A pandemia tem sido especialmente desafiadora para as famílias, especialmente para as mães. Tudo o que pudermos fazer para apoiar uns aos outros fará diferença.

No pico da pandemia, cerca de 91% das crianças estavam sem creches ou escolas. Com pouca ou nenhuma alternativa, ficou a cargo das famílias lidar com todo o processo educacional das crianças pequenas em casa. As mulheres têm carregado esta responsabilidade de forma desproporcional. Mais de 2 milhões de mulheres deixaram seus empregos desde Março de 2020, muitas por consequência do fechamento das creches e escolas. Como Deketa Brown, mãe de duas crianças, disse ao jornal The New York Times, “Eu tenho que ‘segurar as pontas’ por todo mundo… Me sinto como uma bomba-relógio sendo forçada ao limite”. 

Este não é o momento de encontrar desculpas ou fingir que as famílias não estão lidando com muitas dificuldades. Há coisas que podemos fazer para ajudar uns aos outros.

O relatório Childcare in the COVID-19 Era: A Guide for Employers (Cuidados infantis na era da COVID-19: Um guia para empregadores), publicado pelo Banco Mundial, oferece diversas recomendações práticas para empregadores e famílias. As recomendações vão desde a oferta de serviços de creche até opções flexíveis de trabalho em casa e recursos de aprendizagem.

No Kinedu, decidimos abordar os desafios que as famílias têm enfrentado das seguintes maneiras:

  1. Oferecendo aos nossos colaboradores auxílio creche, para que eles possam se concentrar no trabalho sem precisar se preocupar com custos de berçário, creche ou escola.
  2. Doando assinaturas para famílias em situação de vulnerabilidade. Durante o mês de Maio, a cada assinatura ou cartão-presente vendidos, nós doaremos uma assinatura a uma família que foi severamente afetada pela pandemia.
  3. Reduzindo nossos preços. Sabemos que os orçamentos estão apertados. Para os que podem pagar por uma assinatura do Kinedu, queremos garantir que o custo seja o mais acessível possível (de forma que também consigamos manter nossa equipe empregada!).
  4. Encontrando as famílias onde elas estão. Se as famílias estão presas em casa, estamos lá para ajudar. Estamos lançando um programa on-line de 10 semanas em que as famílias podem ter aulas com especialistas, participar de grupos com outros pais e receber apoio individualizado.

Perguntas frequentes sobre a campanha de doações

Como a campanha funciona?

A cada assinatura anual ou cartão-presente comprado no mês de Maio, doaremos uma assinatura para uma família em situação de vulnerabilidade. Você só precisa fazer uma assinatura anual do Kinedu. Caso você já seja assinante, é possível comprar um cartão-presente para presentear um(a) amigo(a) ou familiar e participar da campanha.

Quem irá receber a assinatura gratuita?

Fizemos parcerias com organizações sem fins lucrativos, fundações e organizações não-governamentais para oferecer assinaturas para famílias de baixa renda que foram severamente impactadas pela pandemia da COVID-19.

Com que parceiros vocês estão trabalhando?

Nossas parcerias incluem pré-escolas que estão atualmente fechadas, organizações sem fins lucrativos e fundações de caridade – apenas para citar algumas. As organizações estão espalhadas ao redor do mundo, principalmente no Brasil, no México e nos Estados Unidos. Caso você queira indicar uma organização, fique à vontade para escrever para o e-mail give@kinedu.com.

Como eu posso ajudar?

De 1 a 31 de Maio – o Mês das Mães -, você adquire uma assinatura do Kinedu, e nós doamos outra para uma família vulnerável. Caso você já seja assinante, pode comprar um cartão-presente, e faremos o mesmo. 

O Dia das Mães é uma data para demonstrar amor e gratidão, mas também para pensar em outras mães, avós e cuidadores que estão precisando de amor, também. Nossa meta é doar 5.000 assinaturas para famílias em situação de vulnerabilidade social. Você pode nos ajudar a alcançá-la?