X
X

O quarto trimestre – Parte 2: O que esperar após a gravidez

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

“A gravidez faz com que a mulher se torne, simultaneamente, uma parte individual e crucial da díade mãe-filho.” – Martha Fineman

Segundo o pediatra Harvey Karp, os primeiros três meses após o nascimento são conhecidos como o “quarto trimestre” porque são o período de adaptação pelo qual a mãe e o bebê passam após o nascimento. Em seguida, falaremos sobre algumas das transições pelas quais as mães passam durante as primeiras semanas após o parto.

Nascer não é tanto um marco de desenvolvimento, mas uma transição gradual na qual o bebê depende da sintonia que ele cria com a mãe. Tendo isso em mente, o fim da gravidez é um processo e não um evento imediato e definitivo. Essas primeiras semanas não serão como as que você viu na mídia. Na verdade, é como dizem os psicólogos e pesquisadores do desenvolvimento e da primeira infância e, precisamente, o que se ajusta à sua intuição e às experiências passadas. Reva Rubin, uma das primeiras especialistas em amamentação nos anos 50, foi a primeira a difundir a ideia de que a maternidade enquanto identidade é muito mais complexa do que o parto. Graças a isso, se reconhece agora que o profundo processo de transformação de gravidez, parto e maternidade envolve um período de restauração e adaptação.

As primeiras semanas após o parto são cheias de mudanças emocionais, sociais e físicas intensas e, segundo Rubin, alguns aspectos psicológicos e físicos da gestação continuam após o parto. A Associação da Saúde da Mulher, as Enfermeiras de Obstetrícia e Neonatologia, a Academia Americana de Pediatria e o Colégio Americano de Obstetrícia e Ginecologia dão esses exemplos de coisas que acontecem durante o “quarto trimestre”:

• Durante as próximas seis semanas, o útero encolherá até o tamanho normal antes da gravidez.

X
banner kinedu prenatal pt

• Haverá sangramento ou corrimento vaginal intermitente ou seu ciclo menstrual retornará. Ginecologistas insistem que nem isso, nem amamentar, são métodos contraceptivos.

• Os órgãos que se moveram para dar lugar ao bebê irão se reposicionar.

• É normal reter fluidos, sofrer com inchaço ou retenção urinária enquanto o corpo se reajusta. Beber muito líquido irá ajudá-la com isso.

• As alterações hormonais persistirão após o parto, por isso não se preocupe se você continuar a experimentar uma montanha-russa de emoções.

Sabendo de tudo isso, reconheça a incrível jornada que você passou e se encante com as possibilidades e novas aventuras que esperam por você agora que tem o seu filho em seus braços.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!