Pode parecer que seu filho nunca aprenderá a se mover ou que seus futuros marcos de desenvolvimento nunca virão! Não se preocupe, logo ele estará escalando os móveis e andando pela casa. Como engatinhar é algo que ocorre naturalmente, você não precisará se concentrar em ensiná-lo a fazer isso, mas em dar muitas oportunidades para ele se preparar e praticar.

Lembre-se de que o processo de aprendizagem varia de um bebê para o outro e que cada um procura a maneira mais confortável de se mover. Dito isto, aqui estão algumas dicas sobre como ajudar o seu filho:

– Faça-o passar um tempo de bruços desde o nascimento. Isso ajudará a fortalecer os músculos do pescoço, ombros, braços e pernas e promover o engatinhar. Talvez ele não goste de ficar nessa posição; não se preocupe. Tente fazer pausas ou deitá-lo no seu peito ou barriga e fazer caretas para tornar esse momento mais agradável. Ficar de bruços também funciona melhor em espaços onde seu bebê se sente confortável, então façam isso no quarto dele ou em algum lugar com o qual ele esteja familiarizado.

– Incentive-o a pegar seus brinquedos. Embora pareça simples, essa ação é essencial para o engatinhar. Quando seu filho alcança alguma coisa, ele aprende que, para isso, ele deve se apoiar em um dos braços. Isso cria o cenário em que ele usa um braço de suporte e outro para pegar um objeto. Essa ação simples ensina a distribuir o peso de um lado para o outro, algo essencial para engatinhar.

banner kinedu desenvolvimento

– Reduza o tempo que ele fica no cadeirão ou carrinho de bebê. É ótimo tê-lo por perto e seguro, mas ele precisa passar um tempo no chão para fortalecer os músculos e ter vontade de explorar através do movimento.

– Enquanto seu filho aprende a engatinhar, ele também está aprendendo a sentar. Dedique um tempo a atividades que promovam o sentar e se virar, e outras que trabalhem o apoio nos braços e mudar de posição. A postura do tripé ajudará a fortalecer as costas, por isso tente chamar a atenção do seu filho com um brinquedo para que ele se apoie nas mãos e nos joelhos. Brincar na frente de um espelho também vai motivá-lo a sair da posição sentada para explorar seu próprio reflexo.

– Conforme ele se torna mais ágil, crie pequenos obstáculos com almofadas, caixas ou travesseiros para que ele engatinhe entre os objetos. Lembre-se de acompanhá-lo, pois ele pode precisar da sua ajuda para superar alguns dos obstáculos.

– As escadas são outro lugar para praticar, e isso vai ajudá-lo a se sentir confortável apoiando nas mãos e nos joelhos. Se você tem escadas em casa, ele provavelmente ficará animado para explorar esse espaço. Lembre-se de que, embora seja importante aprender a subir e descer escadas, você nunca deve deixar seu filho sem supervisão. Por isso, certifique-se de que ele não se aproxime delas enquanto você não está por perto. Se você não tem escadas em casa, pode praticar usando um banquinho, blocos de espuma, almofadas ou tapetes enrolados.

Lembre-se de que bebês aprendem a engatinhar em diferentes idades e alguns pulam esse marco do desenvolvimento. Muito provavelmente não há nada para se preocupar. No entanto, se você perceber que seu filho tem dificuldade em coordenar ambos os lados do corpo, consulte seu pediatra.