A música pode mudar nosso humor e funcionar como uma ferramenta de relaxamento. Verificou-se que ouvir música na fase pré-natal pode beneficiar os bebês cognitivamente e fisicamente.

Vários estudos mostraram que bebês que ainda estão no útero podem ouvir ruídos externos durante o segundo trimestre. Percebeu-se que o ritmo cardíaco dos bebês aumenta quando eles ouvem certos ritmos, e que esses ritmos podem acalmá-los após o nascimento. Os cientistas acreditam que a música estimula as ondas alfa no cérebro e, portanto, acalma os recém-nascidos.

banner kinedu prenatal pt

Alguns estudos também afirmam que a música ajuda a construir novas conexões neuronais no cérebro do bebê. Segundo Partanen et al. (2013), bebês que são estimulados no útero apresentam atividade neural ativa. Verificou-se que os bebês que têm a maior atividade cerebral após o nascimento são aqueles que tiveram sua audição mais estimulada enquanto estavam no útero.

De acordo com estudos realizados pelo Dr. René Van de Carr, os bebês que foram estimulados no útero dormem melhor, choram menos e têm melhor capacidade de aprendizado.