Durante seus primeiros anos, seu filho passará a maior parte do tempo em casa. Portanto, a melhor coisa que você pode fazer é transformá-la em um espaço dinâmico que promova o desenvolvimento de uma ampla gama de habilidades. Sabe-se que a música ajuda diferentes áreas do desenvolvimento do seu filho. Já falamos sobre os efeitos no nível cognitivo, físico, linguístico e socioafetivo. Vários estudos também mostraram que um ambiente musical promove emoções positivas e reduz os níveis do hormônio do estresse. Também foi provado ser benéfico para pessoas que sofrem de doenças graves, dor e depressão.

A música tem sido usada há milhares de anos para estimular experiências positivas. Os antigos filósofos gregos, como Platão, e os reis de Israel já usavam a música para reduzir o estresse. Bandas militares tocavam melodias para animar as tropas e enchê-las de confiança e coragem, e em eventos esportivos a música promove o entusiasmo dos espectadores. Inclusive, nas salas de espera de dentistas e médicos, toca música para tranquilizar os pacientes. No ambiente escolar, é usada para promover aprendizado e memorização. Além disso, tratamentos psiquiátricos mostraram que a música influencia positivamente o humor dos pacientes, evocando memórias agradáveis. Podemos afirmar que todos nós sentimos algo com a música, e até bebês de quatro meses podem distinguir entre os tons de melodias diferentes.

App Kinedu Desenvolvimento do bebePowered by Rock Convert

Transformar sua casa em um espaço musical ajudará a promover emoções positivas, criatividade e motivação para aprender. Também a transformará em um espaço dinâmico e divertido para passar bons momentos com a família. Como você pode fazer isso?

  • Sempre que puder, coloque música para tocar. Ao invés de assistir televisão, ouça algumas músicas. Faça isso enquanto você cozinha e seu filho brinca ou dancem ao ritmo de uma música e liberem a energia. Música tranquila também ajudará a criar uma atmosfera relaxante para certas atividades.
  • Experimentem vários tipos de música. Sabe-se que alguns gêneros nos fazem sentir melhor do que outros, mas também não há evidências que confirmem o efeito Mozart. Seu filho pode se beneficiar de mais do que música clássica. Ao invés de focar nos gêneros musicais, pense melhor na atividade ou emoção que deseja promover e descubra as preferências dele.
  • Incentive-o a explorar o som dos objetos (como um chocalho, saleiro, piano ou mesmo bater duas coisas juntas). Isso ensinará diferentes sons e enriquecerá as experiências do seu filho.
  • Use a música como recompensa, ao invés de tempo na frente da TV ou doces.
  • Estimule a atenção do seu filho usando música ao aprender novos conceitos.
  • Faça atividades familiares musicais. Pode ser algo simples como tocar algumas percussões usando recipientes de plástico e colheres de pau quando estiverem cozinhando.
  • Inclua música em suas atividades. É bom ter música de fundo ao fazer algo, mas também é importante interagir com o seu filho. Pratiquem ouvir uma música enquanto desenham e veja que tipo de imagens vocês se inspiram a desenhar.
  • Falem sobre como a música faz vocês se sentirem. Ele fica feliz? Evoca uma lembrança? Dá vontade de pular para cima e para baixo?
  • Mostre diferentes instrumentos musicais e os sons que eles fazem para o seu filho. Você não precisa ter instrumentos reais, pode usar imagens ou criá-los usando materiais que tem em casa.
  • Brinquem de adivinhar. Sorteie um pedaço de papel e faça o som do instrumento que você tirou para que os outros possam adivinhar o que é.

A música faz as pessoas felizes e é uma das coisas mais bonitas que podemos experimentar. Compartilhe a importância da música com o seu filho e estimule-o a gostar de descobrir diferentes sons, ritmos e passos de dança. Transforme sua casa no espaço perfeito para compartilhar a alegria e promover o desenvolvimento dele!

Saiba mais sobre os benefícios da música clicando aqui.