X
X

Seu filho está babando? Dicas e truques para controlar o problema

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Todas as crianças passam por uma etapa notável de babar. É algo normal, mas há casos em que elas babam demais ou por muito tempo. Se seu filho está babando excessivamente, é hora de verificar esse comportamento. É melhor consultar um otorrinolaringologista, para que ele examine de perto todas as estruturas físicas da boca, do nariz e da garganta. Enquanto isso, aqui estão minhas dicas e truques favoritos:

Boca Fechada

Quando a nossa boca está fechada, é menos provável que babemos! Eu chamo isso de “postura da boca fechada”. Isso significa que seu filho fechou os lábios e está respirando pelo nariz. Nossos narizes são maravilhosamente projetados para filtrar (obrigado, pelos nasais!), aquecer, umedecer e cheirar o ar que respiramos. Além disso, este órgão também está equipado com uma mucosa, que captura e mata os germes. A respiração nasal garante um equilíbrio adequado dos níveis de oxigênio e dióxido de carbono em nossos corpos (a respiração bucal geralmente leva à hiperventilação). As crianças que respiram pela boca costumam roncar à noite, ter mais dor de garganta e sentir-se cansadas, e correm o risco de desenvolver dentes tortos. Pesquisas também relacionaram este tipo de respiração com dificuldades comportamentais, déficits de aprendizado e problemas de fala. Depois de consultar o otorrinolaringologista e garantir que não haja fatores físicos que interfiram na capacidade do seu filho para manter uma postura de boca fechada, será só uma questão de ir criando um hábito melhor!

Munhequeiras

Munhequeiras atoalhadas, como as que os esportistas usam para secar o suor, são um grande truque para ajudar as crianças que babam. Elas devem se ajustar confortavelmente em seus pulsos e durar uma boa parte do dia. Desta forma, o seu filho controlará melhor quando secar a boca. É provável que você tenha que lembrá-lo de usar a munhequeira de vez em quando, mas ele logo terá entendido a dinâmica. Idealmente, queremos que nossos filhos comecem a sentir a diferença entre um queixo seco e um queixo molhado. Se permitirmos que seus queixos fiquem molhados o dia inteiro, eles se acostumarão a essa sensação. Queremos manter seus rostos tão secos quanto possível, para que eles possam sentir quando a saliva começar a escorrer.

Temporizadores e Alarmes

Algumas crianças precisam de lembretes para “engolir” quando a saliva se acumula. Como não se trata de colocar um alarme a cada 5 minutos, recomendo que você escolha um momento do dia em que seu filho baba muito. Por exemplo, quando vocês dois estiverem jogando, coloque um temporizador a cada 2 minutos, como um lembrete de engolir a saliva. O intervalo entre os lembretes dependerá de cada criança, por isso é melhor começar com tentativa e erro. A ideia é que o alarme soe alguns segundos antes de a saliva começar a escorrer dos lábios, para que o seu filho tenha tempo de engoli-la com sucesso. Se ele tiver idade suficiente, você pode dar a ele um relógio de pulso que tenha um alarme configurado. O objetivo é que o seu filho comece a engolir a saliva sozinho e desenvolva esse hábito.

Canudinho

X
banner kinedu desenvolvimento

É preferível que seu filho use um canudinho e se livre das chupetas e copos de treinamento, pois estes prolongam o padrão imaturo de sucção que queremos evitar. Os canudinhos, por outro lado, promovem um melhor fechamento dos lábios, bons padrões de engolir e controle da língua. O padrão que usamos ao beber usando um canudo é o mesmo que usamos para “pegar” a saliva que escorre da boca. Eu também gosto de brincar com a temperatura dos líquidos para aumentar a consciência e a atenção das crianças; a água fria servirá para este propósito.

Cantarolando

Cantarolar é uma atividade rápida e fácil de fazer ao longo do dia. Fazer isto trabalha a “postura da boca fechada” e as vibrações, que aumentam a sensibilidade e a consciência física. Vocês podem cantarolar suas músicas favoritas ou fazer sons bobos com a boca fechada. Com crianças maiores, você pode jogar um jogo de adivinhação, no qual um de vocês terá que cantar uma música, para que o outro adivinhe qual é.

Limpe bem

Sim, existe uma maneira correta de secar a boca. É simples, prometo. O que você precisa fazer é começar pelo lábio inferior e limpá-lo até em cima, até alcançar o lábio superior, para ajudar a promover uma “postura de boca fechada”.

Consistência é o segredo

Lembretes constantes são essenciais para controlar a eliminação de saliva. É um esforço extra, mas valerá a pena quando os hábitos apropriados forem construídos e a boca do seu filho ficar seca por um tempo maior. Sou uma grande fã da consistência, pois ela faz uma enorme diferença na velocidade com que atingimos nossos objetivos. Quanto mais consistentes formos, mais rápido veremos um progresso duradouro. Você pode usar uma ou duas frases-chave durante o dia, para ajudar o seu filho a lembrar o que ele precisa fazer. Por exemplo, você pode usar “feche os lábios” quando vir seu pequeno com a boca aberta, ou “pegue a saliva” quando ela tiver se acumulado nos lábios, mas ainda houver tempo para engoli-la. Eu também uso “lamba os lábios” para algumas crianças, porque é uma instrução mais fácil. Você conhece melhor seu filho e pode escolher qualquer frase que funcione para vocês. Lembre-se que este é um trabalho em equipe: envolva os irmãos, familiares, cuidadores, professores e amigos – estamos todos juntos para atingir essa meta!

Molly Dresner é patologista e terapeuta da linguagem com base em Nova York. Ela recentemente publicou seu livro The Speech Teacher’s Handbook, um guia interessante com dicas práticas e atividades simples para os pais ajudarem seus filhos.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

2 comentários em “Seu filho está babando? Dicas e truques para controlar o problema”

  1. Pingback: Dente do bebê nascendo: sintomas e remédios - Kinedu Blog

  2. Pingback: 6 formas de aliviar a dor de nascimento dos dentes - Kinedu Blog

Comentários encerrados.