X
X

Como alimentar meu filho que tem muita energia

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Nesta fase de desenvolvimento, as crianças têm uma quantidade incrível de energia, tanto que parece que nunca se cansam! Claro, cada criança é diferente, e algumas são mais ativas do que outras, mas todas precisam de uma dieta saudável para continuar crescendo e explorando ativamente o mundo ao seu redor.

Desde que seu bebê aprendeu a engatinhar e andar, o acesso ao ambiente aumentou, facilitando a movimentação para as áreas que chamam a atenção dele. Com isso em mente, sabemos que as crianças não querem ficar paradas. No entanto, é muito importante manter suas barrigas cheias, mesmo que elas, às vezes, pareçam se esquecer de que precisam comer.

Como devo alimentar meu filho nesse estágio?

X
banner kinedu alimentação bebê

É importante enfatizar que, apesar de o seu filho ainda estar crescendo, isso não acontece na mesma velocidade do que durante seu primeiro ano de vida. Com isso em mente, lembre-se de que é normal que ele perca o interesse pela comida ou que prefira brincar em vez de comer. Da mesma forma, pode parecer que ele tem um apetite insaciável em alguns dias, enquanto, em outros, o apetite parece inexistente. Isso é completamente normal. Desde que seu filho continue a crescer e esteja feliz, não há problema. No entanto, se você perceber que seu bebê não está ganhando peso ou parece não ter energia, não deixe de entrar em contato com seu pediatra.

Além disso, neste estágio, seu bebê provavelmente está aprendendo a comer sozinho com talheres. Esta é uma excelente oportunidade para aumentar a independência do seu filho. Pequenos pedaços de macarrão, frango desfiado ou outros alimentos que possam ser cortados em pedaços pequenos e que sejam fáceis de pegar com uma colher ou um garfo são ótimas opções para ele praticar comer sozinho.

No entanto, fazer com que seu filho experimente novos alimentos não é o único desafio que pode surgir. A imensa energia que as crianças têm pode dificultar que elas se sentem e comam. Por isso, às vezes, você pode acabar optando por alimentar seu filho enquanto ele brinca ou anda pela casa. Entretanto, isso não é recomendado. É importante e mais seguro ensinar as crianças que comemos à mesa. Diga a seu filho que, quando terminar, ele poderá continuar brincando. Se seu filho come com a família, envolva-o nas conversas, e lembre-se de elogiá-lo por seus esforços, para que ele se sinta motivado a continuar comendo na mesa.

Além disso, lembre-se de oferecer alimentos ricos em ferro durante as refeições. Legumes, carne, peixe, frango e cereais enriquecidos com ferro são ótimas opções. Da mesma forma, limite o consumo de leite a não mais do que três copos por dia, para que seu bebê sinta fome o suficiente para comer outros alimentos. Neste estágio de desenvolvimento, o corpo e o cérebro do seu bebê precisam de alimentos que contenham gordura. Por isso, não ofereça opções com baixo teor de gordura, a menos que seu médico recomende que você faça isso. Por fim, não há problema em adicionar uma pitada de sal nas refeições do seu filho e dar a ele a mesma comida da família.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!