Dançar pode ajudar seu filho a pensar simultaneamente em seu equilíbrio, movimento e ritmo. É uma atividade que requer concentração mental e participação ativa. Quando seu filho dança, ele escuta a música, se move e planeja o que fazer a seguir; ele está desenvolvendo não só a coordenação motora grossa, como também suas habilidades de raciocínio.

O desenvolvimento das habilidades musicais e dos passinhos de dança do seu filho pode começar desde muito cedo, com suas primeiras reações ao ouvir uma música e até com palmas em resposta a um ritmo. No entanto, essas habilidades atingirão outro nível quando ele começar a dar seus primeiros passos. Dançar também é uma excelente atividade para interagir com o seu pequeno.

Entre o primeiro e o segundo aniversário, seu filho estará trabalhando suas habilidades de dança. Primeiro, seus passos consistirão apenas em subir e descer com os pés plantados no chão. Quando estiver prestes a completar dois anos, você notará que ele irá incorporar os braços em seus movimentos. Seu pequeno irá se divertir muito!

Continue incentivando-o! Você pode incluir a dança em suas rotinas diárias ou até mesmo usá-la como uma atividade alternativa durante um dia chuvoso, quando seu filho não puder brincar ao ar livre. Isso o ajudará a melhorar sua coordenação, desenvolver sua consciência espacial e planejar novas maneiras de mexer o corpo, o que também dará a ele uma sensação de realização.

O que vem depois?

Mais tarde, por volta do terceiro aniversário, seu filho poderá balançar o corpo e até rodopiar! Por meio dos movimentos, ele aprenderá sobre si mesmo e sobre o mundo ao seu redor, algo que também ampliará suas experiências e descobertas. A dança também é uma forma de arte; portanto, quando o seu filho combinar a dança livre com a música, estará usando a criatividade e a autoexpressão. E se ele copiar seus movimentos, estará usando também as habilidades de imitação!

Powered by Rock Convert

Gradualmente, os movimentos aleatórios do seu filho e o balanço espontâneo ao ouvir música se tornarão passos de dança mais definidos, típicos de uma criança de três anos de idade. Ele se sentirá mais motivado a se mexer, mesmo que seus movimentos nem sempre sejam coordenados com a música que está ouvindo. Lembre-se de que não há maneira certa de dançar, é só se expressar e se divertir!

Embora um ritmo constante ou efeitos musicais ainda não estejam adequadamente conectados aos movimentos do seu filho, ele irá coordenar melhor suas ações com a música. A dança afeta a vida do seu pequeno em muitas áreas. Estes são alguns dos benefícios da dança em cada área de desenvolvimento:

  • Área socioafetiva: seu filho vai querer dançar com um parceiro ou na frente de uma plateia. Isso promoverá a interação e a cooperação social. Ele vai querer se comunicar com você por meio da dança e do movimento corporal. Essa é uma excelente maneira de expressar emoções e sentimentos, e permite que ele se torne mais consciente de si mesmo dentro de um espaço onde há música. A autoestima dele também irá melhorar ao aprender novos passos de dança.
  • Área cognitiva: a dança desenvolve o cérebro e ensina o seu filho a pensar em diferentes maneiras de mexer o corpo. Você precisa fornecer as ferramentas necessárias para ajudá-lo a conseguir isso. Coloque diferentes tipos de música, dê acessórios e dance com ele. Seu pequeno vai adorar isolar o movimento de diferentes partes do corpo, mudar de direção ou nível, explorar os movimentos do corpo e aumentar suas habilidades. Ele irá experimentar todos os truques de dança imagináveis!
  • Área física: a dança exige que o seu filho expanda sua amplitude de movimento e use todas as partes do corpo. Isso envolve habilidades motoras finas e grossas, bem como consciência espacial, além de melhorar a coordenação. Também melhora a flexibilidade, a postura e a resistência e promove o controle do peso. Você verá que, pouco a pouco, seu filho poderá dançar por até 45 minutos! Siga as instruções dele e toque diferentes gêneros musicais até encontrar o que ele mais gosta.

O que você pode fazer para ampliar os benefícios da dança?

  • Cante uma música que dite ou descreva diferentes movimentos. Este é um excelente exercício que promove a resolução de problemas, pois seu filho deve pensar em qual direção balançar, sacudir, virar ou dançar. Essa atividade simples promove o desenvolvimento da imaginação e da autoexpressão. No entanto, seu filho ainda poderá achar difícil entender a relação entre os sons que ele ouve e o que seus músculos fazem. Para aprimorar sua criatividade, toque algumas músicas e brinquem de mexer o corpo.
  • Desafie ou faça perguntas com várias respostas possíveis sobre como mover o corpo. Por exemplo, “Você consegue mexer as pernas no ritmo dessa música?” ou “Você pode balançar o corpo atrás de mim?”.

Dançar ajuda o seu pequeno a se desenvolver fisicamente, emocionalmente, socialmente e cognitivamente. Muitos pais percebem que a dança melhora as habilidades físicas, mas nem todos sabem que ela também desenvolve outras habilidades. Reserve um momento para dançar com o seu filho! Esses passos de dança farão toda a diferença.

Seu filho irá fortalecer várias habilidades. Se você dançar com ele, vocês terão uma experiência muito benéfica e divertida!

Se quiser conhecer outras formas de estimular o desenvolvimento do seu filho enquanto aproveita um tempo de qualidade com ele, acesse o nosso Catálogo.