X
X

O que estimula o bebê a andar?

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Quando uma criança está aprendendo a andar e cai 50 vezes, ela nunca pensa: “será que isso não é para mim?”.

Você descobrirá em breve o quanto o seu bebê pode ser persistente. Por menor que ele seja, ele é um indivíduo obstinado, que a deixará maravilhada ao observar o modo como ele enfrenta os desafios em seu desenvolvimento. A importância de dar os primeiros passos e começar a praticar a andar, vai além de um simples marco de desenvolvimento.

Para entender melhor essa imensa transição, precisamos primeiro reconhecer que, ao andar, seu bebê estará abandonando seu “status” de um excelente engatinhador, deixando sua zona de conforto e optando voluntariamente por ser um andador descoordenado e pouco qualificado. Quando seu filho é um ótimo engatinhador, ele consegue se mover facilmente por todo o ambiente, explorando, navegando e evitando os obstáculos. Por outro lado, ao começar a andar, ele não tem essas vantagens. Para ele, cada passo é complicado e a queda é sua única certeza. Então, como o seu bebê persiste em andar mesmo com tudo isso?

Necessidade de velocidade.

Mesmo sendo tão jovem, o seu filho consegue perceber que, apesar das quedas constantes e da dificuldade, andar permite que ele percorra uma distância maior, em um ritmo mais acelerado, do que se ele engatinhasse. Além disso, seus ganhos – tanto com a distância percorrida quanto com a velocidade alcançada – têm implicações enormes no nível de exploração e no envolvimento dele com o ambiente.

X
banner kinedu desenvolvimento

Mãe, o que está acontecendo?

Você já deve ter percebido que o seu filho está sempre curioso. Outra teoria sobre os motivos que levam seu bebê a optar por ser um andador inexperiente, ao invés de um engatinhador excelente, é que, ao andar, ele obtém uma visibilidade bem maior. Quando seu bebê engatinha, ele naturalmente vê o chão (o pescoço e os olhos ficam paralelos ao chão); ao optar por andar, ele consegue ver o ambiente inteiro.

Vamos brincar!

Quando o seu filho decide andar, ele abre seu mundo para novas e infinitas possibilidades de interagir com os objetos. Ele agora pode carregar brinquedos pela sala com maior velocidade, andar em direção aos objetos e interagir de maneira diferente com eles.

Pressão dos pais.

Admitamos ou não, a pressão externa está presente mesmo na vida dos nossos filhos. Geralmente, a família e os amigos incentivam o bebê a caminhar. Se você pensar bem sobre isso, os primeiros passos são quase sempre em direção aos braços da mãe ou do pai.

Quando analisamos mais a fundo a transição do seu filho de engatinhar para andar, descobrimos as engrenagens do desenvolvimento funcionando a todo vapor. Uma decisão aparentemente simples que seu bebê toma, implica em inúmeros mecanismos e um raciocínio complexo de prós e contras da parte dele. Incentive o seu filho a dar um salto e continue estimulando o desenvolvimento dele diariamente com o Kinedu!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

1 comentário em “O que estimula o bebê a andar?”

  1. Pingback: Por que um andador não ajudará seu bebê? - Kinedu Blog

Comentários encerrados.