X
X
andar sozinho

Como ajudar meu bebê a andar sozinho e que precauções devo tomar?

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Antes de aprender a andar, há muitas habilidades que seu bebê deverá adquirir para iniciar esta nova etapa. Talvez você não saiba disso, mas toda a força ele que adquiriu sustentando a cabeça sozinho, sentando, rolando em direções diferentes e ficando em pé é essencial para desenvolver a capacidade de andar sozinho, ou seja, sem ajuda.

Além disso, para dar os primeiros passos, são necessários equilíbrio, coordenação e confiança. Essas habilidades começam a aparecer em uma certa idade, mas levam muitos meses para serem consolidadas. A Academia Americana de Pediatria (AAP) estima que a maioria dos bebês começa a andar por volta dos 9 a 10 meses de idade, mas geralmente domina essa habilidade entre os 15 e os 18 meses. Portanto, é normal que o seu filho leve vários meses para andar sem ajuda.

Existem diferentes indicadores aos quais você pode prestar atenção para saber se o seu bebê está prestes a começar a andar. Alguns deles podem ser rolar, andar como um caranguejo, rastejar, subir escadas usando as mãos, etc. Quando você perceber esses comportamentos, experimente fazer algumas atividades para fortalecer ainda mais os músculos e a coordenação do seu filho.

X
banner kinedu desenvolvimento

Veja estas sugestões:

  • Manter-se em pé;
  • Andar apoiando-se em móveis ou segurando suas mãos;
  • Sentar e levantar;
  • Tentar subir escadas;
  • Escalar coisas;
  • Chutar;
  • Pular.

Quando o seu bebê estiver praticando essas atividades ou dando seus primeiros passos, você pode deixá-lo com os pés descalços. Isso evitará que ele escorregue facilmente ao andar em superfícies diferentes. Caso esteja praticando fora de casa, recomendamos que ele use sapatos confortáveis ​​e do tamanho apropriado.

Também é importante ter em mente que, quando seu bebê começar a andar sozinho, ele se movimentará muito mais rápido do que você imagina. Portanto, é necessário levar em consideração as seguintes medidas de segurança:

  • Remova mesas com quinas afiadas;
  • Guarde móveis e objetos que possam cair facilmente;
  • Remova ou afaste os cabos em que o seu pequeno possa tropeçar;
  • Instale portões de segurança em áreas restritas ou escadas.

Dessa forma, seu bebê poderá praticar sem que você se preocupe com quedas. Durante esse processo, isso será muito normal. Ele poderá fracassar, mas aprenderá a se levantar e continuar tentando. Pouco a pouco, você o verá largar os móveis e começar a dar os primeiros passos sem apoio.

Por fim, lembre-se de ter paciência se o seu bebê tiver medo de soltar o apoio para andar. Você pode tentar incentivá-lo a fazer isso com seu brinquedo favorito, ou oferecer a ele um brinquedo de empurrar, como um carrinho de compras ou um carrinho infantil. A prática o ajudará a se sentir mais confiante e seguro para andar sozinho, sem ajuda.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!

4 comentários em “Como ajudar meu bebê a andar sozinho e que precauções devo tomar?”

  1. Eulina Santos Pereira

    Uma pessoa mas velha daqui onde moro disse q eu forsei meu filho de mais a andar,e q no futuro ele vai ter problemas nas pernas e até mesmo parar de andar, será mesmo estou com medo, obs: eu estimulei meu filho a andar e ele andou com 11 meses .

    1. Olá, Eulina! Não tenha medo, isso não fará seu filho parar de andar. Sugerimos que você converse com seu médico sempre que tiver uma consulta, apenas para ter certeza de que as pernas, joelhos e pés do seu filho estão se desenvolvendo como deveriam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *