X
X
exigente para comer

Meu filho é exigente para comer: dicas para despertar o apetite

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Seu filho é exigente para comer? Ele rejeita alimentos novos, tem preferências fortes e come sempre as mesmas comidas? Não se preocupe, reunimos algumas ótimas dicas para te ajudar com isso!

A variedade é um fator importante em nossas dietas, e isso inclui comer frutas, verduras e legumes. Por isso, sabendo da importância de uma alimentação saudável, ter que lidar com um filho que é exigente para comer pode ser bastante frustrante. As refeições podem se tornar estressantes, e uma luta por poder pode surgir. 

Você deve estar se perguntando: “E o que posso fazer?”. Não se preocupe; continue a leitura, pois apresentaremos dicas simples para ajustar as refeições e tornar o seu filho um entusiasta da alimentação (ou, pelo menos, fazê-lo experimentar novos alimentos!).

Por que seu filho é exigente para comer?

Antes de começarmos, é importante entender como uma criança se torna “exigente para comer”. Existem diferentes teorias em torno desse tema. 

Segundo alguns estudos, os fatores que afetam a alimentação seletiva podem incluir pressão para comer, temperamento e personalidade, sensibilidade sensorial, genética, estilo de alimentação dos pais e até mesmo fatores específicos, como a ausência de amamentação, a falta de variedade ou a introdução tardia a diferentes texturas.

E isso não é tudo. Não vamos esquecer a terrível “crise dos dois anos”. É sabido que as crianças gostam de buscar autonomia. Isso é, na verdade, uma coisa boa, pois elas estão aprendendo a se tornar independentes, mas essa busca também pode levar à rejeição de alimentos. Isso é totalmente normal, então, não se preocupe. Confira algumas dicas que podem te ajudar a resolver esse problema.

Dicas para pais de uma criança exigente para comer

1. Compartilhem a refeição em família

Sirva uma refeição para a família e resista ao impulso de preparar outra refeição se seu filho recusar o que você serviu, pois isso só encoraja a seletividade alimentar

X
banner kinedu alimentação bebê

2. Evite pressionar

Se seu bebê recusar uma refeição, evite pressioná-lo. É bom que as crianças aprendam a ouvir seu corpo e usem a fome como guia. A responsabilidade dos pais é prover a comida, e é decisão dos filhos comer. 

3. Não suborne seu filho

Tente não subornar seu filho com guloseimas para que ele coma outras coisas.

4. Alimentos novos levam tempo 

Não desista só porque a criança recusou um alimento uma vez, isso ainda não significa que ela é exigente para comer. Continue oferecendo alimentos novos e também aqueles que seu filho não gostou antes. Você pode precisar de 10 ou mais tentativas até que seu bebê aceite um alimento novo.

5. Faça comidas divertidas

Torne a refeição irresistível, arrumando-a de uma maneira divertida e colorida para torná-la mais atraente para o seu pequeno.

6. Envolva seu filho no preparo da refeição

Convide seu filho a fazer diferentes tarefas culinárias: peneirar, mexer, contar ingredientes, colher ervas, etc.

Enfim, lembre-se de ser paciente e dar um passo de cada vez. As crianças estão aprendendo a interpretar e controlar seu mundo à medida que crescem, e isso pode incluir a rejeição de alimentos. Mas não desista; continue oferecendo ao seu filho uma ampla variedade de escolhas saudáveis, defina rotinas programadas, não negocie ou suborne-o com sobremesas, e envolva-o em todo o processo. Lembre-se de tornar a refeição divertida e manter o estresse alimentar ao nível mínimo.

Por outro lado, se você tem medo de que seu filho não esteja crescendo adequadamente ou se ele vomita constantemente quando é apresentado a um novo alimento, converse com seu pediatra. Ele ajudará a identificar condições médicas que podem estar por trás disso, ou fornecerá um plano específico de alimentação para o seu filho.

Essas dicas funcionaram para você? Deixe o seu depoimento nos comentários!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!

2 comentários em “Meu filho é exigente para comer: dicas para despertar o apetite”

  1. Pingback: Dicas para construir uma comunicação positiva com seu filho - Kinedu Blog

  2. Pingback: Desenvolvendo a independência: ensinando seu filho a comer sozinho - Kinedu Blog

Comentários encerrados.