X
X

Por que você deve manter algumas práticas durante a criação dos seus filhos?

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

A mudança faz parte da nossa natureza! Vivemos em um mundo em constante mudança, onde aprendemos a nos adaptar a novas situações e ambientes. À medida que descobrimos e experimentamos coisas novas, nossas práticas parentais e crenças culturais mudam conosco.

A experiência nos ensinou que algumas práticas sociais ou parentais antigas não são tão boas para nós, por isso nos esforçamos para mudá-las completamente. Mas, e as questões que ainda não conseguimos responder? Ou os conhecimentos errados que achávamos que eram certos? Um estudo recente mostrou que algumas práticas e crenças culturais do passado eram, na verdade, muito boas, e que não devem ser abandonadas, pois são necessárias para o desenvolvimento saudável do cérebro.

Os bebês nascem com necessidades, já que seus cérebros ainda não se desenvolveram por completo. Darcia Narvaez, professora de psicologia especializada em moralidade e desenvolvimento cerebral, afirma que a maternidade ancestral envolvia a amamentação, a responsividade, o toque, a brincadeira e o parto natural. Estudos demonstraram que todas essas práticas têm impactos positivos no desenvolvimento cerebral das crianças. Por exemplo, a amamentação fornece nutrientes e ajuda a fortalecer os laços afetivos entre a mãe e o bebê. A brincadeira é uma forma essencial de aprendizagem e expressão, que ajuda os bebês a desenvolverem o autocontrole e as habilidades sociais. E o toque, como forma de linguagem, influencia o desenvolvimento da empatia e do autocontrole. O problema é que abandonamos algumas dessas práticas parentais, já que nossas crenças culturais ou contemporâneas mudaram e, assim, nosso comportamento em relação às crianças mudou também.

De acordo com Narvaez, a criação moderna e “as práticas e crenças inadequadas, como o uso de fórmulas infantis ou o isolamento de crianças pequenas”, podem ter um impacto negativo no desenvolvimento cerebral da criança. Atualmente, cada vez menos mães têm optado por amamentar, as crianças não podem brincar tanto, e os bebês têm passado mais tempo em carrinhos ou cadeirinhas de carro do que no colo dos pais. Nossos comportamentos foram moldados por crenças culturais como “não responda imediatamente ao choro de um bebê, pois ele pode ficar mimado”, quando, na verdade, isso é um mito. A responsividade é importante nas primeiras experiências de vida, pois ela pode determinar as habilidades sociais futuras, o estilo de apego e o bem-estar emocional do seu filho.

X
banner kinedu desenvolvimento

A mudança é inevitável! Porém, nós ainda podemos manter algumas das práticas educacionais valiosas do passado. Os bebês precisam de pais responsivos e carinhosos para terem bem-estar emocional e um desenvolvimento saudável. O estudo demonstrou uma ligação entre algumas práticas parentais modernas, como a falta de amamentação e de responsividade, e um impacto negativo no desenvolvimento do cérebro. Temos visto um aumento na depressão, na ansiedade e no comportamento agressivo de crianças e adultos. Se quisermos um futuro melhor para as próximas gerações, teremos que seguir algumas das práticas parentais de antigamente, já que elas fazem parte do desenvolvimento das crianças.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!