X
X

Cortisol e o seu bebê: estressada pelo estresse?

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Uma das dicas mais comuns que as gestantes recebem é que o estresse é ruim para elas e para os bebês. Mas qual é a relação entre o estresse que você passa e o desenvolvimento do seu filho? E quanto é muito estresse? Você deveria estar preocupada com isso? Espera aí! Se preocupar demais não é uma fonte de estresse? Neste artigo vamos explicar a ciência por trás de tudo e os efeitos que isso tem em você e no seu filho.

Para entender os efeitos do estresse sobre o corpo, devemos primeiro falar sobre o cortisol. O cortisol é um hormônio esteróide muito importante que o corpo produz para iniciar algumas funções metabólicas. Ele interage com o sistema imunológico, ajuda a lembrar de eventos importantes e regula o relógio biológico. Ele lhe ajuda a acordar de manhã e a permanecer ativa e alerta durante o dia. Também é parcialmente responsável pelo excesso de energia que você sente quando está ansiosa ou pela reação automática do corpo quando se sente em perigo. O cortisol é a chave para a nossa resposta de luta ou fuga em situações extremas. Nós não poderíamos passar a vida sem esses picos de energia durante o dia, e durante a gravidez ele ajuda no crescimento e desenvolvimento dos pulmões do bebê.

X
banner kinedu prenatal pt

Apesar dos benefícios, uma dose excessiva de cortisol é venenosa. Quando os níveis de cortisol permanecem muito altos, o corpo sabe que você está estressado há muito tempo e pode ter a problemas de insulina, insônia, pressão alta, baixa imunidade e fadiga, entre outros efeitos negativos que alteram o desenvolvimento do feto. Instituições de grande prestígio como a Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) estudaram por mais de duas décadas a relação entre o cortisol alto das mães e os níveis de cortisol do bebê, porque o esteróide cai na corrente sanguínea da mãe e entra na placenta.

No entanto, é importante saber que ficar estressada por uns dias por alguma situação pessoal não causará altos níveis de cortisol. Isso é um problema para você e seu bebê quando você fica estressada por longos períodos de tempo, ou seja, várias semanas ou meses ininterruptos. Isso acontece, por exemplo, quando você está preocupado com um problema familiar, se tem dificuldades financeiras ou profissionais, pela perda de um ente querido, por um desastre natural ou com alguma outra situação difícil. Se este for o seu caso, peça para o seu médico lhe encaminhar para um psicólogo ou terapeuta.

A conclusão de tudo isso é que você não deve se preocupar se o estresse normal do dia a dia irá afetar o desenvolvimento do seu bebê ou causar um parto prematuro. Lembre-se de que a melhor coisa a fazer é controlar os níveis de estresse e manter a calma. Confira nosso catálogo de atividades e encontre ideias práticas para desestressar e relaxar.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!