X
X

9 formas de desenvolver crianças resilientes

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Como pais, estamos tentando minimizar constantemente o medo e a incerteza para os nossos filhos, mas será que estamos fazendo a coisa certa? Como podemos conseguir afeto e compreensão ao invés de transmitirmos ansiedade e medo? Precisamos entender que não é possível protegermos nossos filhos de todos os perigos e decepções deste mundo. No entanto, isso não quer dizer que eles devam descobrir tudo sozinhos – os pais têm um papel importante em fornecer às crianças as ferramentas necessárias para navegar pela vida e criá-las para serem adultos resilientes.

O que significa ser resiliente? Segundo a American Psychological Association (APA), a resiliência é "a capacidade de se adaptar bem à adversidade, ao trauma, à tragédia, às ameaças ou até mesmo a fontes significativas de estresse". Ao contrário do que a maioria das pessoas pode pensar sobre esse tema, não é que as pessoas resilientes não sejam afetadas pela adversidade – elas são capazes de lidar e superar os desafios de forma eficaz, e até mesmo de saírem fortalecidas pelos eventos!

Criar crianças resilientes é possível, você só precisa estimular as habilidades necessárias para lidar com as dificuldades futuras e se recuperar delas. Se você fornecer ao seu filho as ferramentas certas para enfrentar os desafios, ele poderá navegar pela vida com mais eficiência.

X
banner kinedu desenvolvimento

Você pode começar a promover essas habilidades desde cedo, então aproveite! Na verdade, o papel que você desempenha nos primeiros anos do bebê é muito importante na promoção dessas habilidades. Em suma, você deve fornecer um cuidado responsivo e um ambiente positivo para o seu bebê. Mesmo que as crianças pequenas não sejam capazes de expressar em palavras certos sentimentos, elas ainda estão conscientes do ambiente ao seu redor e podem absorver eventos assustadores que presenciam ou conversas que ouvem. Então você deve procurar por sinais de medo e ansiedade que seu filho possa demonstrar. Por exemplo, seu filho ficou mais apegado do que o normal? Ou ele está demonstrando certos comportamentos que podem ser sinais de ansiedade? Lembre-se de estar atento e usar brincadeiras como uma forma de ajudar seu filho a expressar seus medos! O uso de jogos de arte e simulação é uma ótima maneira de as crianças comunicarem o que não conseguem expressar em palavras.

Se você deseja promover a resiliência em seu filho, aqui estão algumas dicas que você pode seguir:

  1. Erros são oportunidades para aprender. Ensine seu filho a abraçar o fracasso. Para fazer isso, comece ensinando-lhe que o esforço contínuo, a prática e o aprendizado são as chaves para o sucesso! Certifique-se de que ele não veja os contratempos como assustadores, de modo que ele possa estar disposto a correr riscos e tentar coisas novas!
  2. Promova a responsabilidade atribuindo responsabilidades. Evite “mandar”, isso não promoverá a responsabilidade. Em vez disso, ofereça oportunidades para que ele seja responsável. Por exemplo, ele pode ajudar com certas tarefas da casa, e envolver-se em fazer coisas para os outros.
  3. Estimule a tomada de decisões. Incentive seu filho a tomar decisões e deixe que ele saiba que você o apoia. Faça-o pensar em diferentes cenários e possibilidades para que, se ele tomar uma decisão ruim, você possa oferecer orientação ou perguntar a ele: "Eu me pergunto o que poderia acontecer se fizéssemos isso…". À medida que ele cresce, você pode gentilmente empurrá-lo para fora de sua zona de conforto, incentivando-o a experimentar novas atividades. Isso exercitará seu sistema de resposta ao estresse, como qualquer experiência nova faz – por exemplo, ir à casa de um amigo para brincar pela primeira vez.
  4. Ensine-o a fazer amigos e ajudar os outros. Ensine seu filho a ser amigo, a fim de fazer amigos e desenvolver a habilidade de empatia. Construa uma forte rede familiar para apoiar seu filho em suas decepções. Ter apoio social fortalece a resiliência.
  5. Crie rotinas. O uso de uma rotina pode ser reconfortante para as crianças, especialmente as mais novas, que anseiam por estrutura em suas vidas.
  6. Ensine o autocuidado. Seja um exemplo para o seu filho! Ensine-o sobre a importância de ter tempo para comer adequadamente, exercitar-se e descansar. Certifique-se de fornecer equilíbrio, para que ele tenha tempo para se divertir! Faça sua programação de forma que ele tenha tempo para relaxar.
  7. Ensine sobre o foco em objetivos. Ensine o seu filho a estabelecer metas, e depois a perseguí-las. Quando ele se mover em direção a um objetivo, mesmo que lentamente, e depois receber elogios por isso, ele verá o que já realizou, em vez de focar no que ele ainda precisa alcançar. Isso irá ajudá-lo a ter resiliência para avançar diante dos desafios.
  8. Cultive uma visão positiva. Quando seu filho crescer, ajude-o a lembrar como ele teve sucesso em lidar com dificuldades no passado, e certifique-se de que ele entenda que as dificuldades do passado o ajudaram a construir a força para lidar com desafios futuros!
  9. Evite perguntas que comecem com "por que" – use "como". Ao fazer isso, você ensinará seu filho a avaliar as opções e decidir qual delas é melhor.

A resiliência faz uma grande diferença na vida. As pessoas que respondem às dificuldades com resiliência são mais saudáveis, mais longevas, mais felizes em seus relacionamentos, mais bem-sucedidas na escola e no trabalho, e confiantes o suficiente para explorar seu mundo! Lembre-se que a família age como um cobertor de segurança. Por isso, promova a proximidade da família e certifique-se de que seus filhos recebam muito amor e apoio.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!