X
X
como lidar com birras

Como lidar com birras e crises de raiva usando livros

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

É muito comum as crianças fazerem birras – todos podemos concordar com isso! De chutar e gritar até segurar a respiração, elas são bastante comuns em crianças de 1 a 3 anos e igualmente comuns entre meninas e meninos. Aprenda, neste artigo, como lidar com as birras.

O que precisamos entender é que as birras são uma maneira de os bebês expressarem seus sentimentos e frustrações, já que ainda não conseguem se comunicar com palavras. O mais importante é que você, o adulto, dê um bom exemplo e permaneça calmo durante esses períodos estressantes.

Junto com as birras, surgem outros comportamentos desafiadores, como morder, arranhar ou bater. Tudo isso é uma forma de as crianças chamarem a atenção ou expressarem emoções fortes, como a raiva, o medo e a frustração. Sem as habilidades linguísticas necessárias para lidar com elas, os pequenos recorrem a esses comportamentos como uma maneira de dizer “Preste atenção em mim!” ou “Eu não gosto disso!”.

Dicas sobre como lidar com birras

Confira algumas dicas do que você pode fazer para lidar com a frustração do seu filho. Mas lembre-se: a situação irá determinar qual dos conselhos abaixo é melhor para aquele momento!

X
banner kinedu desenvolvimento
  • Mantenha a calma – A birra aumentará se você ficar frustrado. Respire fundo e pense com clareza.
  • Dê o exemplo – Tenha autocontrole por vocês dois. Seu filho depende do seu exemplo. Usar força e punição física não irá ajudar em nada.
  • Seja compreensivo – Tente entender de onde vem a birra do seu filho. Ela deve ser tratada de formas diferentes, dependendo da causa.
  • Redirecione a atenção –  A distração funciona bem por causa dos breves lapsos de atenção das crianças. Então, tente mudar o foco para algo mais positivo!
  • Ajude a identificar os sentimentos – Tente ajudar seu filho a expressar seus sentimentos e dizer como ele se sente. Mas seja claro sobre limites. 
  • Ignore a busca por atenção – Uma forma fácil que as crianças usam para conseguir a atenção dos pais é se comportar mal, então se você ignorar isso (mas mantendo seu filho à vista) você irá evitar reforçar a noção de que morder ou bater chama a sua atenção. 
  • Considere usar intervalos – Caso necessário, você pode usar intervalos como forma de disciplina. Se seu bebê bateu em alguém, você pode levá-lo para uma área específica por um minuto ou dois, para que ele use esse intervalo para se acalmar.
  • Não complique – Evite explicações longas por enquanto e mantenha as coisas simples e fáceis, com um firme “não morda” ou “bater machuca!”.

Como lidar com birras e acessos de raiva usando livros

Os livros podem se tornar muito úteis para ajudar seu filho a identificar e compreender diferentes sentimentos, como a raiva e a frustração. Por meio das situações distintas pelas quais os personagens passam, e de suas imagens coloridas, os pais podem ensinar as crianças a lidar com emoções e circunstâncias difíceis. Ler um bom livro infantil que foi especialmente desenvolvido para abordar um assunto específico e depois falar sobre ele com o seu filho certamente o ajudará a compreender melhor suas emoções e distingui-las.

Há muitos livros ótimos que abordam os sentimentos de raiva e frustração. Estes são dois que eu recomendo:

Crianças Francesas não fazem manha”, de Pamela Druckerman

O livro relata algumas diferenças notadas pela jornalista entre a cultura francesa e a cultura americana em relação ao comportamento das crianças. Uma grande diferença é a forma de ver a criação. Por exemplo, os americanos tendem a ver a criança como uma posse, enquanto os franceses enxergam a criação como uma passagem; a criança é da sociedade, não dos pais. Essa forma de encarar mostra aos pais o quanto a criança deve ser incluída na sociedade, e não simplesmente atendida. Essa inclusão faz com que a criança tenha que lidar com a miríade de sentimentos, como frustração, raiva e autocontrole.“

Disciplina positiva para crianças de 0 a 3 anos: como criar filhos confiantes e capazes”, de Jane Nelsen

O livro aborda justamente os três primeiros anos do bebê e, consequentemente, as fases em que a birra é mais presente. O propósito do livro é fornecer às famílias um entendimento do funcionamento cerebral da criança, e ideias de como oferecer soluções para contornar momentos desafiadores e possibilitar que a criança pratique a autonomia e desenvolva valores.

Agora que você sabe como lidar com birras, manhas e crises de raiva, deixe suas dicas de livros sobre o tema nos comentários!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

2 comentários em “Como lidar com birras e crises de raiva usando livros”

  1. Pingback: Como lidar com o comportamento agressivo do seu filho - Parte 2 - Kinedu Blog

  2. Pingback: Criança agressiva: 4 dicas para lidar com a agressividade infantil - Kinedu Blog

Comentários encerrados.