X
X

Introdução de alimentos sólidos

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Se você acredita que seu bebê está pronto para começar a comer alimentos sólidos, fale com seu pediatra sobre isso. A introdução de sólidos na dieta do bebê é extremamente importante porque, dessa forma, ele irá adquirir os nutrientes necessários para um desenvolvimento adequado. Você pode estar se perguntando: qual é o momento certo para começar? De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), é a partir dos seis meses de idade; entretanto, cada criança é diferente e algumas estão prontas antes disso.

É importante introduzir alimentos sólidos quando seu bebê tiver aproximadamente seis meses, pois, nesse estágio, o leite materno deixa de fornecer a quantidade necessária de ferro, calorias, proteínas, DHA, zinco e vitaminas lipossolúveis (como ácido fólico, vitaminas B12, D e C), que podem ser facilmente encontrados nos alimentos sólidos.

Como começar a introduzir alimentos sólidos?

Para iniciar esta nova etapa, escolha a hora do dia que seja mais conveniente para você. De preferência, escolha entre o café da manhã, o almoço ou o jantar, alternando essas refeições com o passar do tempo, para que seu bebê se acostume a comer alimentos sólidos em diferentes momentos do dia. Você quer que seu bebê esteja de bom humor e com fome suficiente, mas não morrendo de fome.

X
banner kinedu alimentação bebê

Para tornar a introdução de alimentos sólidos mais suave, primeiramente, dê ao seu bebê um pouco de leite materno ou fórmula. Em seguida, tente dar a ele pequenas colheradas de comida, e termine com mais leite. Depois de vários dias, o processo pode ser revertido, para garantir que, gradualmente, os nutrientes provenientes dos alimentos sólidos sejam aumentados até o ponto em que você só forneça alimentos sólidos naquela refeição específica.

Quando você estiver pronta para começar, coloque o seu bebê sentado de forma que ele tenha apoio. Escolha qualquer alimento que você queira – apenas certifique-se de que o alimento não tenha tempero e esteja em forma de purê. Você pode optar por prepará-lo em casa ou comprar uma papinha pronta. Pegue uma colher do seu bebê e encha-a pela metade. Alimente-o e converse com ele sobre isso. Como ele reage? É normal que seu bebê fique confuso, e ele pode até recusar a comida, porque tudo isso é completamente novo para ele. Não se preocupe com isso! Comece devagar, com uma pequena colherada ou duas. Logo seu filho irá se acostumar com essa nova maneira de comer, e você poderá aumentar gradualmente sua quantidade de comida.

Se seu bebê chorar ou se afastar, não o force a comer. Retorne à sua dieta anterior de leite materno ou fórmula por alguns dias, e depois tente novamente. A transição para os alimentos sólidos é um processo gradual, em que seu bebê ainda estará recebendo a maior parte de sua ingestão nutricional por meio do leite materno ou da fórmula.

Quando você for introduzir alimentos sólidos, lembre-se de dar cada novo alimento sem misturá-lo a outros por 3 a 5 dias consecutivos, para verificar se seu filho não apresenta reações alérgicas – é mais fácil identificá-las dessa maneira. Alterne a comida depois de alguns dias, para que seu bebê não se acostume com apenas um tipo de alimento. Por exemplo, você pode tentar oferecer carne por três dias, cereais por três dias, legumes por três dias, frutas por três dias, depois outro tipo de carne por mais três dias, e assim por diante, até que seu filho experimente vários alimentos.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!