Category Archives: Troca de Fralda

Quantas fraldas devo trocar por dia?

Parabéns pelo seu lindo recém-nascido! Você sabe que parte de ser mãe ou pai são as inevitáveis ​​trocas de fralda – e elas são muitas! Durante os dois primeiros anos de vida do seu bebê, você sentirá que passa muito tempo trocando fraldas. A boa notícia é que trocá-las não tomará tanto tempo, especialmente com a prática. Além disso, lembre-se de que o número de fraldas que você troca por dia pode lhe dar uma boa indicação da saúde do bebê. Ou seja, se você não trocar muitas fraldas com xixi, talvez seu bebê esteja desidratado e, se você não trocar fraldas com cocô, ele pode estar constipado.

Quantas fraldas devo trocar por dia?

Até completar 1 mês de vida, seu recém-nascido provavelmente molhará cerca de seis ou mais fraldas e sujará cerca de uma a quatro fraldas por dia! Sendo assim, você deverá trocar cerca de sete a doze fraldas por dia, um total de 320 fraldas por mês. É aconselhável começar a comprar algumas fraldas de marcas diferentes para ver se você gosta delas e se elas se adequam ao seu bebê. Quando encontrar sua marca favorita, estime os custos, procure por promoções e compre-as quando tiver a oportunidade de economizar o máximo possível (as despesas podem aumentar!). Por outro lado, se você usar fraldas de pano, certifique-se de ter mais de doze fraldas limpas e prontas para o uso todos os dias. Lembre-se de que é importante trocar a fralda assim que você perceber que ela está molhada ou suja. Às vezes, é difícil notar que a fralda está molhada quando ela é descartável, pois, geralmente, o bebê não fica incomodado. Por isso, é muito importante verificar a fralda  frequentemente.

Como escolher o tipo de fralda: descartável ou de pano?

Ao escolher as fraldas do seu bebê, você tem duas opções: fraldas descartáveis ou de pano. Essa é uma decisão muito pessoal, e ninguém deve tentar convencê-la a escolher uma ou a outra. Você pode experimentar uma opção e, então, mudar para a outra, ou usar os dois tipos de fraldas, alternando entre elas.

Fraldas descartáveis:

A maioria das fraldas descartáveis ​​é equipada com uma camada absorvente para evitar que o xixi do seu bebê fique em contato com a pele, de modo a evitar irritações, atrito ou vazamentos (embora, às vezes, eles sejam inevitáveis). Existem muitas marcas de fraldas descartáveis que, ao longo dos anos, melhoraram seus produtos e os deixaram mais leves e confortáveis. Há também opções ecológicas, que ajudam a reduzir a quantidade de fraldas que chegam aos aterros sanitários.

Prós

  • Elas são práticas, especialmente quando você está fora de casa;
  • Não precisam de limpeza, você simplesmente joga fora;
  • São fáceis de trocar;
  • São muito absorventes, por isso exigem menos trocas;
  • São boas para evitar vazamentos.

Contras

  • Elas não são a opção mais sustentável, apesar da existência de fraldas descartáveis ​​ecológicas;
  • A maioria contém produtos químicos (cujo prejuízo para os bebês não foi comprovado), mas alguns pais preferem que seu bebê não entre em contato com eles;
  • Elas são caras;
  • Sua capacidade de absorção evita o desconforto, por isso, em comparação com as fraldas de pano, o desfralde pode se tornar mais desafiador.

Fraldas de pano:

As fraldas de pano atuais não são como as usadas pelos nossos avós. As de hoje são bem mais modernas, e há muitos tipos, que variam em termos de absorção e textura. Em alguns países, existem serviços de limpeza de fraldas, ou você também pode lavá-las em casa.

Prós

  • Existem muitas opções de tecidos e designs para escolher;
  • Você pode economizar dinheiro – especialmente se lavá-las em casa;
  • Elas são ecologicamente corretas;
  • Elas não contêm produtos químicos;
  • O desfralde provavelmente será mais fácil para o seu bebê.

Contras

  • Sua capacidade de absorção é menor, em comparação com as fraldas descartáveis;
  • Elas podem ser difíceis de limpar;
  • Lavá-las em casa é demorado, e pode aumentar as contas de luz e água;
  • Contratar um serviço de limpeza pode ser caro;
  • Quando você troca a fralda do seu bebê e não está em casa, precisa guardar a fralda suja na bolsa de fraldas.

Quantas fraldas o meu bebê vai usar depois do primeiro mês?

Seu bebê já tem um mês e você já adquiriu muita prática em trocar fraldas – embora você esteja apenas começando! Durante os dois primeiros anos de vida do seu bebê, você sentirá que passa muito tempo trocando fraldas. No entanto, a boa notícia é que, com a prática, você conseguirá trocá-las mais rapidamente. Da mesma forma, lembre-se de que a quantidade de fraldas molhadas e sujas que você troca é uma boa indicação da saúde do seu bebê. Ou seja, se você não trocar muitas fraldas com xixi, talvez seu bebê precise de mais hidratação, e, se você não trocar fraldas com cocô, ele pode estar constipado.

Quantas fraldas devo trocar por dia?

Após o primeiro mês, seu bebê deverá molhar cerca de quatro a seis fraldas por dia. Você também notará que a quantidade de fraldas sujas diminui, já que a evacuação do seu bebê também diminui, e pode não acontecer todo dia. Contanto que ele não esteja com dor ou que as fezes dele não estejam duras e secas, ele não está constipado. Por outro lado, se você acha que seu bebê está constipado, não deixe de entrar em contato com seu pediatra, e ele lhe dará as orientações necessárias.

Com isso em mente, você deverá trocar cerca de quatro a dez fraldas por dia, cerca de 240 fraldas por mês. Por isso, é aconselhável começar a comprar algumas fraldas diferentes, para ver se você gosta delas e se elas são adequadas para o seu bebê. Quando você encontrar sua marca favorita, estime os custos, procure por promoções e compre-as quando tiver a oportunidade de economizar o máximo possível (o custo pode ser alto!). Por outro lado, se você usa fraldas de pano, certifique-se de ter mais de dez fraldas limpas e prontas para uso todos os dias, para atender às necessidades do seu filho. Lembre-se de que é importante trocar a fralda assim que você perceber que ela está molhada ou suja. Muitas vezes, quando a fralda é descartável, é difícil notar quando ela fica molhada, já que, geralmente, seu bebê não fica incomodado. Por isso, é importante verificar a fralda dele com frequência

Quantas fraldas meu bebê usará por dia?

Durante os dois primeiros anos de vida do seu bebê, você sentirá que passa muito tempo trocando fraldas. No entanto, a boa notícia é que, com a prática, você as trocará mais rapidamente. Lembre-se também que o número de fraldas com xixi e com cocô que você troca é uma boa indicação da saúde do seu bebê. Ou seja, se você não troca muitas fraldas molhadas, talvez seu bebê precise de mais hidratação, e se você não troca muitas fraldas sujas, ele pode estar constipado.

Quantas fraldas devo trocar por dia?

Depois que os primeiros meses se passaram, seu bebê provavelmente irá molhar e sujar cerca de oito fraldas por dia, um total de 240 fraldas por mês. Por isso, é recomendável calcular os custos, procurar por promoções e comprá-las quando tiver a oportunidade de economizar o máximo possível. Por outro lado, se você usa fraldas de pano, certifique-se de ter mais de oito fraldas limpas prontas todos os dias para atender às necessidades do seu filho. Lembre-se de que é importante trocar a fralda assim que você perceber que ela está molhada ou suja. Quando a fralda é descartável, muitas vezes é difícil perceber quando ela está molhada, pois, geralmente, seu bebê não fica incomodado. Por isso, é importante verificar a fralda dele com frequência.

Como trocar o meu bebê fora de casa

Não é ótimo sair para passear com o seu filho? Parques, restaurantes, lojas – são muitas as opções de passeios, e é divertido sair com o seu bebê! A única pequena desvantagem é a inevitável troca de fraldas, e onde fazê-la.

Onde posso trocar a fralda do meu bebê?

Quando você estiver fora de casa com o seu bebê, é uma boa ideia localizar os banheiros ao seu redor, para o caso de precisar trocar a fralda dele. Se houver um “banheiro família” no local, você está com sorte! Esses espaços são privados, de modo que você pode ter o espaço todo para você o seu filho. Se houver apenas um banheiro regular, verifique se há um trocador que atenda aos seus padrões de higiene.

O que eu faço se não houver um trocador no banheiro?

A maioria dos banheiros públicos está equipada com trocadores, mas, infelizmente, em alguns lugares, esse não é o caso. Às vezes, pode haver uma mesa, mas sua condição de higiene pode não estar aceitável. Se você se deparar com alguma dessas situações, sugerimos tentar as seguintes opções:

  • Procure outro banheiro com um trocador apropriado;
  • Se não houver outro trocador, você pode colocar um trocador de plástico ou descartável na mesa ou em qualquer área adequada para trocar o seu filho, como:
    1. seu carrinho;
    2. um banco;
    3. seu colo;
    4. o porta-malas do seu carro (se a superfície for larga e plana).

O que eu preciso ter na minha bolsa de fraldas para trocar a fralda do meu bebê em um passeio?

  • Sacos de plástico para roupas e fraldas sujas;
  • Lenços umedecidos;
  • Fraldas limpas;
  • Um trocador de plástico ou de pano, de preferência almofadado;
  • Lençol protetor descartável;
  • Gel antisséptico para as mãos;
  • Um brinquedo para distrair o seu bebê;
  • Uma muda de roupas.

Por fim, lembre-se de que é importante tornar o processo confortável para o seu filho. Tente colocar uma almofada ou um pequeno colchonete embaixo dele, para que ele não sinta a superfície dura. Lembre-se de distraí-lo com um brinquedo, brincar ou fazer cócegas nele para tornar esse momento agradável e divertido para vocês dois.

O que é uma assadura e como posso tratá-la?

Assaduras são muito comuns em bebês. Apesar do seu esforço em trocar as fraldas com frequência e limpar o bumbum do seu bebê muito bem, ele pode, ainda assim, passar por isso. A boa notícia é que as assaduras, geralmente, são fáceis de tratar e podem desaparecer em poucos dias.

Quais são as causas das assaduras?

As assaduras surgem quando bactérias, umidade, fungo, espuma de sabão, fezes ou urina se misturam à fralda. Esses componentes, quando submetidos ao calor natural do corpo, podem danificar a camada superior da pele, resultando em assaduras. Outras causas incluem a exposição prolongada a uma fralda suja e o uso de antibióticos, que eliminam tanto as bactérias boas quando as más (algumas vezes, levando a infecções). A introdução de novos produtos – como lenços umedecidos, sabonetes, loções e talco para bebês – pode irritar a pele. Além disso, a introdução de alimentos sólidos também pode causar assaduras, pois a composição das fezes e a frequência da evacuação são alteradas.

Qual é a aparência de uma assadura?

Quando um bebê tem uma assadura, a pele na área da fralda fica inchada, irritada e avermelhada.

Como faço para tratar uma assadura?

Para tratar uma assadura, é muito importante manter a pele do seu bebê o mais limpa e seca possível. Se você usa lenços umedecidos, tente reduzir o uso deles, ou evite-os enquanto a pele estiver avermelhada, mesmo que sejam hipoalergênicos. Ao invés disso, limpe a área afetada com água e algodão, acariciando a pele delicadamente, sem esfregar. Após a limpeza, lembre-se de deixar a pele secar completamente. Quando seu bebê estiver sequinho, coloque uma nova fralda. Você pode optar por uma fralda um pouco maior e roupas folgadas, para que a fralda não fique muito próxima da pele, mantendo-a seca.

Você pode aplicar uma pomada contra assaduras que não contenha fragrância, conservantes ou ingredientes que possam irritar a pele do seu bebê ou que sejam prejudiciais quando absorvidos. É melhor escolher uma pomada suave, que contenha óxido de zinco. Consulte o seu pediatra, e ele irá recomendar as melhores opções. Lembre-se de não usar remédios ou receitas caseiras sem antes consultar seu médico.

Quando devo consultar meu pediatra?

Se a assadura não melhorar em três ou quatro dias e surgirem espinhas, bolhas, pus ou febre, não deixe de consultar seu pediatra, especialmente se a assadura se espalhar para fora da área da fralda ou você achar que ela está piorando

O que posso fazer para evitar uma assadura?

  • Troque as fraldas do seu bebê com frequência;
  • Evite fraldas com alta absorção (geralmente são menos trocadas);
  • Evite usar muitos lenços umedecidos;
  • Deixe a pele secar completamente antes de colocar uma fralda limpa;
  • Lave as mãos antes e depois de trocar uma fralda;
  • Se seu bebê usa fraldas de pano, certifique-se de que elas estejam bem limpas, que foram enxaguadas duas vezes, e que o sabão usado para lavá-las seja suave e livre de fragrâncias;
  • Certifique-se de que as fraldas do seu bebê não estejam muito apertadas, para que a pele dele possa respirar.

Como trocar a fralda do seu bebê

Preparação

A preparação é fundamental antes de trocar uma fralda, por isso, certifique-se de:

  1. Não esquecer os suprimentos essenciais. Durante uma troca de fralda, sempre verifique se você tem lenços ou toalhinhas, dependendo do que você usa para limpar o bumbum do seu bebê. Além disso, lembre-se de manter uma pomada contra assaduras, talco ou vaselina nas proximidades, especialmente se o seu bebê costuma ter assaduras. E, claro, nunca se esqueça de reabastecer o estoque de fraldas. Você não vai querer sair no meio da noite para comprar fraldas.
  2. Manter todos esses materiais por perto e facilmente acessíveis. Às vezes, as coisas podem ficar realmente agitadas em casa e, na hora de trocar a fralda do seu bebê, você pode perceber que se esqueceu da pomada ou até mesmo das fraldas! Deixar seu bebê no trocador enquanto você procura uma fralda pode ser muito arriscado, mesmo se ele estiver preso com um cinto de segurança. Por isso, mantenha sempre tudo o que você precisa perto do lugar onde você costuma trocar a fralda.
  3. Localizar um lugar limpo, seguro e quente para trocar o seu bebê. A segurança vem sempre em primeiro lugar ao escolher um lugar para a troca de fralda! É importante que você escolha uma superfície de onde seu bebê não possa cair facilmente. Tente usar um trocador, ou simplesmente coloque um cobertor no chão ou na cama.
  4. Lave sempre as mãos antes e depois de trocar a fralda do seu bebê. A higiene do seu bebê deve ser uma das suas principais prioridades. Lembre-se de que você está limpando o cocô dele, que pode ir parar onde você menos imagina – até no seu rosto! Na verdade, alguns pediatras sugerem que até mesmo as mãos do seu bebê devem ser limpas depois da troca de fralda. Não importa se ele realmente tocou alguma coisa durante a troca de fralda – lavar as mãos dele no fim do processo ainda é uma boa ideia.

Aqui estão 10 passos simples que você pode seguir para trocar a fralda do seu bebê:

  1. Coloque seu bebê no trocador;
  2. Remova a roupa do seu bebê;
  3. Abra uma nova fralda limpa e coloque a parte de trás embaixo do seu bebê – a parte de cima deve chegar até a cintura do seu bebê;
  4. Puxe a parte da frente da fralda suja para baixo. Nota: se o seu bebê for um menino, você pode cobrir o pênis dele com um pano limpo, para evitar que ele faça xixi em você;
  5. Limpe a frente do seu bebê com um lenço umedecido. Nota: se o seu bebê for uma menina, limpe da frente para trás (em direção ao bumbum);
  6. Se seu bebê fez cocô, pegue outro lenço e limpe o bumbum dele. Você pode levantar as pernas dele ou rolá-lo suavemente de um lado para o outro. Certifique-se de limpar os vincos das coxas e as nádegas também;
  7. Retire a fralda suja e deixe-a de lado. Se você seguiu o primeiro passo, a fralda limpa deve estar embaixo do seu bebê, pronta para vesti-lo;
  8. Antes de aplicar a pomada contra assaduras, deixe a pele do seu bebê secar naturalmente por alguns instantes;
  9. Puxe a parte da frente da fralda limpa até a barriga do seu bebê. Nota: se o seu bebê for um menino, coloque o pênis dele para baixo, para evitar que ele faça xixi por cima da fralda;
  10. Prenda a fralda em ambos os lados com as abas. A fralda deve estar bem firme, mas não tão apertada a ponto de machucar o seu filho.

Recomendações:

  • Se o seu bebê for recém-nascido, evite cobrir o coto do cordão umbilical com a fralda. Ao invés disso, dobre a frente (se for uma fralda normal) ou compre fraldas especiais para recém-nascidos que tenham um recorte frontal para evitar o contato com o coto do cordão umbilical;
  • Ao fechar a fralda, certifique-se de separar bem as pernas do seu bebê. Cuide para não deixar a fralda muito folgada, para não causar irritação e desconforto para o seu bebê.
  • Esse é um momento perfeito para fortalecer os laços afetivos entre você e o seu bebê, então, tente se divertir! Cante músicas, assopre a barriguinha dele ou faça cócegas

Todos nós temos maneiras diferentes de trocar as fraldas de um bebê, conte-nos como você faz nos comentários abaixo!