X
X

Nem tudo está escrito em pedra: como o ambiente afeta o desenvolvimento

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

O ambiente em que o seu filho está imerso não é crucial apenas para sua memória e seu aprendizado, mas também modifica seus genes antes mesmo do nascimento! É provável que você tenha ouvido falar do debate sobre a natureza versus criação, ou sobre o poder determinante da genética versus o dos fatores ambientais.

Este assunto é particularmente relevante para a nossa geração, uma vez que, há apenas uma década, era do conhecimento comum que estávamos ligados a predisposições particulares determinadas por nosso perfil genético individual. Esta ideia nos fez crer que o temperamento ou a resiliência cognitiva erão tão definitivos quanto a cor dos nossos olhos. Hoje, muitas pesquisas que estudam como o ambiente molda o desenvolvimento têm demonstrado que essa relação é muito mais complexa.

A “Epigenética” é o campo que estuda como o perfil genético de uma pessoa é atualizado, moldado e até mesmo ativado e desativado pelo ambiente a que está exposta, seja a localização geográfica, as condições de vida ou os hábitos diários. Em suma, os pesquisadores agora estão se concentrando em como as experiências realmente influenciam a forma como os genes se manifestam e interagem com o ambiente para moldar o comportamento de uma criança ao longo do seu desenvolvimento.

X
banner kinedu desenvolvimento

Nem os genes e nem o ambiente são os elementos mais importantes para moldar o futuro de uma criança. As primeiras experiências determinam como os genes são ativados e desativados, portanto, as experiências do seu filho desempenham um papel muito importante na maneira como sua arquitetura cerebral se desenvolverá. O Centro do Desenvolvimento Infantil da Universidade de Harvard enfatiza que os pais devem garantir que seus filhos tenham experiências que estimulem seu desenvolvimento desde cedo, pois estas são um investimento crucial no futuro do bebê.

Estudos recentes têm fornecido evidências de como alguns genes, associados ao desenvolvimento desde o útero, podem ser ativados e desativados, dependendo das experiências que a criança teve. Segundo um estudo de 2016, realizado pela Dra. Elena Grigorenko e sua equipe, estar cercado de adultos carinhosos e atentos, consumir alimentos saudáveis, respirar ar puro e viver em um ambiente estimulante resultam em associações epigenéticas positivas, que se manifestam até mesmo 15 anos depois.

A conclusão?

De acordo com o Instituto de Desenvolvimento Infantil da Universidade de Minnesota, o desenvolvimento é moldado por influências contínuas, que consideram tanto o contexto sociocultural do bebê quanto seus processos genéticos. Assim, as atividades e experiências que você compartilha com seu filho hoje terão um impacto nele em um nível celular.

Se você quiser mergulhar na ciência de como as primeiras experiências moldam o perfil genético de um bebê, leia este interessante artigo do Centro do Desenvolvimento Infantil da Universidade de Harvard: Gene-Environment Interaction

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!