X
X

Responsabilidade compartilhada

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

O nascimento de um bebê traz muitas mudanças no estilo de vida e na rotina de um casal, especialmente porque ele é completamente dependente do que os pais fazem ou deixam de fazer. Cuidar de um bebê envolve muitas tarefas, como trocas de fraldas periódicas, ou até mesmo separar algum tempo para rir, conversar e brincar. Seu bebê também precisa da supervisão de um adulto enquanto ele dorme, se alimenta e dá seus primeiros passos. Como você pode ver, um bebê precisa de muita atenção, especialmente nos primeiros anos.

X
banner kinedu prenatal pt

Com uma mudança tão grande, é completamente normal que surjam discussões de vez em quando. Vocês não precisavam compartilhar essa enorme responsabilidade antes, e agora um de vocês tem que responder toda vez que seu bebê precisar de alguma coisa. Vocês podem se perguntar: quem acolherá o bebê no meio da noite se ele chorar? Quem irá trocar as fraldas com mais frequência? É normal que a mãe acabe fazendo a maior parte do trabalho?

Para responder a essas perguntas, é importante entender sua posição como um casal. Ser mulher não significa que você tenha que fazer todo o trabalho sozinha. Também não se trata de começar uma competição sobre quem está cuidando mais do seu bebê ou trocando as fraldas dele com mais frequência. Ao invés disso, o casal deve se unir para cuidar desse ser humano e criá-lo. É por isso que vocês dois devem participar da criação do seu bebê. Sem competições, sem discussões e sem culpar o outro. Conversar sobre esse assunto antes do nascimento do seu bebê será muito benéfico para vocês dois. A melhor maneira de compartilhar essa nova responsabilidade é conhecer melhor um ao outro e aprender a se colocar no lugar do outro também. Lembre-se que criar um bebê é uma responsabilidade enorme, mas também é uma grande bênção. Ser mãe ou pai poderá ser uma das melhores coisas que acontecerão na sua vida!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!