X
X
como ensinar inteligência emocional através de livros

Como ensinar inteligência emocional

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Os primeiros anos da vida do seu filho são normalmente um momento incrivelmente feliz para todos, mas isso não significa que seu bebê não tenha outros sentimentos. É por isso que livros podem ser ferramentas eficazes para ensinar inteligência emocional ao seu filho e ajudá-lo a identificar diferentes emoções e sentimentos.

As emoções das crianças

O psicólogo Silvan S. Tomkins explicou que um bebê nasce com cerca de nove emoções diferentes: interesse, prazer, surpresa, angústia, raiva, medo, vergonha, nojo e repulsa. Ele diz que, com o tempo, esses sentimentos combinam-se entre si e, com experiências novas, formam outros mais complexos. Às vezes, bebês e crianças pequenas têm dificuldade para expressar seus sentimentos mais profundos, e têm que lidar com a raiva e os medos à medida que crescem.

Para os pais, é difícil não conseguir entender como seu bebê está se sentindo. Afinal, ele não é capaz de colocar em palavras o que está passando. Isso causa frustração nos pais ao não se sentirem capazes de explicar ou mesmo entender o que o bebê está sentindo. Por isso, é necessário ressaltar a importância de saber como ensinar inteligência emocional aos filhos. 

Como ensinar inteligência emocional aos filhos usando livros

Os livros podem ser ferramentas úteis para ajudar seu filho a identificar e dar sentido a essas emoções, e ajudam os pais a ensinar as crianças a lidar com sentimentos e situações difíceis. Há muitos bons livros que foram desenvolvidos para ajudar os bebês e as crianças a começarem a distinguir suas emoções. Ler esses livros, e conversar sobre eles com o seu filho, certamente ajudará!

X
banner kinedu desenvolvimento

Conheça dois exemplos de livros que podem servir de base para a construção de inteligência emocional nos seus filhos:

 I Am Happy: A Touch-and-Feel Book of Feelings 

Um livro sensorial sobre sentimentos de Steve Light, autor de obras para bebês e crianças. Ele convida o leitor a “tocar” e “sentir” diferentes emoções, oferecendo uma variedade de texturas. Por exemplo, a última página diz “Todos os dias, eu me sinto amada”, e tem uma foto de um bebê aconchegado na cama debaixo de um cobertor macio. A suavidade do cobertor representa a emoção do amor. Seu filho vai adorar esta experiência!

When I Am / Cuando Estoy 

Outra ótima opção para a coleção do seu bebê, escrita por Gladys Rosa-Mendonza. As páginas captam o que uma criança pode fazer quando ela experimenta diferentes emoções, como felicidade, tristeza, raiva, preocupação, medo e surpresa. Seu filho se relacionará facilmente com as situações comuns apresentadas.

Você tem recomendações de outros livros que explorem a inteligência emocional? Por favor, compartilhe-as nos comentários! Continue nos acompanhando para saber mais sobre as vantagens de ler para o seu filho e obter boas sugestões de livros.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!

1 comentário em “Como ensinar inteligência emocional”

  1. Pingback: Parentalidade Positiva: Conheça a abordagem de criação com afeto - Kinedu Blog

Comentários encerrados.