X
X

Como conversar com seu filho pequeno de forma inteligente

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Segundo a Academia Americana de Pediatria (AAP), as crianças atingem marcos importantes do desenvolvimento comunicativo entre os 36 e os 48 meses de idade. Isso significa que o que o seu filho consegue compreender e a complexidade do que ele expressa também se desenvolve exponencialmente. A comunicação não é importante apenas para o desenvolvimento da linguagem, mas também para as habilidades socioafetivas das crianças. A comunicação positiva e eficaz definirá as bases com as quais estabelecerão e consertarão seus relacionamentos interpessoais.

Seguindo as recomendações do Departamento de Desenvolvimento da Primeira Infância da Universidade de Nebraska-Lincoln, os pais devem praticar a comunicação positiva com seus filhos desde cedo. Eles enfatizam que o desenvolvimento infantil se beneficia muito com a comunicação aberta, respeitosa, honesta, direta e amigável, independentemente do assunto abordado.

Estas são algumas dicas práticas que estão no livro “The Big Book of Parenting”, da doutora em Educação Michele Borba:

X
banner kinedu desenvolvimento

– Entenda o “não” como uma forma de afirmação da independência recém-descoberta do seu filho. As crianças vivem em um mundo cheio de pessoas grandes, sentem coisas que não sabem como lidar e tentam expressar sentimentos e ideias sem possuir habilidades linguísticas suficientes. Então, é de se esperar que elas desejem ter algum controle sobre as suas vidas e desafiar os adultos. Não leve para o lado pessoal, e ensine a maneira correta de interagir. Explique que é indelicado ser rude e dê ao seu filho a oportunidade de tomar decisões no dia a dia.

– Não espere que o seu filho internalize imediatamente todas as boas maneiras. Com três ou quatro anos, ele ainda é muito jovem para controlar os próprios impulsos. Então, se lhe incomoda que o seu filho fale muito alto no cinema, entenda que é normal, e aproveite que as crianças gostam de imitar os outros e sussurre “Fale em voz baixa, assim”. Em casa, pratique este e outros comportamentos alternativos, para que tudo fique mais fácil na próxima vez que vocês forem à biblioteca.

– Torne a conversa divertida, ao invés de pressioná-lo. Algumas crianças ficam frustradas ou envergonhadas quando recebem muitas instruções ou correções. Não preste muita atenção aos erros, e simplesmente repita as palavras claramente quando tiver a oportunidade.

Se quiser mais dicas sobre como se comunicar com o seu filho, leia este artigo da Universidade de Nebraska:
http://child.unl.edu/4d325c2c-1457-4220-a7d2-ec1a709edc16.pdf

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!