X
X

A importância do raciocínio conceitual no desenvolvimento cognitivo da criança

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

De acordo com o Laboratório de Desenvolvimento Cognitivo da Universidade da Califórnia, em San Diego, durante os anos pré-escolares, as crianças desenvolvem exponencialmente as habilidades cognitivas. Aos 4 anos de idade, elas já têm mobilidade, força física, independência emocional e vocabulário suficientes para processar uma grande quantidade de novas informações sobre o mundo: nome e idade, quem faz parte de sua família, os jogos dos quais gostam , quem são os seus personagens favoritos, a rotina do dia a dia, etc. No entanto, para continuar se desenvolvendo, elas devem adquirir as habilidades necessárias para organizar todas essas novas informações.

X
banner kinedu desenvolvimento

Nós organizamos o que percebemos do mundo em categorias e conceitos, mas essas habilidades cognitivas levam anos para serem adquiridas. As crianças começam a desenvolver o raciocínio conceitual por volta dos 48 meses de idade, e é isso que lhes permite compreender as características dos objetos que as cercam, de forma que, no futuro, consigam resolver os problemas do cotidiano. Quando as crianças entendem conceitos diferentes, elas conseguem diferenciar o que é comestível do que não é, as implicações do frio e do calor, ou por que os pássaros voam no céu, mas não podem fazer isso debaixo d’água.

Há muitas coisas que você pode fazer para estimular e promover esse importante processo cognitivo! Uma boa ideia é nomear as coisas que vocês observam no dia a dia e relacionar essas palavras às suas características, de modo que o seu filho possa fazer a conexão entre elas. Por exemplo, dependendo da idade do seu filho, comece dizendo coisas simples, como “Veja que inseto lindo! Os insetos são pequenos.” ou “Olha, hoje está frio! Nós estamos indo tomar um chocolate quente.”. Posteriormente, você pode sugerir conexões mais complicadas, como “Veja, um pássaro! Os pássaros voam no céu e nós andamos no chão.”.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!