Você já esteve em um parquinho ou na praia e notou que duas crianças começam a brincar lado a lado, mas não interagem entre si? Se a sua resposta for sim, é porque você testemunhou o que os psicólogos infantis chamam de “brincadeira paralela”. Neste artigo vamos explicar o que é esse tipo de brincadeira e porque ela é importante para o desenvolvimento do seu filho durante seu segundo, terceiro e quarto ano de vida.

A brincadeira paralela ocorre quando duas crianças começam a brincar uma ao lado da outra, mas não juntas. As circunstâncias fizeram com que elas compartilhassem o mesmo espaço ou brinquedo, mas elas de fato não prestam atenção umas nas outras e não tentam influenciar ou intervir nas suas ações. Esse comportamento é normal, precede à brincadeira de faz de conta e à colaborativa e, geralmente, surge entre 2 e 4 anos de idade.

App Kinedu Desenvolvimento do bebePowered by Rock Convert

Os psicólogos do desenvolvimento, baseados na pesquisa de Mildred Parten, estabeleceram que a brincadeira paralela é a quarta das seis fases das brincadeiras. Crianças pequenas que já dominaram a brincadeira desocupada (quando a criança brinca com o que tem à mão), a solitária (quando brinca sozinha) e a observadora (quando observa mas não brinca) aprendem a socializar graças à brincadeira paralela. Após esse marco, as crianças começam a participar de brincadeiras de colaboração em que aprendem a brincar juntas e a compartilhar seus brinquedos. Então, isso evolui para a brincadeira de faz de conta na qual os participantes compartilham símbolos e atribuem papéis complementares para alcançar um objetivo comum, como salvar uma princesa imaginária ou completar uma tarefa.

Antes de que os pequenos adquiram as habilidades socioafetivas necessárias para cooperar com seus colegas, esse tipo de brincadeira é a maneira pela qual seu filho ganha confiança e se acostuma a brincar e estar perto de outras crianças, enquanto ainda mantém controle sobre as suas atividades individuais. Durante este período de transição, é comum ver que os pequenos imitam uns aos outros! Da próxima vez que você vir seu filho brincando com outras crianças sem demonstrar interesse por elas ou se aproximar do grupo, lembre-se de que ele está aprendendo habilidades sociais valiosas ao observar e ficar perto de outras pessoas.

Ajude no desenvolvimento socioafetivo do seu filho com as inúmeras atividades e artigos disponíveis no Catálogo do Kinedu!