X
X
criança agressiva

Criança agressiva: 4 dicas para lidar com a agressividade infantil

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

A agressividade infantil pode ser um desafio para os pais. Confira algumas dicas para lidar com o comportamento da criança agressiva e ajudá-la nestas situações!

Gritar, morder, chutar e até bater: muitos pais vivenciam esses comportamentos de raiva em seus filhos e ficam sem saber como agir. Em primeiro lugar, é importante entender que a criança agressiva tem essa reação por não conseguir lidar com algum sentimento ou frustração ou pelo fato de querer chamar sua atenção.

Como as crianças ainda não sabem se expressar com palavras e entender o que estão passando, podem se valer da raiva como instrumento para serem ouvidas ou notadas.

Quer saber como você pode ajudar o seu pequeno nesse momento difícil? Acompanhe as dicas abaixo!

4 dicas para lidar com uma criança agressiva

Acalme-se antes de falar com a criança

Ver a criança sendo agressiva pode trazer um certo nervosismo aos pais, mas de nada vai adiantar tentar ajudá-la se você também estiver agitado. Nessa hora, é importante respirar fundo e se acalmar antes de conversar com o seu filho.

Dessa maneira, você consegue pensar bem no que é preciso dizer para ajudá-lo e, ao mesmo tempo, transmitir tranquilidade.

Escute o que ela tem a dizer

Fique na altura da criança e escute o que ela tem a dizer sobre a situação. Muitas vezes, ela agiu de maneira agressiva e fez birra por conta de alguma emoção ou até pelo fato de ter sido contrariada. Por isso, deixe-a falar e colocar para fora o que está sentindo em palavras, não por meio de gritos, chutes ou mordidas.

Pode ser também que o seu pequeno esteja querendo chamar a atenção. Desse modo, o simples ato de parar e escutar o que ele quer falar já vai ajudá-lo a superar o momento.

X
banner kinedu desenvolvimento

Ajude-a a expressar sentimentos

Caso o seu filho tenha muitos episódios de comportamento agressivo, é possível auxiliá-lo a expressar os sentimentos de maneira a evitar essas situações. Uma ideia é aproveitar as histórias dos livros infantis ou animações que tratem de emoções em suas tramas para que as crianças se envolvam com os personagens e comecem a entender o que estão sentindo. Você também pode usar brincadeiras e representar as situações com bonecos ou bichos de pelúcia.

Baixe GRÁTIS o Kinedu e acesse +2.200 brincadeiras para ajudar no desenvolvimento do seu filho!

Além disso, deixe claro que você estará sempre por perto para ampará-lo e ajudá-lo a vencer as dificuldades e medos.

Aguarde o momento certo de intervir

Por último, nada de tentar educar a criança dizendo que o comportamento dela é errado durante o momento em que ela se mostra agressiva. Deixe-a se acalmar ou tente desviá-la do que ocorreu, propondo alguma atividade.

Somente quando o seu pequeno estiver tranquilo é que ele estará pronto para escutar você. E, nessa hora, tente explicar por que a agressividade é ruim, de uma forma breve e simples, para que ele consiga compreender.

Destaque que bater ou gritar pode magoar e machucar a outra pessoa, e que isso não é legal. O importante é que seu filho comece a entender o que é empatia para que possa se colocar no lugar do outro.

O melhor jeito de lidar com a criança agressiva é manter a calma e tentar compreender a origem da agressividade. Atividades e brincadeiras voltadas para o desenvolvimento socioafetivo vão ajudá-la a entender melhor os próprios sentimentos.

Gostou das nossas dicas para lidar com a agressividade infantil? Baixe GRÁTIS o Kinedu e acesse +2.200 atividades e centenas e artigos sobre desenvolvimento na primeira infância!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

19 comentários em “Criança agressiva: 4 dicas para lidar com a agressividade infantil”

    1. Olá Teresa! Às vezes, sua pequena ainda não tem maturidade o suficiente para entender que alguma coisa é piada ou brincadeira. Tenha paciência ao conversar com ela, pois para acalmá-la a boa comunicação é essencial 😊💕

    2. Oi Teresa, são duas coisas: explicar e acalmar.
      Primeiro vem acalmar a criança, não adianta explicar com ela nervosa, aclamar-se é imprtante e depois acalmar retirando da situação, conversando, brincando, distrair, etc.
      Com a situação calma, agora é ouvir da criança o motivo que a levou a agressividade, com exemplos brincadeiras, etc.
      Após entender a situação, explicar para a criança que aquilo não é bom e que ela sempre vai poder contar com você para extravasar suas frustações.

  1. Pingback: O que é e como praticar a higiene do sono em seu bebê - PreviMae

  2. Meu filho dele 9 anos, está mto agressivo. Hj ele gritou comigo e disse q uma hora vai me matar a noite qdo eu dormir.

    1. Olá, Bruna!
      Tente seguir as dicas que demos nesse post: se acalme antes de falar com seu filho, escute o que ele tem a dizer, ajude-o a expressar seus sentimentos e aguarde a hora certa de intervir. É essencial que haja paciência e compreensão, para que seu filho consiga expressar adequadamente o que o está incomodando e vocês possam resolver a questão juntos. 💛✨

    1. Olá, Jaqueline!
      Sugerimos que você teste as dicas do post, pois elas podem te ajudar a lidar melhor com o temperamento da sua pequena nesse momento 💙🌻

  3. Taynan santos

    Meu filho de 5 anos esta muito estressado diariamente e por besteira fica agressivo. Certo dia fui chamar ele pra ir tomar banho e ele disse gritando que não ia, peguei ele pelo braço e ele simplesmente avançou em mim com chutes e tapas…. as vezes não tem como ficar calma, como lidar com essa situação?

    1. Olá, Taynan!
      Nessa idade, as crianças ainda estão se desenvolvendo, então elas ficam estressadas com coisas simples, provavelmente porque estão tendo sentimentos difíceis ou lutando com algo e não aprenderam a lidar com isso ainda. Por isso, é muito importante entrar em sintonia com as emoções de seu filho para ajudá-lo a se expressar de uma maneira diferente e a lidar com situações difíceis. Você pode ler “Birra de criança: 15 Coisas que você precisa saber para lidar com ela” ou “Como lidar com as birras do seu filho“, ambos os artigos incluem dicas que você pode implementar em sua casa. Se você quiser uma assistência mais específica, nós o convidamos a experimentar nossa consulta individual aos pais! Lá você pode ter uma sessão 1: 1 de 30 minutos com nossa especialista em pais e ela vai te ajudar a encontrar uma solução. 😃

  4. Meu filho de 6 anos quando é contrariado ou quando ouve um não ou mesmo quando não quer algo ,ele começa se bater,se morder ou puxar seu próprio cabelo.Gostaria de alguma dica,diferente a que tem neste posto pois as sigo a muito tempo e infelizmente quando funciona é por tempo limitado e tudo volta..
    Tenho esse problema com ele a mais de 1 ano..

    1. Olá, Suzana!
      Recomendamos que você visite um especialista para te ajudar, já que as dicas dadas não ajudaram em definitivo o seu pequeno.

  5. sebastianarobertaamorim@gmail.com

    Gostaria de saber como lidar com a minha sobrinha uma tem 15 a outra tem sete em a outra tem três 7 é muito agressiva bate na irmã xinga não sei como lidar se consegue me ajudar elas estão no processo de adoção os pais estão preso e vieram de outra cidade morar comigo

    1. Olá, Sebastiana! Sugerimos que você procure a ajuda de um psicólogo para orientá-la nesse processo. Suas sobrinhas estão passando por uma situação muito difícil e ajuda profissional pode ser a melhor opção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *