Ansiosa para descobrir em que semana da gravidez você está? Você só precisa inserir na calculadora gestacional o primeiro dia da sua última menstruação (DUM)!

A calculadora gestacional vai ajudar você a descobrir com quantas semanas de gravidez está e a provável data do parto. Apesar de muitas mamães ficarem confusas com esse cálculo, saiba que a contagem semanal é importante para acompanhar com mais precisão o desenvolvimento do bebê, visto que o feto passa por grandes mudanças em poucos dias.

Se você tiver dúvidas sobre a calculadora gestacional e como calcular usando a DPP ou a DUM, confira os tópicos a seguir!

O que é a calculadora gestacional e como ela funciona?

A calculadora gestacional é uma aplicação digital que usa a mesma fórmula que os médicos obstetras usam para saber em que semana da gravidez você está. De maneira geral, tudo o que você precisa é saber a data da última menstruação (DUM) ou a data provável do parto (DPP). Esse modelo foi inventado por Franz Naegele, um médico obstetra alemão e, por isso, recebe o nome de regra de Naegele.

Você pode até pensar: então, o tempo de gestação é contado a partir do dia em que eu ainda não estava grávida? Isso mesmo! O motivo é que se torna muito difícil saber a data da fecundação, uma vez que ela pode não coincidir com o dia da relação sexual.

Baixe GRÁTIS o Kinedu e acompanhe o desenvolvimento do seu bebê!

Isto acontece porque o espermatozoide pode permanecer vivo dentro do canal vaginal por até 5 dias após a ejaculação. Se nesse meio tempo a mulher ovular, há a possibilidade de engravidar. Além disso, o óvulo também tem seu próprio tempo, sobrevivendo por até 24 horas após sua liberação.

Com sorte, entre ambos os períodos, temos uma margem de erro de até 6 dias para a data provável de fecundação. Dessa maneira, fica estabelecido que o primeiro dia da sua última menstruação também é o primeiro dia da sua gravidez.

Como usar a data da última menstruação na calculadora gestacional?

Para fazer essa conta com a calculadora gestacional, basta inserir a data do primeiro dia da sua última menstruação (DUM). Caso você não saiba com exatidão a DUM, pode utilizar uma data aproximada ou confirmá-la de acordo com a idade gestacional apontada pelos primeiros exames de ultrassom.

Como fazer o cálculo com a data provável do parto?

A data provável do parto (DPP) é o dia em que a grávida completa 40 semanas. Para saber em qual semana da gravidez você está usando sua DPP, basta inseri-la na calculadora da gravidez. Assim, ela retornará com algumas informações, como:

  • com quantas semanas de gestação você está;
  • informações importantes sobre o desenvolvimento do bebê nesta fase.

Por que confiar na data da calculadora gestacional Kinedu?

O cálculo do tempo de gestação feito é uma estimativa de acordo com as informações passadas, seja a DUM, seja o resultado de um exame. No entanto, há uma série de fatores que podem influenciar para que essa data seja diferente. Alguns deles são:

  • saúde da gestante;
  • saúde do bebê;
  • quantidade de bebês na mesma gravidez;
  • ritmo do desenvolvimento fetal;
  • intercorrências externas à gravidez.

Não há uma fórmula mágica que diga com exatidão a data de nascimento do seu bebê. Tudo o que pode ser feito é basear-se em técnicas, como a Regra de Naegele, para fazer esse cálculo aproximado. É importante dizer que os exames pré-natais ainda são necessários.

É por meio deles, inclusive, que, ao longo da gravidez, você descobrirá um dia mais preciso. Além disso, na prática, qualquer bebê nascido entre as 37ª e 42ª semanas é considerado “a termo”. Isso significa que o bebê nasceu dentro do esperado, ou seja, no momento certo.

Por que o cálculo do tempo de gestação é em semanas, e não em meses?

O desenvolvimento gestacional varia muito de uma semana para outra, e esse é o principal motivo da contagem não ser em meses. Se compararmos duas gestações do 7º mês, sendo que uma está na primeira semana e a outra na última, veremos muitas diferenças. Por exemplo:

banner kinedu prenatal pt
  • na 28ª semana de gestação (primeira semana do 7º mês), o bebê tem cerca de 1 kg, medindo cerca de 37,6 cm, e pode ter ainda o lanugo ou ter formado os cabelos;
  • na 31ª semana de gestação (última semana do 7º mês), o bebê tem cerca de 1,5 kg, medindo cerca de 41,1 cm, e já tem unhas formadas, podendo até fazer o movimento de sugar os dedinhos.

Você pode compreender melhor seu tempo de gravidez assim:

  • a cada 7 dias após sua DUM, você completa mais 1 semana de gestação;
  • a cada 4 semanas após sua DUM, você completa mais 1 mês de gestação.

Na tabela gestacional abaixo, você pode conferir as semanas de gestação em meses.

Tabela gestacional: correspondência das semanas de gestação em meses

Quais são as fases da gravidez?

Agora que você já sabe como descobrir sua idade gestacional, vamos mostrar neste tópico as mudanças que vão ocorrer com seu bebê durante o desenvolvimento a cada trimestre da gestação.

Primeiro trimestre

Após a concepção, o óvulo começa a se dividir e as primeiras células são formadas. Entre 3 e 4 semanas, os órgãos iniciam sua formação, incluindo o tubo que se tornará a medula espinhal. Por volta de 6 semanas, já é possível ouvir os batimentos cardíacos do seu bebê no ultrassom e o cérebro dele está em crescimento acelerado.

Entre 7 e 8 semanas, o rostinho do seu bebê começa a se formar. Órgãos, pálpebras, dedos das mãos e dos pés estão quase completos. Nas próximas semanas, o corpo estará formado e o sexo poderá ser visto com 12 semanas.

Segundo trimestre

Seu bebê começa o segundo trimestre pesando cerca de 20 g e medindo 7 cm. Os braços e as pernas estão formados e, a partir de 16 semanas, você pode sentir os primeiros movimentos — algumas mulheres sentem por volta de 18 semanas. Nesse período, o corpo é coberto por uma camada de pelo muito fina chamada “lanugo”, cujas funções são proteger a pele e manter o bebê aquecido.

Em seguida, são formados os cílios e as sobrancelhas, além das impressões digitais. O ganho de peso se acelera com 21 semanas da gestação, e os pulmões estão mais maduros. Ao final do trimestre, é possível ver pelo ultrassom seu bebê com o dedo ou as mãos na boca.

Terceiro trimestre

Com 25 semanas, seu filho tem cerca de 30 cm a 33 cm e pesa quase 700 g. Seus pulmões continuam a crescer e se desenvolver, assim como o cérebro e os olhos. Por volta de 27 e 28 semanas, as mãos já são capazes de agarrar e as unhas começam a se formar. A partir desse período, você já pode sentir seu bebê soluçar.

Entre 33 e 34 semanas, os órgãos sexuais estão desenvolvidos e, preparando-se para o parto, seu bebê se move na posição de cabeça para baixo. A partir de 36 semanas, ele está formado e pode nascer a qualquer momento, embora a maioria nasça entre 37 e 38 semanas. Ao nascer, mede entre 45 cm e 55 cm, e seu peso fica entre 2,5 kg e 4 kg.

Quais são os sintomas em cada fase da gravidez?

Durante a gravidez, o seu corpo vai passar por uma série de mudanças, resultando em sintomas variados. A seguir, confira o que esperar a cada fase da gestação.

Primeiro trimestre

No primeiro trimestre, a interrupção da menstruação e as alterações hormonais podem resultar nos seguintes incômodos:

  • enjoo matinal;
  • sensação de cansaço extremo;
  • alterações de humor;
  • seios sensíveis e inchados;
  • aumento na vontade de urinar;
  • azia;
  • dor de cabeça;
  • prisão de ventre.

Segundo trimestre

Em geral, o segundo semestre é mais tranquilo para a gestante. Sintomas como cansaço e enjoo costumam desaparecer, mas outros podem surgir:

  • dores no corpo (como costas, abdômen e virilha);
  • inchaço no rosto, nos dedos e nos tornozelos;
  • estrias no abdômen, nas coxas, nos seios ou nas nádegas;
  • manchas na pele.

Terceiro trimestre

Na reta final da gestação, alguns sintomas do segundo semestre continuam, enquanto outros podem se manifestar, tais como:

  • falta de ar;
  • dificuldade para dormir;
  • azia;
  • inchaços;
  • hemorroidas;
  • umbigo saliente.

Gostou de usar a calculadora gestacional do Kinedu para descobrir em que semana da gravidez você está? Aproveite para baixar o nosso aplicativo e ficar por dentro do desenvolvimento do seu bebê!