Saiba mais sobre o desenvolvimento socioafetivo infantil e como estimulá-lo em casa.

Nós somos seres sociais e, por isso, os bebês, desde o nascimento, adoram abraços, carinhos, sorrisos e conversas. Como os bebês são completamente dependentes durante a infância para garantir a sobrevivência, o desejo deles de criar laços afetivos com os adultos não é nenhuma surpresa. No entanto, para prosperar, e não somente sobreviver, um bebê precisa de mais do que apenas comida e abrigo. Ele precisa do amor e da atenção da mãe, do pai ou de seu cuidador. O que é surpreendente, no entanto, é que um bebê precisa de um tipo específico de envolvimento – um relacionamento de ação e reação.

Os jogos de ação e reação com os cuidadores são necessários para que o cérebro de um bebê se conecte adequadamente e estabeleça a arquitetura correta para o aprendizado futuro. Eles seguem o padrão em que um bebê age – como balbuciar, realizar expressões faciais ou gestos -, e os adultos reagem ao estímulo com uma resposta significativa – digamos, outro gesto, ou dizendo algo de volta. Essas interações simples permitem que as conexões corretas ocorram no cérebro do bebê, e criem um ambiente seguro e estimulante para que ele desenvolva a área socioafetiva.

banner kinedu desenvolvimento

O desenvolvimento socioafetivo infantil poderá representar os momentos mais emocionantes que você provavelmente irá presenciar durante o crescimento do seu filho. O contato visual do seu bebê, sua resposta ao seu sorriso e, mais tarde, seu próprio sorriso – tudo isso faz parte do seu desenvolvimento e demonstra o crescimento da relação entre vocês. Aos nove meses, seu bebê ficará bravo quando você sair do ambiente, mesmo que por um segundo. Porém, seu sistema nervoso está amadurecendo e, eventualmente, ele será capaz de lidar com os momentos estressantes que ocorrem ao longo do dia e se divertir por mais tempo.

Embora seja importante, a formação de uma arquitetura cerebral sólida para aprendizados futuros é apenas uma parte do desenvolvimento. O jogo de ação e reação ajudará a desenvolver um apego seguro entre a criança e seu cuidador, o que tem muitas implicações para sua inteligência socioafetiva. A longo prazo, o grau em que o seu filho consegue administrar seus sentimentos, entender as emoções dos outros e interagir com os colegas será incrivelmente importante para formar relacionamentos de sucesso e manter seu bem-estar emocional. Em outras palavras, as crianças precisam desenvolver a área socioafetiva para prestar atenção na aula e se dar bem com seus colegas de classe da mesma forma que eles precisam aprender matemática e ciências. As relações humanas geralmente são mais importantes do que as notas, mas, se você está preocupada com isso também, há um estudo bastante sólido que demonstra que um apego seguro na infância exerce um efeito positivo sobre o QI no futuro.

No Kinedu você vai encontrar várias ideias de atividades para impulsionar o desenvolvimento socioafetivo infantil. Aqui está uma das nossas atividades mais populares. Deixe abaixo o seu comentário se fizer a atividade com o seu bebê!