Category Archives: Desenvolvimento Cognitivo

5 dicas para ajudar o seu pequeno com instruções

A patologista e terapeuta Molly Dresner possui ideias novas e divertidas para ajudar nossos filhos a desenvolver suas habilidades de seguir instruções.

Por serem muito jovens, as crianças precisam de orientações e pausas para fazer as coisas que pedimos que façam. Ao invés de dar uma série de instruções de uma vez, vá devagar, seja claro, e dê o exemplo para que seu filho possa fazer uma determinada tarefa. Aproveite músicas, ritmos, caças ao tesouro e jogos de imitação para treinar seu bebê e ajude-o a se concentrar e concluir uma tarefa com várias etapas.

Continue lendo

Como se desenvolvem as emoções do seu bebê

O desenvolvimento e a aparência das emoções do seu bebê seguem um processo ordenado que vai desde os sentimentos mais simples, até as emoções mais complexas com as quais todos estamos familiarizados. Segundo o Dr. PhD Michael Lewis, os recém-nascidos são capazes de mostrar três emoções básicas: interesse, angústia e satisfação. Seu recém-nascido mostrará essas emoções em resposta a processos internos, alterações fisiológicas ou estímulos sensoriais. À medida que seu filho continua a crescer, suas respostas emocionais ficam mais complexas.

Nos próximos 6 meses, essas reações primárias evoluirão para alegria, surpresa, tristeza, repulsa, raiva e medo. Essas emoções, como as primeiras que mencionamos, se desenvolvem conforme o bebê amadurece a nível neurológico e cognitivo.

Continue lendo

Os primeiros anos: desenvolvimento cognitivo

Os bebês são como pequenos cientistas. Eles experimentam de forma proativa tudo que está em seu mundo para descobrir como funciona. A cognição de um bebê – ou o grupo de processos mentais que incluem pensamento abstrato, memória, resolução de problemas e atenção – ajuda nesta compreensão do mundo.

Um dos primeiros grandes avanços que seu bebê terá é começar a desenvolver um sentimento de independência, ou seja, o sentimento de que ele pode fazer as coisas por si mesmo. Isso está ligado à compreensão de causa e efeito – muito importante quando se trata de entender como o mundo funciona.

Continue lendo

5 dicas para brincar com o seu filho

Todos sabem que brincar é crucial para o desenvolvimento de bebês e crianças pequenas. Através das brincadeiras, os pequenos exploram e aprendem coisas novas sobre o mundo, adquirem novas habilidades, praticam sua criatividade e experimentam interações sociais. Aqui estão algumas dicas para aproveitar ao máximo esses momentos do dia!

1. Deixe seu pequeno guiar a brincadeira. Não se preocupe se ele não usar os brinquedos como deveria, deixe-o explorar e ensinar a você novas maneiras de se divertir.

2. Seja paciente. Mostre ao seu filho como um brinquedo funciona, mas dê a ele tempo para manipulá-lo. Ajude-o somente quando necessário e não faça as coisas por ele, mesmo que ele leve mais tempo para concluir uma tarefa.

Continue lendo

Como meu filho pensa? Conheça a Teoria da Mente

Como adultos, entendemos que os outros têm seus próprios pensamentos, crenças e desejos; isto é, eles têm seu próprio modo de pensar. Mas nem sempre estamos conscientes disso. Para serem capazes de entender as intenções e crenças dos outros, as crianças precisam desenvolver uma teoria da mente. Para ilustrar isso com um exemplo, vamos contar uma breve história!

Uma garotinha coloca todos os blocos de brinquedo em um recipiente e depois sai do quarto. Enquanto isso, alguém entra e reorganiza a sala, mudando os blocos para uma caixa diferente. Mais tarde, a menina retorna e quer construir uma torre de blocos. Onde ela irá procurar os blocos? Como diversos estudos mostraram, as crianças mais jovens provavelmente iriam responder que ela abrirá a caixa onde os blocos realmente estão. É somente a partir dos 4 ou 5 anos de idade que as crianças entendem que o que a garotinha imagina não é necessariamente o que acontece, ou seja, elas seriam capazes de responder que a garotinha irá procurar os blocos no lugar onde ela inicialmente os guardou.

Ter uma teoria da mente desenvolvida tem um enorme impacto sobre as crianças, uma vez que transforma a maneira como elas são capazes de enxergar os outros e dar sentido às suas ações. Basicamente, a teoria da mente impacta duas grandes áreas do desenvolvimento da criança: social e cognitiva.

Continue lendo

Quando meu filho começará a colaborar?

Se colaborar com outra pessoa, às vezes, é difícil para nós, imagine como deve ser para seu pequeno!

Colaborar significa que duas ou mais pessoas trabalham em equipe para alcançar um objetivo em comum, cada uma desempenha um papel individual durante o processo e, no final, a recompensa é compartilhada entre elas. Além disso, a colaboração requer habilidades cognitivas e sociais muito avançadas, que permitem às crianças entenderem que, quando elas concordam em fazer alguma coisa, existe uma expectativa cultural de que elas cumprirão a sua palavra. Por exemplo, se uma outra criança pergunta ao seu filho “vamos fazer uma torre?” e ele diz que sim, então ele aceita que vai colaborar e cria uma obrigação mútua entre as duas crianças.

Mas, será que colaborar é muito complicado para o seu filho? Com certeza não! Seu pequeno pode até surpreender você ao mostrar o quão esperto ele é. Claro que este é um processo gradual e dependerá do estágio de desenvolvimento dele. Alguns estudos encontraram resultados interessantes sobre como a colaboração ocorre em diferentes fases da primeira infância.

Continue lendo

Como a rotina do bebê pode ajudar você

Já falamos sobre a importância das rotinas e que elas dão uma sensação de segurança e previsibilidade aos bebês e crianças pequenas. Mas em que exatamente elas ajudam e por que são tão úteis?

1) Elas ajudam a desenvolver o autocontrole
Saber o que está acontecendo dá às crianças uma sensação de segurança e estabilidade emocional, e faz com que elas se sintam mais no controle das situações. Por exemplo, se seu filho sabe que todos os dias jantam depois de brincar, então ele poderá brincar, explorar e aprender sem preocupações e estará pronto quando for a hora de sentar-se à mesa.

2) Promovem comportamentos positivos
As rotinas são como uma série de etapas que orientam as crianças em direção a determinados objetivos. Isso as ajuda a se sentirem seguras e a aprenderem comportamentos responsáveis. Por exemplo, seu filho irá saber que sempre deve dar a mão para atravessar a rua, ou que ele deve dizer “por favor” ao pedir algo.

Continue lendo

A importância do brincar de faz de conta no desenvolvimento social e cognitivo da criança

O renomado psicólogo do desenvolvimento infantil Lev Vygotsky propôs que brincar de faz de conta ajuda as crianças pequenas a diferenciarem os objetos do mundo real e seus símbolos (sejam eles palavras, outros objetos ou as ideias que eles têm sobre os objetos em questão). Isso, sem dúvida, é algo que os adultos compreendem, mas é uma tarefa monumental para o cérebro em desenvolvimento de uma criança pequena!

O esforço que as crianças fazem ao brincar com a imaginação mostra que reconhecer a diferença entre os símbolos mentais e os objetos do mundo real não é uma tarefa fácil. Um grupo de pesquisadores do Departamento de Psicologia da Universidade Emory descobriu que, antes dos dois anos de idade, as crianças não conseguem se engajar em jogos imaginativos com brinquedos, a menos que sejam muito realistas e representem objetos familiares, como um telefone de brinquedo com o qual elas imitam suas mães. Entre 2 e 3 anos de idade, as crianças começam a imaginar objetos e situações mais complexas sem usar muitos adereços ou acessórios do mundo real.

Continue lendo

Como ajudar o desenvolvimento do cérebro do meu filho por meio de interações

Os bebês chegam ao mundo em um estado de total dependência de seus pais ou cuidadores. Durante seus primeiros anos de vida, tanto seus cérebros quanto seus corpos necessitam da receptividade e das interações com os adultos que os rodeiam. O Dr. Jack Shonkoff, especialista de Harvard, chama esses momentos críticos em que uma criança faz alguma coisa e o adulto responde de volta (e vice-versa) de “jogos de ação e reação”. Segundo ele, esses momentos permitem que você e o seu filho estejam em sintonia um com o outro, interagindo juntos na exploração do mundo exterior ou interior.

O Dr. Shonkoff calcula que, a cada segundo, mais de 1 milhão de novas conexões neurais são formadas. Portanto, a combinação dos genes do seu filho com o seu cuidado e a interação atenciosa com ele contribuirão para construir sua arquitetura cerebral, uma interação por vez.

Continue lendo

Cinco maneiras de estimular o pensamento lógico matemático (STEM)

Bebês nascem cientistas. Eles desenvolvem teorias sobre como o mundo funciona e aprendem constantemente por meio da observação, da exploração e de suas próprias experiências com o ambiente. De acordo com um novo relatório do Centro para a Criatividade Infantil no Bay Area Discovery Museum, bebês com menos de um ano de idade têm a capacidade cognitiva de compreender conceitos relacionados à ciência, tecnologia, engenharia e matemática (STEM – a sigla resume os conceitos em inglês: science, technology, engineering, math). O truque para desenvolver essas habilidades é tornar-se mais intencional na forma como interagimos com nossos filhos.

Estas são algumas formas de promover habilidades de pensamento STEM em seu filho:

Continue lendo