X
X
desenvolvimento da linguagem - mãe lendo para o bebê

A interação dos pais pode impactar no desenvolvimento da linguagem

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Os primeiros anos de vida são um período crítico para o desenvolvimento do cérebro. Neste momento, o cérebro é mais maleável, o que representa um momento de grande oportunidade e vulnerabilidade para um bebê. As interações sociais durante esse período são essenciais para o desenvolvimento da linguagem, por isso, é importante que os pais compreendam o papel vital que desempenham no sucesso da aprendizagem de seus filhos.

Os bebês começam a aprender sobre a linguagem mesmo antes de começarem a falar. Quando eles choram ou balbuciam e recebem uma resposta carinhosa de um adulto em retorno, eles estão formando e fortalecendo as conexões neurais relacionadas à comunicação e às habilidades sociais. Essas interações são conhecidas como “jogo de ação e reação”, e são essenciais para o desenvolvimento. As relações interativas entre pais e filhos não são apenas esperadas, mas também essenciais para evitar atrasos no desenvolvimento ou um impacto negativo no bem-estar futuro. A qualidade do ambiente do bebê e a disponibilidade de experiências enriquecedoras no início da vida serão fundamentais para determinar a força de sua arquitetura cerebral futura.

Anne Fernald, diretora do Centro de Estudos Infantis da Universidade de Stanford, é uma das principais pesquisadoras sobre esse assunto. Os estudos que ela conduziu mostraram que, embora as habilidades verbais sejam influenciadas por fatores genéticos em alguma medida, as primeiras experiências da infância são tão ou mais importantes. Em um de seus estudos sobre o desenvolvimento da linguagem, ela descobriu que crianças de cinco anos que não recebiam a estimulação adequada da linguagem ficaram mais de dois anos atrás de seus colegas mais estimulados em testes de desenvolvimento de linguagem padronizados quando entraram na escola. Fernald identificou três fatores principais que os pais devem levar em consideração para evitar esse atraso: o acesso do bebê à fala dirigida, o aumento da quantidade e da qualidade das palavras (ricas e variadas) e os gestos dos pais.

X
banner kinedu desenvolvimento

É importante que os pais se lembrem de que as conversas ouvidas não irão ajudar no desenvolvimento da linguagem do bebê: eles precisam falar diretamente com o bebê,  fazendo contato visual, para permitir o aprendizado do vocabulário. Além disso, de acordo com a Academia Americana de Pediatria, as crianças menores de 2 anos devem evitar a visualização de telas (celulares, tablets, televisão, etc.), pois isso pode ter efeitos negativos duradouros no desenvolvimento da linguagem, nas habilidades de leitura, na memória de curto prazo e no sono. Infelizmente, isso significa que você provavelmente não deve deixar seu filho assistir a um episódio de Dora Aventureira ou de Bob, o Construtor com muita frequência. Mesmo os vídeos que afirmam ensinar novas palavras ao seu bebê podem, na verdade, prejudicar o seu desenvolvimento. Se você quiser estimular o desenvolvimento da linguagem do seu bebê, ele precisará de interações frequentes face a face.

Como mostrado acima, a melhor maneira de impulsionar o desenvolvimento da linguagem é concentrar-se nas interações verbais entre os pais e o bebê. Os pais devem tentar conversar com seus bebês sempre que possível – quanto antes você começar, melhor será! Eles devem tentar encaixar as conversas nas atividades diárias (qualquer que seja a atividade, ela pode ser explicada em voz alta para o bebê!). O aumento na interação verbal dos pais aumenta a possibilidade de ampliação do vocabulário de seus filhos, melhora o desenvolvimento da linguagem e estimula futuras habilidades de leitura.

Se você deseja começar a ter interações verbais, aqui está uma de nossas atividades para lhe ajudar nisso!

Atividade “Isso se chama”

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!