O elogio que os pais fazem aos filhos pode influenciar fortemente sua autoestima, inteligência e disposição para enfrentar desafios. No entanto, de acordo com novos estudos, certos tipos de elogios podem realmente fazer mais mal do que bem. Por exemplo, dizer "você é tão inteligente!" pode não ser o melhor tipo de elogio – pode até desencorajar uma criança a assumir novos desafios. Uma pesquisa de Carol Dweck, psicóloga de renome mundial da Universidade de Stanford, mostrou que as crianças que percebem seu sucesso como resultado de uma inteligência própria estão mais propensas a ter uma "mentalidade fixa". Isso significa que veem o talento e a inteligência como algo que já nasceram com elas, não como habilidades que podem ser aprendidas e melhoradas por meio do esforço. Isso se torna especialmente problemático quando suas identidades se associam a um resultado.

Mas o que exatamente acontece quando uma criança cresce ouvindo elogios como "você é tão inteligente!"? Segundo o Dr. John Medina, autor do best-seller nacional "Brain Rules for Baby", seu filho começará a enxergar seus erros como falhas. Isso acontece porque ele está acostumado a ver seus sucessos anteriores como uma habilidade estática, isto é, talentos naturais com os quais ele nasceu, e não como resultado do seu esforço. Por isso, o fracasso é percebido como uma falta de habilidade sobre a qual ele não tem controle. Já quando as crianças são elogiadas pelo esforço, elas tendem a se desenvolver, o que Dweck chama de "mentalidade de crescimento”. Esse tipo de mentalidade faz com que as crianças tenham uma atitude edificante em relação ao fracasso. Em outras palavras, elas tenderão a acreditar que, quando confrontadas com dificuldades, a persistência as levará ao sucesso.

O esforço é um elemento-chave em uma "mentalidade de crescimento ", porém, a questão é: como os pais podem estimular esse tipo de esforço em seus filhos? A resposta está surpreendentemente ligada com a forma que você os elogia! O Dr. Medina explicou que o modo como os pais elogiam define a forma com que seus filhos percebem o sucesso, e é aqui que eles cometem um erro comum: aplaudir o resultado, como uma nota ou um talento. Então, ao invés de falar "estou tão orgulhoso de você, você é tão inteligente!", os pais devem dizer: “bom trabalho, você acertou a resposta! Pode me mostrar como você fez isso?”; ou “estou tão orgulhoso de você, você deve ter estudado muito!". Em vez de elogiar seus resultados finais, os pais devem elogiar suas estratégias, aprimoramentos ou esforços, de modo a ensinar aos seus filhos que as habilidades intelectuais podem ser desenvolvidas. Ao fazer isso, as crianças se tornam mais propensas a ver os desafios como oportunidades, e não como limitações. Os contratempos são inevitáveis ​​na jornada para o sucesso. Os pais devem começar a ensinar seus filhos a aceitar os desafios, elogiando-os da maneira certa.

App Kinedu Desenvolvimento do bebePowered by Rock Convert

Se você quer praticar a forma correta de elogiar, aqui está uma atividade que você pode usar para estimular a motivação e a perseverança do seu filho.

Aproveite!

http://youtu.be/ncFjcqz7wU4