X
X

Dicas de segurança para piscinas com crianças

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

A melhor maneira de manter as crianças seguras perto de piscinas é ter um adulto que saiba nadar supervisionando-as ativamente o tempo todo. Para crianças pequenas, um adulto deve estar na água junto com elas, à distância de um braço. Deve haver uma cerca ou uma barreira ao redor de toda a área da piscina, impedindo que as crianças entrem na área por conta própria. Se você tem uma piscina em casa, é uma boa ideia estabelecer algumas regras básicas. A Academia Americana de Pediatria (AAP) recomenda o seguinte:

X
banner kinedu saúde
  • Quando as pessoas não estiverem utilizando a piscina, os brinquedos devem ser mantidos longe dela;
  • Piscinas infláveis devem ser esvaziadas após cada uso;
  • O uso de bicicletas e triciclos não deve ser permitido perto da piscina;
  • Aparelhos elétricos devem ser mantidos longe da área da piscina;
  • Se a piscina for rasa, o mergulho não deve ser permitido;
  • Correr no deck da piscina deve ser proibido.

A AAP recomenda aulas de natação para crianças com mais de 4 anos de idade, ou crianças de 1 a 4 anos que estejam prontas para aprender. As crianças estarão prontas para aprender em diferentes estágios de seu desenvolvimento individual. Considere a frequência de exposição à água, a maturidade emocional e o desenvolvimento físico para decidir se seu filho deve fazer aulas de natação. Tenha em mente que, mesmo depois das aulas, as crianças pequenas devem sempre ser supervisionadas dentro da piscina ou ao redor dela.

Divirta-se neste verão, mas lembre-se: a segurança vem em primeiro lugar.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!

1 comentário em “Dicas de segurança para piscinas com crianças”

  1. Pingback: Segurança na água: mantenha o seu filho sempre seguro! - Kinedu Blog

Comentários encerrados.