Durante os primeiros anos de vida, os bebês desenvolvem um apego seguro com os pais. Essa ligação dependerá da qualidade das interações que você tem com o seu filho e inclui toda a comunicação não verbal e as respostas aos movimentos, gestos e sons. A maneira como você contribui para esse apego seguro determinará como seu filho irá interagir, se comunicar e desenvolver relacionamentos pessoais ao longo da vida.

Durante os primeiros anos, o tipo de cuidado emocional e físico que você dá ao seu filho vai estabelecer as bases para o futuro desenvolvimento cognitivo e socioafetivo dele. Um ambiente positivo, estimulante e carinhoso promoverá o apego seguro entre vocês dois. Isso significa que o vínculo que ele compartilha com você faz com que se sinta seguro e promove o desenvolvimento ideal do seu sistema nervoso. Também o ajuda a ter um autoconhecimento saudável e a base para confiar nos outros. Um apego inseguro não dará segurança à criança e resultará em confusão sobre sua identidade e dificuldade em se relacionar com os outros.

Experiências musicais desempenham um papel importante na construção de conexões neurais para habilidades sociais. Pesquisas mostram que as primeiras interações musicais entre pais e filhos dão aos pais mais informações sobre os movimentos de seus bebês. Em um estudo sobre bebês e canções de ninar, as mães comentaram que o canto facilitou a compreensão das respostas de seus filhos e melhorou seus sentimentos sobre a maternidade. As canções de ninar também servem para promover a autorregulação. Quando você acalmar seu bebê, estará ensinando a ele a capacidade de se acalmar e o preparando para adquirir futuras habilidades de gerenciamento de emoções e necessidades. Você também pode trabalhar a autorregulação com o seu filho dançando no ritmo da música e parando quando a música terminar.

App Kinedu Desenvolvimento do bebePowered by Rock Convert

Experimentar música também dará ao seu filho a oportunidade de desenvolver autoconfiança e autoestima. Quando estiver cantando com ele, mantenha contato visual e inclua o nome dele nas músicas; veja quais músicas ou ritmos ele mais gosta. Incentivar interações simples, como sacudir um chocalho ou brincar com um tambor, fará com que seu filho se sinta capaz e competente. Lembre-se de que ele aprende muito por imitação, então se você mostrar a ele como usar um instrumento, logo ele poderá manipulá-lo sozinho. Isso dá a ele a oportunidade de praticar esperar a vez e compartilhar. Tentem compartilhar os instrumentos ou se revezar repetindo os sons para criar sua própria melodia. Vocês não só vão se divertir muito, mas também vão estimular o vínculo entre vocês e fortalecer seu relacionamento; isso irá contribuir para o bem-estar emocional do seu filho.

Continue lendo a segunda parte (link 4152) desse artigo para saber mais sobre o impacto da música no desenvolvimento socioafetivo das crianças.

Saiba mais sobre como promover o apego seguro com seu bebê nesse artigo.