X
X

Dicas para lidar com a rebeldia e promover o crescimento do seu filho

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Entre dois e quatro anos de idade, além dos incríveis marcos de desenvolvimento que o seu filho tem conquistado, você provavelmente também se deparou com um indicador terrível do desenvolvimento socioafetivo dele: a rebeldia.

A experiência de ser uma criança em idade pré-escolar está cheia de curiosidade, imaginação e de uma necessidade cada vez maior de ser autônoma e explorar os limites. Você pode imaginar que, tendo um córtex cerebral pré-frontal ainda em desenvolvimento e vivendo em um mundo de adultos, é normal que o seu filho desfrute e fique feliz exercitando todo o poder e controle que lhe é concedido. Às vezes, criar uma criança é frustrante, especialmente quando você enfrenta uma maré de “nãos”. No entanto, se você acha que essa atitude é a maneira pela qual o seu filho explora a recém-descoberta independência, você pode reagir positivamente e encorajá-lo a crescer, ser mais autônomo e a explorar. Aqui estão algumas dicas de como fazer isso:

– Pense na mensagem que o seu filho quer passar quando ele disser “não”. Ele não desafia você apenas para frustrá-lo, mas está tentando expressar algo.

– Reconheça as ações e sentimentos do seu filho e tente não entrar em uma disputa por poder. Em vez disso, tente comunicar o que está acontecendo.

X
banner kinedu desenvolvimento

– Quando conseguir antecipar o “não”, mude a pergunta ou tarefa, deixando espaço para o seu filho tomar uma decisão ou exercer algum controle. Por exemplo, pergunte quais brinquedos ele quer guardar primeiro.

– Tente ter empatia com o que ele está experimentando e entender o motivo pelo qual ele está se recusando a fazer algo.

– Mostre como responder ao invés de reagir. Seu filho aprende a ter autocontrole e a exercer a independência observando você.

– Peça para ele ser seu assistente.

– Incentive-o a expressar seus sentimentos com palavras e usar outras formas de expressão pessoal.

– Lembre-se de que não é nada pessoal, mas apenas parte do desenvolvimento!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!