X
X

A ciência por trás da baby talk (fala do adulto direcionada a uma criança)

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Por que os adultos mudam a forma de falar quando estão próximos de um bebê?

Quando você está na companhia de crianças pequenas, sejam seus filhos, os de um amigo ou apenas um bebê fofo que está nos braços de uma mãe com quem você cruzou no café, você já deve ter experimentado um impulso automático e difícil de ignorar de conversar com a criança usando uma “voz de bebê” para dizer algo como “onde está o bebê?”. Além da ternura, existe algum benefício em falar dessa forma para o desenvolvimento socioafetivo ou linguístico do seu bebê?

O fato de os adultos usarem a “fala de bebê” quando se dirigem a um bebê ou criança na fase pré-verbal é um acontecimento quase universal. Os antropólogos têm observado isso em comunidades nativas do Sri Lanka à Sibéria, ou seja, parece que não importa o idioma usado, quando falamos com bebês utilizamos uma espécie de linguagem universal das crianças, que é conhecida como “baby talk”. Esse modo de falar é caracterizado por articular cada palavra de forma emocional e melódica, usando uma voz mais alta do que a normal, esticando cada vogal e encurtando e simplificando as frases. Essas características são particularmente mais enfatizadas quando os adultos se direcionam a bebês mais jovens, e seu uso é diminuído naturalmente à medida que a criança cresce e desenvolve suas habilidades linguísticas.

Psicólogos do desenvolvimento afirmam que, quando os adultos usam a “fala de bebê” para se dirigir a uma criança, eles estão estimulando o desenvolvimento dela de diversas formas! Listamos abaixo algumas delas.

X
banner kinedu desenvolvimento

Benefícios da utilização da “fala de bebê”:

  • Ela atrai a atenção do seu bebê. Geralmente, a “fala de bebê” é acompanhada de uma linguagem corporal e de movimentos faciais expressivos, bem como de outros recursos para atrair a atenção do bebê.
  • Ela estimula o desenvolvimento da linguagem. Graças ao exagero na articulação e nas vogais e ao uso de frases curtas e simplificadas, falar dessa forma ajuda o bebê a localizar onde começa e onde termina cada palavra em uma frase, e a identificar alguns dos padrões auditivos utilizados.
  • Ela colabora com o desenvolvimento social. Esse tipo de interação ajuda o seu bebê a distinguir e entender alguns dos sinais emocionais dentro de um discurso falado. E isso não funciona apenas para os bebês! Pesquisadores descobriram que, quando os adultos ouvem uma língua estrangeira atentamente, eles são mais capazes de identificar o estado emocional do emissor se ele estiver utilizando a “fala de bebê” do que se ele usar o modo habitual de falar.
  • Ela demonstra afeto. Os sons suaves e amigáveis da “fala de bebê” podem promover uma relação positiva entre os pais e as crianças pequenas.

Em 2003, neurocientistas da Universidade de Washington estudaram como bebês de 6 a 12 meses percebem a linguagem, e descobriram que existe uma relação direta entre a clareza com que uma mãe fala com o seu bebê e a capacidade do bebê de perceber a linguagem verbal. Então, agora você já sabe: as vantagens de usar a “fala de bebê” com o seu filho vão além da fofura!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

3 comentários em “A ciência por trás da baby talk (fala do adulto direcionada a uma criança)”

  1. Pingback: Atraso na fala: entenda mais antes de se preocupar - Kinedu Blog

  2. Pingback: Baby talk: o que é e por que ajuda no desenvolvimento do seu bebê - Kinedu Blog

  3. Pingback: Abordagem Pikler na educação infantil - Kinedu Blog

Comentários encerrados.