Descubra como a musicalização infantil auxilia no desenvolvimento de habilidades e por que esses momentos musicais podem trazer inúmeros benefícios para os pais e as crianças.

A música é de fundamental importância no desenvolvimento da criança na primeira infância, visto que a musicalização infantil é capaz de promover diversos benefícios, como habilidades de percepção, coordenação motora grossa, raciocínio e alfabetização, além de ser muito divertida. Assim, não é difícil imaginar que a educação musical poderá fazer maravilhas para o desenvolvimento do seu filho.

Inclusive, você sabia que existe “canção de ninar” e “canção de brincar”? Sim, e o que as diferencia é o andamento. Essa última é geralmente mais rápida e conta com jogos de palavras ou sugestões de movimentos corporais que auxiliam a percepção auditiva e o desenvolvimento da coordenação motora, da sociabilidade, da linguagem e da musicalidade do bebê. Já as canções de ninar são mais lentas porque têm a finalidade de acalmar e estimular o sono.

Viu como este assunto é interessante e significativo? Continue lendo e veja como o desenvolvimento da criança pode ser melhorado através da música.

Qual a importância da musicalização infantil para a criança?

Antes de nascer

A música entra na vida de um bebê quando ele ainda está na barriga da mãe. Precisamente, a partir da 32ª semana de gestação, o sistema auditivo do bebê está completo e ele já ouve relativamente bem, mesmo ainda dentro do útero. Por isso, nessa época, você pode colocar músicas para seu filho que ele já escutará. Prefira sempre as canções tranquilizadoras.

Após o nascimento

Os bebês vêm ao mundo com predisposições para processar sons musicais. Tais habilidades estão presentes no nascimento e tendem a se modificar com o desenvolvimento infantil e com a exposição à musica já no primeiro ano de vida.

Baixe agora o Kinedu e participe de aulas de musicalização infantil com o seu bebê!

Pesquisas sobre música para bebês

Ao entrar em contato com a música desde cedo, ainda que apenas a ouvindo, vários benefícios são alcançados na vida da criança em médio e longo prazo. Essa descoberta é atribuída à professora de psicologia Susan Hallam, da University College London.

Por exemplo, a relação entre as canções de ninar e a redução dos batimentos cardíacos do bebê e uma respiração mais calma e profunda também já foi comprovada. A seguir, entenda cada um desses benefícios, que compreendem habilidades sociais e físicas.

Quais os benefícios da musicalização infantil?

Favorece o aprendizado

Em outra pesquisa, neurocientistas do Instituto de Aprendizagem e Ciências do Cérebro da Universidade de Washington investigaram a influência da música no cérebro de bebês. O resultado foi a ativação cerebral, de forma que os córtices auditivos e pré-frontais se modificaram.

Tais regiões são ligadas ao processamento da fala e da música. Ao serem alteradas, indicam benefícios no desenvolvimento dos bebês, favorecendo o aprendizado. Portanto, a musicalização para bebês trabalha as suas habilidades socioafetivas desde muito pequenos.

Estabiliza o humor

Muitos bebês podem ficar irritados facilmente e sem uma razão clara. Tanto eles quanto os pais sofrem devido a esse estado de humor. O resultado é um bebê que chora muito, faz birra e esperneia mesmo que os cuidadores tentem tudo para contornar a situação.

Nesse momento, a música para bebês consegue contribuir — e muito —, pois ela libera endorfina no corpo, um dos hormônios da felicidade. Além disso, ocorre a diminuição do cortisol, o hormônio do estresse. Assim, fica fácil entender por que a irritabilidade do bebê diminui.

banner kinedu desenvolvimento

Traz tranquilidade

Às vezes, o bebê fica inquieto, demora para dormir e não deixa ninguém na casa relaxar. Nessas horas, aposte na música! As canções calmas, como as de ninar, trazem tranquilidade ao bebê. Você pode colocar a música para tocar ou cantar para seu filho — o segundo pode ser mais benéfico, pois, ao ouvir a sua voz, a do pai ou a de quem cuida do bebê, as chances de ele ficar tranquilo e adormecer são maiores.

Favorece o desenvolvimento motor

É possível desenvolver a coordenação motora da criança por meio da música. Ao ser incentivada a bater palmas no ritmo da canção, bater os pés, dançar ou mexer instrumentos, ela trabalha as habilidades motoras grossas e finas.

Assim, procure criar momentos de dança com seu filho e o incentive a mexer e remexer o corpo. Use a criatividade, como utilizar panelas no lugar de tambores e potes cheios de grãos em vez de chocalhos, ou seja, aproveite objetos da sua casa como instrumentos musicais.

Melhora a socialização

Ao ouvir música e dançar, seu bebê poderá se tornar uma pessoa mais sociável. Isso acontece porque ele aprende a interagir e compartilhar seus sentimentos com outras crianças, com adultos e com o mundo. A música é capaz de estimular os circuitos neuronais que se relacionam à empatia, cooperação e confiança. O resultado é a capacidade de o bebê se conectar com outras pessoas e, assim, reduzir comportamentos impulsivos.

Estimula a cooperação e constrói relacionamentos

Em geral, a música é um trabalho em equipe, na qual cada participante adiciona seu som ou sua voz à canção. Com isso em mente, imagine um desfile de crianças tocando instrumentos enquanto caminham pela escolinha. Essa é mais uma forma de estimular a cooperação e construir relacionamentos.

No kinedu | aprender, você tem acesso a aulas para pais e sessões interativas de brincadeiras para pais e filhos, como a aula de musicalização infantil. Você pode baixar o app e testar 7 dias grátis, sem compromisso!

Quais as habilidades que a música desenvolve nos bebês?

Já vimos os benefícios da música no desenvolvimento dos pequenos. Agora, confira uma lista com as habilidades desenvolvidas através da musicalização para bebês. São elas:

  • linguagem e alfabetização;
  • pensamento (cognitivas);
  • físicas (motoras);
  • socioafetivas.

Como inserir a musicalidade na vida da criança?

Há muitas maneiras de inserir a musicalidade na vida dos pequenos. Muitas delas são instintivas. Mamães, papais, titias e outras pessoas costumam cantar para os bebês enquanto se balançam de forma engraçada. Eles podem nem saber, mas essa já é uma maneira de trazer a música para o bebê. Entretanto, você também pode fazer isso de forma pensada, justamente para que seu filho aproveite todos os benefícios que a musicalidade lhe trará.

Além das aulas de música para bebês, que mencionamos anteriormente neste artigo, você também encontra diversas atividades de musicalização infantil no nosso app, com o passo a passo em vídeo. Confira algumas delas:

A música

Para esta atividade, que estimula o ritmo do pequeno, toque uma canção que seu bebê goste. Em seguida, você irá acompanhar o ritmo, batendo palmas enquanto incentiva que ele faça o mesmo. A música estimula o lóbulo temporal, área do cérebro que processa o som. Faça essa atividade sempre que escutar músicas com seu filho.

Mexa no ritmo da música

Esta atividade estimula a expressão corporal, além de trabalhar a coordenação motora grossa e a expressão artística. Comece entregando um lenço ao seu filho e, a seguir, toque músicas de diferentes ritmos. Fale para ele mover o lenço de cima para baixo e de um lado para outro sempre que a música tocar. Diga também que ele deve ficar parado quando a canção for interrompida.

Além de a musicalização infantil ser muito divertida, quando você e seu bebê escutam, cantam e dançam juntos no ritmo de uma canção que gostam, seu filho exercita múltiplos aspectos do seu desenvolvimento físico e emocional. Por fim, outro fator importante é que, ao compartilhar uma música com o pequeno, você vivencia mais uma forma de dar e receber amor.

Agora, que tal baixar o app do Kinedu para participar das aulas de musicalização infantil com o seu filho e ainda acessar +1.800 atividades criadas por especialistas em primeira infância?