X
X

Por que o amor é tão importante?

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Toda mãe e todo pai já ouviram sobre como as primeiras experiências definem o futuro de uma criança, mas a maioria das pessoas subestima a importância do amor e da estabilidade durante a infância. Uma grande parte da bioquímica e da estrutura do cérebro é determinada durante os primeiros meses de um bebê. Além disso, a maioria dos problemas encontrados na infância e na adolescência, como agressão, hiperatividade, depressão e baixo desempenho escolar, está relacionada às primeiras experiências; pesquisas atuais têm provado que este é o caso.

Os cérebros humanos têm várias características em comum com os de outros animais. O que nos diferencia de todas as outras espécies é o lóbulo frontal do córtex cerebral, particularmente a seção pré-frontal, também conhecida como “cérebro social”. Esta parte é responsável pelo controle emocional, pela consciência das emoções dos outros e pela empatia. Essa área não é inata ou automática como a maior parte do cérebro, e nós não nascemos com nada conectado a ela. Essa parte é consciente e maleável, e sua maior parte é moldada pelas primeiras experiências da infância. Logo após o nascimento, um bebê não possui muitas conexões neurais (sinapses), e a maioria delas é criada durante o primeiro ano de vida. É quando o cérebro tem mais dessas sinapses. Depois do primeiro ano, um processo chamado de “poda” começa, no qual somente os circuitos mais usados ​​permanecem, e os demais são perdidos.

X
banner kinedu desenvolvimento

As vias bioquímicas são estabelecidas principalmente durante a infância, sendo as duas mais importantes a resposta ao estresse e o sistema calmante. Um bebê fica estressado em situações em que se sente inseguro, por exemplo, ser separado do cuidador ou ferido fisicamente. O que acontece quando um bebê está estressado é que o cortisol, um hormônio, é liberado no cérebro. Nos adultos, o cortisol gera uma pequena explosão de energia que lhes permite enfrentar qualquer perigo inerente ou qualquer outro tipo de estresse. Os bebês precisam de um adulto ou de um cuidador para acalmá-los, pois são incapazes de se proteger do perigo ou do estresse. Por esse motivo, eles ficam facilmente estressados ​​e não têm a capacidade de mitigar sua própria resposta ao estresse. Se os adultos não responderem, os bebês podem desenvolver uma reação incomum ao cortisol, dificultando sua recuperação de situações estressantes e o desenvolvimento de suas habilidades para lidar com as próprias emoções quando adultos. As experiências nos primeiros estágios da vida têm o poder de mudar a química do cérebro.

O excesso de cortisol afeta a estrutura cerebral do bebê. As crianças que sofrem de estresse crônico quando bebês têm uma área pré-frontal reduzida – elas literalmente têm cérebros menores. Isso provoca mudanças em sua personalidade conforme elas crescem. É por isso que você deve ignorar as pessoas que lhe dizem para “deixar seu bebê chorar porque ele pode ficar mimado”. Não existe um bebê mimado – pelo menos até os seis meses de idade! Atendendo a todas as suas necessidades, você estará criando uma base sólida de confiança que pode durar para sempre!

Quando se trata de crianças, você recebe o que você dá. Para ter um filho calmo, empático e emocionalmente inteligente, você deve demonstrar essas qualidades. É por isso que o amor importa, e passar tempo de qualidade com o seu filho e construir laços afetivos sólidos são fatores cruciais para o seu desenvolvimento. Para ajudar seu bebê a prosperar na vida, você deve ajudá-lo a administrar seu comportamento, prestar atenção aos sentimentos dele e atendê-lo quando ele precisar.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

1 comentário em “Por que o amor é tão importante?”

  1. Pingback: Dicas para construir uma comunicação positiva com seu filho - Kinedu Blog

Comentários encerrados.