X
X
bebe em pé no parque

A complexa ação de ficar de pé: parte 3

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Nas partes 1 e 2 deste artigo, falamos sobre alguns dos primeiros marcos que o seu filho alcançará para desenvolver a habilidade de ficar de pé. Agora, continuaremos com os que ele alcançará mais tarde. Você provavelmente os perceberá quando o seu filho tiver entre 12 e 14 meses de idade, e alguns podem até vir acompanhados dos primeiros passos!

Ele irá passar da posição em pé para a posição agachada

Isso significa que o seu filho tem desenvolvido muito seu equilíbrio! Ele está trabalhando nisso há algum tempo, e não tem sido uma tarefa fácil. Nesta idade, o centro de equilíbrio do seu filho está localizado em um lugar diferente do nosso. Por quê? Tem a ver com a cabeça; ela representa uma percentagem maior do peso corporal em comparação com a de um adulto. Seu filho precisa ter músculos fortes para manter o pescoço ereto e a cabeça centralizada. Ter o deixado de bruços por tanto tempo terá valido a pena!

Isso está relacionado à emblemática posição de cócoras que as crianças adotam. Você provavelmente já presenciou situações em que o seu filho está em pé e vê algo interessante no chão que desperta sua curiosidade. Ele tentará alcançar o objeto e pegá-lo do chão. Para fazer isso, ele dobrará os joelhos completamente, agachando-se em uma posição que seria praticamente impossível para um adulto reproduzir!

Este é também um grande passo em direção à independência, pois agora seu filho consegue pegar brinquedos e objetos sem ajuda. Não há uma necessidade real de ensiná-lo como fazer isso, essa habilidade aparecerá naturalmente quando seu filho vir o chão coberto de coisas diferentes. Não se preocupe, ele irá praticar até conseguir fazer isso sozinho.

Quando seu filho tiver cerca de 14 meses de idade, ele provavelmente irá conseguir fazer o movimento contrário, levantando-se quando estiver agachado. Isso vai exigir ainda mais força! Mas, antes disso, talvez ele só consiga se sentar depois de agachar.

Ele irá manter o equilíbrio enquanto estiver em pé brincando com um objeto

Já falamos sobre a importância de as crianças segurarem objetos quando estão em pé ou andando e como isso ajuda o seu filho a manter o equilíbrio. Com este novo marco, o seu filho irá não apenas segurar um objeto, como também brincará com ele! Pode parecer uma mudança pequena, mas exige muito mais equilíbrio para se concentrar em brincar enquanto permanece em pé.

X
banner kinedu desenvolvimento

Depois de conseguir se levantar, o próximo passo será manter o equilíbrio enquanto estiver em pé. A princípio, a posição do seu filho poderá parecer instável e fazer com que você se sinta um pouco nervosa. Não se preocupe, ele tem muito mais controle do que aparenta, e é aí que segurar um objeto será útil. Falamos sobre isso em outro artigo.

Cuidado: não tire o objeto das mãos do seu filho! Parece lógico que, se ele anda de um jeito desajeitado quando está segurando algo, é por causa desse objeto. Mas é justamente o contrário! Se ele não tiver nada nas mãos, provavelmente ficará ainda mais instável. Isso mostra que, mesmo que ainda esteja se desenvolvendo, seu filho tem um controle melhor sobre ficar em pé do que você imagina.

Um estudo observou 13 crianças e analisou o tempo que elas ficavam em pé, seus movimentos e estabilidade. Uma das variáveis ​​observadas foi segurar um objeto, e os pesquisadores puderam concluir que as crianças tinham um equilíbrio melhor quando seguravam alguma coisa em suas mãos. Essa capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo quando o equilíbrio está apenas se desenvolvendo impressionou os pesquisadores.

Ele irá manter o equilíbrio sem ajuda enquanto estiver em pé

Finalmente! Agora o seu filho conseguirá se levantar sozinho e se manter em pé. Para que isso aconteça, ele precisa de força muscular suficiente nas pernas, nos quadris, na cabeça e no abdômen para manter o equilíbrio. Esses músculos foram se fortalecendo com os marcos anteriores. Nem todos estão diretamente relacionados a ficar de pé, mas têm a ver com o controle da cabeça, rolar, sentar, etc.

Você pode ajudar o seu filho a alcançar esse marco incentivando-o a interagir com outros bebês que já ficam em pé e dando a ele tempo para brincar à vontade no chão. Quanto mais exercícios ele fizer, mais cedo ele terá força suficiente para ficar em pé sozinho! Comemore quando ele fizer isso, para que essa mudança não o assuste. Se ele associar essa habilidade com aplausos e animação, se sentirá motivado a continuar tentando. Ficar em pé é um precursor importante da ação de andar; portanto, fique perto do seu filho e aproveite esses lindos momentos com ele!

Para mais informações sobre o tema, acesse:

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *