho.

A Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda banhos de esponja durante as primeiras semanas (aproximadamente três semanas), até que o coto do cordão umbilical caia.

Lembre-se de lavar primeiro o rosto do seu bebê, e depois o corpo (se ainda houver o coto do cordão umbilical, seja muito cuidadosa, e limpe ao redor dele). Para lavar o rosto do seu bebê, mergulhe a ponta de um pano ou uma bola de algodão em água morna e limpe suavemente os cantos internos dos olhos em direção aos cantos externos.

Dar banho no seu bebê recém-nascido não se trata apenas de uma questão de higiene – pode ser uma ótima maneira de fortalecer os laços afetivos entre vocês, bem como uma oportunidade de aprendizado! Ajude seu bebê a explorar seus sentidos, pingando água suavemente sobre a barriguinha dele (ele provavelmente irá rir com prazer!) ou derramando água perto dele. Observe se ele fica fascinado com o som ou se fica espantado, com os olhos arregalados.