Existem diferentes maneiras de dar à luz. O parto natural é o método tradicional, no qual os altos níveis de ocitocina provocam o nascimento do bebê. O parto natural acontece sem a necessidade de medicação. Depois que o bebê nasce, seu corpo naturalmente elimina a placenta.

O parto vaginal é quando alguns medicamentos ou instrumentos são usados para ajudar o bebê a nascer. Às vezes, a mãe não é capaz de produzir oxitocina suficiente; portanto, não induz as contrações no útero. O médico pode fazer isso com ocitocina artificial, um medicamento que imita os efeitos desse hormônio.

banner kinedu prenatal pt

O parto abdominal, também conhecido como cesariana, acontece quando há algumas complicações e o bebê nasce por meio de uma cirurgia no abdômen da mãe. Neste tipo de parto, deve-se injetar um pouco de ocitocina na mãe, para que a placenta possa ser liberada, e o procedimento, finalizado.

Por outro lado, no parto na água, a mãe entra em uma banheira ou piscina, e deve ter sua barriga coberta completamente pela água, logo após começar a sentir contrações. Estudos mostram que esse tipo de parto ajuda a diminuir a dor que a mãe normalmente sente e permite que o bebê tenha uma transição mais tranquila.

Cada mulher deve analisar sua situação com o seu médico para escolher o modo como ela deseja que seu bebê nasça. No entanto, algumas mulheres têm complicações na gravidez, em por isso, não têm muitas opções. Se você tem alguma dúvida sobre o parto, não deixe de conversar com o seu obstetra. Você também pode discutir esse tema com o seu parceiro e, com sorte, isso ajudará você a tomar uma decisão e definir um plano de parto.