X
X

Comendo em um restaurante com seu bebê: como sobreviver?

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Todos os pais sabem que quando seu filho está muito inquieto na mesa, eles sempre acabam com as mãos ocupadas e sem comer. Os sons e cheiros estranhos de um restaurante movimentado podem ser assustadores para uma criança pequena se ela não estiver acostumada a esses ambientes e, assim, tornam essas saídas um desafio.

Na verdade, muitos restaurantes de fast-food estão lucrando há décadas com a ideia de que é impossível levar seu filho a um restaurante se ele não tiver uma área para brincar. Mas isso não tem que ser assim! Sabemos que passar um tempo de qualidade com o seu parceiro é muito importante para ter uma família feliz e, embora a ideia de ir a um restaurante seja muito tentadora, você realmente não quer acabar gastando mais com uma babá do que com comida. No entanto, queremos lhe dizer que comer fora e levar o seu filho não é apenas um sonho! Você só precisa planejar algumas coisas com antecedência.

Dicas para sair para comer com o seu filho:

X
banner kinedu desenvolvimento

– Prepare-se. Verifique se o restaurante oferece o que você precisa e se aceita crianças. Você não quer surpresas desagradáveis quando chegar ao local.

– Certifique-se de que o seu filho gosta de algo do cardápio (pelo menos uma opção). Se é a primeira vez que você sai com ele, é melhor escolher um restaurante acessível para crianças, ao invés de um lugar elegante iluminado por velas.

– Peça a comida do seu filho primeiro. Se você pedir o prato dele junto com as bebidas e entradas, a comida terá tempo de esfriar um pouco e você evitará que o seu filho fique de mau humor por estar com fome.

– Tenha consideração com os outros clientes e funcionários. Talvez o seu filho se levante da mesa, comece a correr e esbarre em alguém. Acidentes acontecem, mas será melhor para todos se você explicar para o seu filho que ele deve ficar calmo e permanecer sentado, talvez desenhando ou pintando alguma coisa. Se você perceber que o seu filho precisa se mexer, peça licença e dê uma breve caminhada com ele.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!