Estamos acostumados a ler diferentes estudos e artigos sobre a melhor maneira de criar um filho. No entanto, existem poucas evidências que comprovem que um determinado estilo de criação seja o ideal. Então, qual é a chave para aumentar as chances de sucesso de uma criança?

As experiências nos dois primeiros anos de vida têm o poder de alterar o futuro de uma criança. Este período de oportunidades é crítico. Há várias coisas que podem ser feitas para aumentar as chances de sucesso de uma criança – educação de alta qualidade, motivação dos professores, oportunidades, acesso a bons serviços de saúde mental, etc.

Uma estratégia de criação não vai definir o futuro de uma criança. Porém, aprender sobre o desenvolvimento psicológico do seu bebê poderá melhorar sua criação. A chave é alcançar um público maior, para que os pais de todo o mundo possam se envolver em interações eficazes e de qualidade. A tecnologia é uma maneira eficaz de fornecer informações em grande escala e interferir na vida das pessoas.

Há um estudo que confirma os enormes benefícios da intervenção dos pais. Em 1986, em alguns dos bairros mais pobres de Kingston, na Jamaica, uma equipe de pesquisadores realizou um experimento com o objetivo de mudar nosso modo de pensar sobre como incentivar as crianças a terem sucesso, especialmente aquelas que vivem em situações de pobreza. Sua mensagem foi a seguinte: “Ajude as crianças apoiando e orientando seus pais sobre o desenvolvimento de seus bebês”.

A pesquisa dividiu famílias de 129 bebês e crianças pequenas em grupos. O primeiro grupo recebeu visitas domiciliares de pesquisadores treinados (de uma hora, uma vez por semana), que motivaram e treinaram os pais para que passassem mais tempo brincando ativamente com seus filhos. Essas atividades variavam – iam de ler livros a cantar, e até brincar de esconde-esconde. O segundo grupo recebeu um quilo de suplemento nutricional à base de leite semanalmente. O último grupo não recebeu nada. O estudo terminou dois anos depois, mas os pesquisadores acompanharam essas crianças desde então. Não foi nenhuma surpresa que a intervenção que mais impactou a vida das crianças foi a do primeiro grupo, que incentivou os pais a brincarem ativamente com seus filhos. Quais foram os benefícios? As crianças tiveram melhores resultados em testes de QI e demonstraram menos comportamentos agressivos e mais autocontrole durante toda a infância. Quando se tornaram adultas, elas ganharam, em média, 25% a mais por ano do que aquelas cujos pais não receberam as visitas domiciliares. O impacto do treinamento dos pais pode ser poderoso em muitos níveis.

Se quisermos melhorar as oportunidades de sucesso das crianças, o meio mais eficaz é mudar os comportamentos, crenças e atitudes dos adultos que interagem com elas todos os dias. Um treinamento personalizado e com acompanhamento ajuda a identificar e reforçar essas pequenas interações – como o “jogo de ação de reação” -, que fortalecem ainda mais o apego, o carinho e a confiança entre as crianças e seus cuidadores. Isso não apenas proporciona taxas mais altas de apego seguro, como também melhora a capacidade das crianças de lidar com o estresse.

App Kinedu Desenvolvimento do bebePowered by Rock Convert

O foco principal do Kinedu é melhorar as habilidades dos pais, proporcionando a eles atividades e conhecimentos específicos sobre o desenvolvimento de seus bebês. Com isso, eles podem transformar momentos cotidianos em impulsionadores do desenvolvimento. Quando os pais aprendem todos esses fatos surpreendentes sobre o desenvolvimento psicológico de seu bebê, isso pode transformar drasticamente a maneira como eles o veem. Oferecer aos pais o conhecimento sobre o que os bebês podem ou não fazer os tornará mais sintonizados com as necessidades específicas de seus filhos. Eles podem refletir sobre as conquistas passadas de seus filhos e até estabelecer metas para seus próximos marcos.

Essas influências positivas no início da vida das crianças têm efeitos profundos no desenvolvimento de "habilidades não-cognitivas". Essas habilidades incluem o caráter, a atitude e a coragem, elementos-chave para o sucesso. Outras habilidades que permitem que as crianças tenham sucesso dentro e fora da escola são: entender e seguir instruções; focar em uma única atividade por um período maior; interagir calmamente com os colegas; e, por fim, lidar com as experiências difíceis da vida.

Para ajudar as crianças a terem sucesso, a melhor estratégia é a intervenção dos pais. Embora esses impactos a longo prazo pareçam inatingíveis, cada centavo investido no aprendizado de uma criação de qualidade tem um retorno sobre o investimento de, pelo menos, quatro vezes o valor investido! Como Jane D. Hull afirmou uma vez: “O fator decisivo para o sucesso das crianças é o envolvimento positivo dos pais”.

Fontes:

Para ajudar as crianças a prosperar, treine seus pais

Devemos ensinar os pais sobre como os bebês se desenvolvem, não como ser pais