Anteriormente, falamos sobre como preparar seu bebê para começar a engatinhar e as habilidades envolvidas nesse processo. A maioria dos bebês começa a engatinhar entre 8 e 10 meses. A razão pela qual alguns começam aos 6 é porque eles estão aprendendo a rolar, sentar e se mover, e podem sentir a necessidade de se deslocar antes dos 8 meses. Durante esse tempo, um sinal que você verá no seu filho é que, quando estiver de bruços, ele fará pequenas flexões, levantando a cabeça e o peito usando os braços como apoio. À medida que ele se torna mais forte, começará a experimentar e tentará se mover usando os antebraços; e é por isso que é tão importante que ele passe um tempo de bruços durante esse período.

Há também crianças que começam a engatinhar mais tarde, e falamos isso simplesmente porque muitos bebês começam a se apoiar em móveis e se levantar aos 10-11 meses. Na verdade, não importa quando ou se o seu bebê engatinha ou não; essa habilidade se desenvolverá quando seu filho estiver pronto, e talvez seu estilo de engatinhar não seja completamente convencional. O importante é que ele comece a se mover e melhorar sua coordenação motora, o que inclui muitos outros marcos de desenvolvimento.

banner kinedu desenvolvimento

Durante os próximos meses, é muito provável que seu filho aprenda a engatinhar ou se movimentar usando outros métodos, e fará isso depois de aprender a se sentar. Alguns bebês fazem isso sozinhos e outros precisam de um pouco de ajuda. Não se preocupe, eventualmente todos farão isso. Quando seu filho conseguir se sentar, aprenderá a segurar a cabeça para olhar em volta e o pescoço, as costas, os braços e as pernas serão fortes o suficiente para suportar o próprio peso quando estiver em quatro apoios. Quando sentir que consegue fazer isso, ele começará a experimentar vários movimentos, como engatinhar, rolar ou deslizar no chão. Independentemente do estilo pessoal dele, essas primeiras tentativas podem não ajudá-lo a ir para frente. De fato, em outro artigo, mencionamos que é provável que ele vá para trás antes de ir para frente.

Lembre-se de que o engatinhar é diferente para todos os bebês; alguns fazem isso da maneira tradicional e outros preferem empurrar o chão e deslizar enquanto estão sentados. Você pode perceber que seu filho começa a engatinhar de barriga para baixo, balançando de um lado para o outro ou se arrastando pela sala. Algumas crianças até tentam se apoiar nos móveis para se levantar. Não se preocupe, embora pareça que o engatinhar é a próxima conquista que o seu filho deve alcançar, o importante é que ele se sinta motivado a explorar o entorno se movendo do jeito que preferir. Ao longo dos meses, você verá que ele consegue carregar mais peso nas pernas. Os marcos físicos são fáceis de identificar, mas lembre-se de que, durante esse período, seu filho também trabalhará a comunicação por meio de sons, expressões faciais, gestos e balbucio. Além disso, ele começará a se acostumar a estar com estranhos, então pode ficar irritado ou nervoso se você não estiver com ele.

Continuem praticando e seja paciente. O progresso é mais importante do que a data em que seu filho começa a engatinhar. Se você quiser saber mais sobre como estimular essa habilidade, leia “Dicas para ajudar seu bebê a engatinhar”.