À medida que seu filho desenvolve sua autoconfiança e independência, ele precisará da sua ajuda para se sentir capaz de fazer as coisas. O “andaime” é um processo de aprendizagem em que um adulto estimula o desenvolvimento de uma criança, ajudando apenas quando necessário. Isso permite que a pessoa relacione o conhecimento anterior com novos conhecimentos, habilidades e uma compreensão mais profunda de algo. O psicólogo e pioneiro Lev Vygotsky (1931) disse que um andaime eficaz ocorre no que ele chamou de “zona de desenvolvimento proximal” (ZDP). A ZDP é a diferença entre o que uma criança pode fazer e aprender por si mesma e o que ela pode fazer e aprender com a ajuda de uma pessoa mais experiente. 

O andaime permite que uma pessoa resolva um problema ou alcance uma meta que está um pouco além de suas habilidades atuais. Qualquer um pode se beneficiar desse processo, já que todos têm uma ZDP diferente. Vários estudos observaram o impacto do andaime no desenvolvimento infantil. Os resultados mostram que os pais que usaram esse processo para incentivar a resolução de problemas de seus filhos de 3 anos tiveram um impacto direto nas funções executivas das crianças quando completaram 4 anos de idade. Você pode começar a capacitar seu filho através desse processo em qualquer idade. Quando descobrir o que ele sabe e o que quer aprender, você pode começar a incentivá-lo. 

O que você precisa considerar ao colocar isso em prática com o seu filho? 

  • Para definir objetivos realistas, leve em consideração o estágio de desenvolvimento dele. 
  • Estude a forma de aprender do seu filho. 
  • Alinhe a sua estratégia com os interesses, conhecimentos e habilidades dele. 
  • Não ajude, na medida do possível. 

Aqui estão alguns exemplos: 

1. Quando as crianças aprendem a andar, elas geralmente seguram a roupa ou a mão de um adulto. Só quando desenvolverem força e equilíbrio suficiente é que elas começarão a andar por conta própria. 

Você vê que seu filho segura algo para se levantar. Você lhe dá a mão, ele dá alguns passos e cai. Você identifica sua ZDP entre a capacidade de se levantar e andar sem ajuda. Um método de andaime seria oferecer-lhe dois pequenos brinquedos que atraiam o interesse dele e ver se, segurando um em cada mão e apertando-os, ele consegue manter o equilíbrio para dar alguns passos na sua direção. 

Powered by Rock Convert

2. Quando seu filho estiver aprendendo sobre a permanência de objetos e a socialização através de brincadeiras, brincar de ‘Esconde-Esconde’ irá chamar bastante a atenção dele.

Ao descobrir seu rosto pela enésima vez, você verá que seu filho vai perder o interesse e vai se concentrar em outra coisa. Ajude-o a prestar atenção cobrindo o rosto dele com um cobertor, repetindo seu nome e dizendo “você está aqui” enquanto tira o cobertor. Assim, você terá uma nova maneira de fazer com que ele se reconecte com a atividade e responda ao estímulo. 

3. Quando seu filho aprender sobre formas e cores, ele começará a prestar atenção nas cores que vê ao redor. 

Se você perceber que ele começa a identificar o azul e o amarelo, de manhã, quando for vesti-lo, coloque roupas azuis e amarelas na cama. Ele ficará animado ao se vestir e identificar as cores. Diga que será o dia do azul e do amarelo, que vocês as usarão nas roupas e tentarão encontrar coisas dessas cores durante o dia. Desta forma, você criará um ambiente de aprendizagem baseado no que ele já sabe e estabelecerá uma estratégia que se relacione com os interesses dele. 

Com sua ajuda e orientação, você pode desafiá-lo a expandir seus conhecimentos e aprender coisas novas. Incentivá-lo através de brincadeiras simples e exercícios como esses irá estimular a confiança, a independência e as futuras habilidades cognitivas do seu filho.

Acesse o Catálogo do aplicativo do Kinedu para obter mais artigos sobre o desenvolvimento cognitivo das crianças e atividades para estimulá-lo!