X
X
por que meu bebê faz movimentos repetitivos?

Por que os bebês fazem movimentos repetitivos?

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

O equilíbrio, a habilidade para sentir e se ajustar à gravidade e perceber qualquer tipo de aceleração, é um sentido fundamental reforçado através de movimentos repetitivos.

Mas se esse sentido é tão fundamental, por que é frequentemente ignorado?

Conhecido como sistema vestibular, este sentido funciona abaixo do nível do córtex cerebral e, muitas vezes, não damos a ele a devida importância.

Como funciona o equilíbrio?

Você sabia que além dos movimentos repetitivos, os ouvidos têm um papel fundamental no equilíbrio? A cóclea do sistema auditivo é parte de um labirinto que fica no vestíbulo do ouvido interno.

Dado que o movimento consiste de rotações e transições, o sistema vestibular é composto tanto pelo sistema de canal semicircular (detectando a aceleração angular em três planos) quanto pelos otólitos (detectando a aceleração linear – movimentos gravitacionais e de translação).

As células receptoras dos otólitos e dos canais semicirculares enviam sinais por meio das fibras nervosas vestibulares para as estruturas neurais que controlam o movimento dos olhos, a postura e o equilíbrio.

O que é projetado a partir desta base anatômica do reflexo vestíbulo-ocular é essencial para uma visão precisa. Essas projeções para os músculos que controlam a postura também são necessárias para manter uma posição ereta.

X
banner kinedu desenvolvimento

O cérebro obtém essa informação do sistema vestibular e da nossa capacidade de sentir a posição, a localização, a orientação e o movimento de nossos corpos para entender nosso movimento e nossa dinâmica.

Um sistema vestibular maduro permite que o feto seja capaz de sentir sua orientação em relação à gravidade e, então, virar-se na posição adequada. 

Reflexos e equilíbrio 

Existem vários reflexos que são aparentes no nascimento. Alguns deles são:  

  • A resposta assimétrica do pescoço, que ocorre quando os membros se ajustam para manter o equilíbrio, como virar a cabeça de um bebê para a direita enquanto ele automaticamente estende seu braço e perna direitos e flexiona os membros no lado esquerdo;  
  • A resposta de tração, que aparece quando um bebê tenta manter a cabeça erguida quando está deitado e é puxado para cima, de modo a ficar sentado. O sistema vestibular está ciente do movimento para a frente da cabeça, e contrai os músculos flexores do pescoço, tentando levantá-lo. É por isso que se você virar sua cabeça muito rápido, seus olhos continuam focados.
  • O reflexo “olhos de boneca”, ou seja, a função vestibular mais clara, aparente nos movimentos oculares. Se um bebê move a cabeça para a direita, seus olhos permanecerão para a frente. 

A relação entre equilíbrio e movimentos repetitivos

Os bebês anseiam por estimulação vestibular por meio de movimentos repetitivos como balançar e pular. Eles até fazem isso sozinhos, pulando e balançando a cabeça, aos 6-8 meses de idade.

A estimulação do sistema vestibular em bebês resulta em um desenvolvimento mais avançado dos reflexos e da coordenação motora. Essa estimulação também é benéfica em crianças pequenas, pois elas choram menos quando são embaladas ou mudadas de posição.

Assim, o estímulo tem um profundo impacto no estado do bebê, resultando em um alerta geral maior. Esse estado de alerta é ideal para aprender e absorver informações de forma eficaz. 

Na próxima vez em que você sair para uma corrida, preste atenção a esse sistema. Como sua percepção mudaria se correr fizesse você ver o mundo subindo e descendo? Dessa forma, você entenderá o desenvolvimento vestibular do seu bebê e poderá apreciá-lo na prática.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!