A coordenação motora grossa está relacionada aos movimentos feitos com os grandes músculos. Por isso, é preciso estimulá-la para garantir o desenvolvimento saudável do bebê.

Os primeiros anos do bebê são marcados por conquistas em importantes habilidades para o seu desenvolvimento, como sorrir, engatinhar, reconhecer pessoas etc. Pensando nisso, preparamos este post para falar um pouco mais sobre uma das capacidades mais notáveis: a coordenação motora grossa. Saiba mais sobre o assunto!

O movimento é algo natural do ser humano. Pular, correr, apanhar, chutar, andar e rolar são exemplos de habilidades fundamentais que, mais cedo ou mais tarde, são dominadas pela criança. Cabe aos cuidadores ficar por dentro de tudo o que acontece para poder ajudar os pequenos a alcançarem novas conquistas e a terem um desenvolvimento saudável.

Baixe GRÁTIS o Kinedu e acompanhe o desenvolvimento do seu bebê!

Quer entender mais? Então, continue a leitura para conferir perguntas e respostas sobre a coordenação motora grossa e como estimulá-la em seu bebê. Vamos lá?

O que é coordenação motora grossa ou ampla?

A coordenação motora grossa está relacionada aos movimentos dos membros superiores e inferiores do corpo, ou seja, os que envolvem os músculos maiores, como os das pernas, dos braços e do abdômen. Exemplos de atividades que requerem essa habilidade são: correr, sentar, esticar os braços, rolar etc.

Como desenvolver essa habilidade? A coordenação motora grossa progride a partir de um processo gradual de fortalecimento muscular e de coordenação entre os músculos. Sendo assim, a cada conquista de uma nova habilidade, seu bebê está se preparando para a próxima. Por exemplo: após conseguir engatinhar, seu pequeno provavelmente aprenderá a andar e, mais tarde, a correr.

Qual é a diferença entre a coordenação motora grossa e a fina?

Enquanto a coordenação motora grossa requisita os grandes músculos para ser realizada, a coordenação motora fina tem a ver com o movimento dos pequenos músculos do corpo, como os das mãos e dos olhos. Escrever, pegar objetos com as mãos, amarrar os sapatos e abotoar a camisa são alguns exemplos de atividades que requerem essa habilidade.

coordenação olho-mão também faz parte da coordenação motora fina, uma vez que é necessário usar os músculos menores. Quando a criança desenha, brinca de massinha de modelar ou monta um quebra-cabeça, ela está desenvolvendo essa capacidade.

Para que serve a coordenação motora grossa?

Como vimos, a coordenação motora grossa está relacionada ao fortalecimento e à sincronização dos movimentos dos músculos maiores. Dessa maneira, ela é fundamental para o equilíbrio, percepções gerais e tônus muscular.

As atividades da coordenação motora grossa estão ligadas diretamente à nossa rotina. Afinal, andar, correr, pular, esticar os braços, levar a mão aos objetos, entre outros, são movimentos que fazemos diariamente.

Por isso, é necessário estimular o seu pequeno de acordo com a idade e com o estágio de desenvolvimento dele, para que ele se desenvolva de maneira saudável e aprenda as habilidades motoras amplas, como sustentar a cabeça, sentar, engatinhar, andar, correr e pular.

Essas primeiras habilidades serão a base para as novas que virão com o passar do tempo. Sendo assim, é muito importante que sejam bem desenvolvidas. Para isso, é preciso que sejam estimuladas por meio de atividades adequadas. No próximo tópico, abordamos algumas delas.

Qual atividades posso desenvolver em casa para estimular a coordenação motora grossa?

Você sabia que é possível ajudar no desenvolvimento da coordenação motora grossa do seu bebê desde o nascimento? Pois é! Existem diversas atividades que estimulam o seu pequeno a trabalhar essa habilidade. Aqui, reunimos algumas delas.

Baixe GRÁTIS o Kinedu e acesse +1.800 atividades para ajudar no desenvolvimento do seu bebê!

Preparando-se para sentar

Por volta dos 4 meses, alguns bebês já querem se sentar e, com 5 ou 6 meses, a maioria já consegue fazer isso com apoio das mãos no chão. Com 7 ou 8 meses, é bem provável que o seu pequeno consiga se sentar sem apoio e, com 9 meses, já fica bastante tempo nessa posição.

Para que isso ocorra, é importante fortalecer os músculos da barriguinha. Uma ótima atividade é deitar o bebê de barriga para cima e entregar um objeto que ele possa segurar com as duas mãos. Enquanto ele agarra o objeto, você o puxa lentamente para cima até que ele fique sentado.

Você pode fazer isso várias vezes ao dia. Se o seu filho não conseguir sustentar a cabeça, levante-o apenas 2 cm do chão. Isso é interessante para fortalecer os músculos do pescoço e das costas.

Olhando para trás

Outra excelente posição para bebês fortalecerem os músculos posteriores e anteriores é ficar de bruços. Assim, podemos estimulá-los com brinquedos e iniciar a base motora que o fará engatinhar.

Para a brincadeira, coloque o seu bebê no chão deitado de barriguinha para baixo. Precisamos de brinquedos ou objetos que façam barulho, como chocalhos ou molho de chaves. Posicione-se atrás do bebê e balance o item de forma que emita um som alto suficiente para o bebê ouvir.

Instintivamente, seu filho procurará pelo som com os olhos, virando a cabecinha e, de vez em quando, tentando virar o corpinho. É exatamente essa reação que procuramos, pois o ajudará na localização espacial, na construção do tônus muscular e na coordenação motora grossa.

banner kinedu desenvolvimento

Essa atividade você encontra no app Kinedu na categoria “física” e “engatinhar”. Ela é ideal para bebês que ainda não aprenderam a engatinhar.

Confira também essa atividade, que você pode encontrar no nosso App, e que tem como objetivo estimular a Coordenação Motora Grossa do seu pequeno:

Segurando pela mão

Para essa brincadeira de coordenação motora grossa você precisa de um ambiente plano e com chão livre de obstáculos. Fique de frente para o seu bebê e segure ambas as mãozinhas. Vá caminhando com ele, guiando-o para frente (você caminhará de costas).

Isso dará confiança para o seu bebê seguir dando os primeiros passos. Também é uma ótima maneira de ajudá-lo a explorar a casa e ganhar mais firmeza para andar sozinho depois.

Essa atividade você encontra no app Kinedu na categoria “física” e “primeiros passos”. Ela é ideal para bebês que estão começando a andar.

Subindo e descendo escadas

Uma das mobilidades que a coordenação motora grossa é responsável após o bebê andar são os movimentos de subir e descer. Dessa forma, precisamos estimular o desenvolvimento dos músculos inferiores, bem como a visão de distância e profundidade.

Para essa atividade, você precisa de brinquedos que chamem a atenção do seu filho. Também é importante ter uma escada que ele possa subir e descer em segurança com sua supervisão. Comece subindo três degraus e chamando a atenção dele com um brinquedo.

É bem provável que ele suba engatinhando os degraus — isso não tem problema — e, em seguida, ajude-o a descer. Então, repita a atividade subindo outros três degraus.

Essa atividade você encontra no app Kinedu na categoria “física” e “andar”. Ela é ideal para bebês que já sabem andar com certa firmeza.

Saltando para objetos do cotidiano I

Para essa atividade, você precisará de objetos do cotidiano da sua família, como algum brinquedo, garfo e relógio. Coloque-os no chão, marcando-os como “estações”.

Segurando a mão da criança, pulem juntos para a primeira estação que está no chão. Parados lá, peça para que a criança diga o nome do objeto. Quando ele acertar, saltem para a próxima estação, repetindo a brincadeira.

Essa atividade você encontra no app Kinedu na categoria “física” e “pular”. Ela é ideal para crianças que andam e já sabem nomes de objetos do cotidiano.

Aumentando o volume!

Para essa brincadeira, vocês precisarão de um espaço amplo e que pode ser usado para ouvir música. Diga a seu filho que brincarão com um jogo de música e que é preciso prestar atenção ao volume dela.

Comecem caminhando normalmente e à medida que o volume da música aumenta, vocês devem ir acelerando os passos. Isso deve acontecer até que seu filho esteja correndo — ou quase. Essa atividade treina a habilidade de correr, mas também estimula a atenção, memória e pensamento abstrato.

Essa atividade você encontra no app Kinedu na categoria “física” e “correr”. Ela é ideal para crianças que já sabem andar e pular.

Aprendendo a dançar

Dançar não é apenas algo prazeroso: é um ótimo exercício físico, é também uma verdadeira aula para os pequenos. Enquanto ela dança, a criança desenvolve a amplitude de movimento e usa todas as partes do corpo que trabalham as coordenações motoras grossa e fina. Outros benefícios da dança incluem a melhora da postura, do equilíbrio, da resistência, da flexibilidade e da percepção corporal.

Em vez de apenas colocar uma música para que o seu filho dance, é interessante que você dite quais movimentos ele pode fazer, por exemplo: “levante o braço assim”, “mexa a perna para o lado”, “dê um passinho para a frente”. Essa atividade é capaz de ajudar a desenvolver também a imaginação e a resolução de problemas.

Como o Kinedu pode ajudar nisso?

Kinedu é um aplicativo para acompanhar e estimular o desenvolvimento de crianças de 0 a 4 anos. Isso significa que, além de ficar por dentro de todas as conquistas relacionadas às habilidades do seu filho, você aprende atividades para fazer com ele para ajudá-lo a desenvolver suas habilidades.

E isso não apenas na coordenação motora grossa, mas em todas as áreas de desenvolvimento, como cognitiva, linguística, física e socioafetiva. Funciona assim: você coloca todos os dados do seu bebê e o Kinedu sugere atividades para você fazer com o seu filho conforme a idade e os marcos de desenvolvimento que ele já alcançou. Além disso, ele oferece dicas de leitura de artigos baseadas no que há de mais atual na ciência.

A coordenação motora grossa é uma das habilidades mais fáceis de se notar nos marcos do desenvolvimento infantil. Apesar de ser algo natural do ser humano, é necessário que os pais e outros cuidadores estimulem para que o bebê a desenvolva de maneira saudável.

Em nosso catálogo temos mais de 100 atividades que podem ser feitas em casa. Você se interessou e quer saber mais sobre o Kinedu? Então, que tal baixar o aplicativo gratuitamente e testar agora mesmo?