Como escolher brinquedos adequados à idade do seu bebê

As crianças se desenvolvem de maneiras diferentes, por isso é bom ter brinquedos que estimulem suas experiências, de acordo com o estágio em que elas estão. Então, além de encontrar brinquedos que sejam seguros para o seu filho, é importante que eles sejam adequados ao nível de desenvolvimento dele.

Na maioria das vezes, você descobrirá que há muitos materiais seguros e apropriados que podem ser encontrados em casa e usados de diversas formas para crianças de diferentes idades – você só precisa ser criativa! Abaixo, você encontrará uma lista de brinquedos apropriados para diferentes idades, com base nas recomendações da National Association for the Education of Young Children (NAEYC).

0 a 6 meses:

Bebês pequenos gostam de olhar rostos e cores brilhantes e segui-los com o olhar. Eles podem alcançar objetos e explorá-los com as mãos, os pés e a boca. Quando eles ouvem um som peculiar, eles se viram e olham em direção a ele. Bons brinquedos para essa idade incluem:

  • Chocalhos;
  • Aros grandes;
  • Mordedores;
  • Brinquedos de apertar;
  • Livros de banho com rimas;
  • Espelhos inquebráveis.

7 a 12 meses:

Esses meses são normalmente os mais ativos. Os bebês estão em movimento e, por isso, interagem com o ambiente de maneiras novas e empolgantes – rolando, sentando, engatinhando, levantando-se e ficando de pé. Bons brinquedos para bebês neste estágio incluem:

  • Coisas para brincar de faz-de-conta, como bonecas, bichinhos de pelúcia e carrinhos de brinquedo;
  • Blocos grandes e cubos para montar;
  • Bolas grandes;
  • Brinquedos de empurrar e puxar;
  • Coisas para colocar e tirar, como um cubo de encaixar com formas geométricas.

1 ano de idade:

Crianças nesta idade estão em contato constante com seu ambiente, explorando seus arredores e se movimentando. Sua linguagem está em constante expansão, e eles gostam de livros de histórias. Os brinquedos que são apropriados para essa idade incluem:

  • Livros com ilustrações;
  • Músicas, rimas e histórias simples;
  • Giz de cera, marcadores laváveis ​​e tintas atóxicas;
  • Telefones de brinquedo, bonecas e fantasias para brincar de faz-de-conta;
  • Blocos de plástico e de madeira para montar;
  • Quebra-cabeças grandes.

2 anos de idade:

Nesta idade, as crianças estão desenvolvendo rapidamente sua coordenação motora – o que lhes permite usar as mãos e os dedos com controle e brincar com pequenos objetos. Elas também fazem muitos “experimentos” físicos em seu ambiente: pulando, escalando e rolando. Os brinquedos apropriados para uma criança de 2 anos incluem:

  • Blocos de madeira (4 a 12 peças);
  • Blocos de empilhar;
  • Objetos para classificar por tamanho, cor ou forma;
  • Fantasias, bonecas e bichinhos de pelúcia para brincar de faz-de-conta;
  • Pintura a dedo, giz de cera, marcadores, etc.;
  • Livros de ilustrações;
  • Bolas grandes e pequenas para chutar e arremessar;
  • Túneis para engatinhar.

Lembre-se de sempre colocar a segurança do seu filho em primeiro lugar. Os brinquedos seguros para crianças pequenas não podem ser quebrados, são pintados com tinta atóxica sem chumbo e podem ser limpos com facilidade. Certifique-se de que não haja peças pequenas que possam se soltar e se alojar na garganta do seu filho.

Os pais devem verificar os brinquedos frequentemente, certificando-se de que eles ainda são seguros, pois o desgaste pode tornar perigoso um brinquedo que já foi seguro um dia.

Como encontrar brinquedos adequados à idade do seu filho

As crianças se desenvolvem de maneiras diferentes, por isso é bom ter brinquedos que estimulem suas experiências, de acordo com o estágio em que elas estão. Então, além de encontrar brinquedos que sejam seguros para o seu filho, é importante que eles sejam adequados ao nível de desenvolvimento dele.

Na maioria das vezes, você descobrirá que há muitos materiais seguros e apropriados que podem ser encontrados em casa e usados de diversas formas para crianças de diferentes idades – você só precisa ser criativa! Abaixo, você encontrará uma lista de brinquedos apropriados para diferentes idades, com base nas recomendações da National Association for the Education of Young Children (NAEYC).

0 a 6 meses:

Bebês pequenos gostam de olhar rostos e cores brilhantes e segui-los com o olhar. Eles podem alcançar objetos e explorá-los com as mãos, os pés e a boca. Quando eles ouvem um som peculiar, eles se viram e olham em direção a ele. Bons brinquedos para essa idade incluem:

  • Chocalhos;
  • Aros grandes;
  • Mordedores;
  • Brinquedos de apertar;
  • Livros de banho com rimas;
  • Espelhos inquebráveis.

7 a 12 meses:

Esses meses são normalmente os mais ativos. Os bebês estão em movimento e, por isso, interagem com o ambiente de maneiras novas e empolgantes – rolando, sentando, engatinhando, levantando-se e ficando de pé. Bons brinquedos para bebês neste estágio incluem:

  • Coisas para brincar de faz-de-conta, como bonecas, bichinhos de pelúcia e carrinhos de brinquedo;
  • Blocos grandes e cubos para montar;
  • Bolas grandes;
  • Brinquedos de empurrar e puxar;
  • Coisas para colocar e tirar, como um cubo de encaixar com formas geométricas.

1 ano de idade:

Crianças nesta idade estão em contato constante com seu ambiente, explorando seus arredores e se movimentando. Sua linguagem está em constante expansão, e eles gostam de livros de histórias. Os brinquedos que são apropriados para essa idade incluem:

  • Livros com ilustrações;
  • Músicas, rimas e histórias simples;
  • Giz de cera, marcadores laváveis ​​e tintas atóxicas;
  • Telefones de brinquedo, bonecas e fantasias para brincar de faz-de-conta;
  • Blocos de plástico e de madeira para montar;
  • Quebra-cabeças grandes.

2 anos de idade:

Nesta idade, as crianças estão desenvolvendo rapidamente sua coordenação motora – o que lhes permite usar as mãos e os dedos com controle e brincar com pequenos objetos. Elas também fazem muitos “experimentos” físicos em seu ambiente: pulando, escalando e rolando. Os brinquedos apropriados para uma criança de 2 anos incluem:

  • Blocos de madeira (4 a 12 peças);
  • Blocos de empilhar;
  • Objetos para classificar por tamanho, cor ou forma;
  • Fantasias, bonecas e bichinhos de pelúcia para brincar de faz-de-conta;
  • Pintura a dedo, giz de cera, marcadores, etc.;
  • Livros de ilustrações;
  • Bolas grandes e pequenas para chutar e arremessar;
  • Túneis para engatinhar.

Lembre-se de sempre colocar a segurança do seu filho em primeiro lugar. Os brinquedos seguros para crianças pequenas não podem ser quebrados, são pintados com tinta atóxica sem chumbo e podem ser limpos com facilidade. Certifique-se de que não haja peças pequenas que possam se soltar e se alojar na garganta do seu filho.

Os pais devem verificar os brinquedos frequentemente, certificando-se de que eles ainda são seguros, pois o desgaste pode tornar perigoso um brinquedo que já foi seguro um dia.

6 maneiras de melhorar a memória e a atenção do seu bebê

Durante os primeiros meses, mais especificamente nos dois primeiros, seu bebê será capaz de reconhecer rostos e vozes familiares, especialmente daquelas pessoas que ele vê todos os dias. De fato, os recém-nascidos conseguem reconhecer a voz de suas mães ao nascerem, e podem também reconhecer seu cheiro mesmo após somente uma semana! Esse tipo de reconhecimento é a primeira indicação de memória.

Existem várias coisas que você pode fazer para ajudar seu bebê a fortalecer suas habilidades de memória e atenção. Aqui estão algumas dicas e sugestões para você experimentar em casa:

  1. Rotinas e Consistência
    Esta dica é útil se seu bebê tiver entre 0 e 3 meses de idade. Você pode ajudar no desenvolvimento da memória do seu filho criando rotinas e mantendo o ambiente ao seu redor consistente. Por exemplo, você pode tornar a hora de brincar previsível, mantendo os brinquedos na mesma sala e brincando com eles todos os dias no mesmo horário.
  2. Novas habilidades e o tempo
    Com 0 a 3 meses de idade, você pode tentar introduzir novas habilidades durante a hora de brincar, concentrando-se em cada uma delas durante uma semana inteira – separe uma pequena parte desse momento para treinar essa nova habilidade todos os dias. Por exemplo, ensine seu bebê a brincar com um novo brinquedo e, em seguida, introduza esse objeto por cerca de cinco minutos durante vários dias. Experimentar essa nova habilidade em diferentes períodos, ao invés de um período longo, ajudará seu bebê a lembrar-se da habilidade por mais tempo.
  3. Diga o nome do seu bebê com frequência
    Quando seu bebê atingir 4 meses, ele reconhecerá o som do seu nome e prestará atenção quando for chamado. Mesmo que ele ainda não fale, responda ao seu balbuciar. Ele lembrará desse “jogo de ação e reação” mais tarde. Quando conversar com seu bebê, lembre-se de dizer o nome dele muitas vezes também, para que ele comece a perceber que esse é o nome dele! Isso também vale para o seu nome – chame-se de “mamãe/papai” para que ele crie esse vínculo.Você também deve aproveitar as histórias da rotina noturna. Quando estiver lendo para seu bebê, certifique-se de apontar para as fotos e dizer em voz alta as ações que os personagens estão realizando, como “eles estão dançando”, ou “eles estão escalando”, e até mesmo as cores de suas roupas. Convide seu bebê a fazer gestos: também será de grande ajuda para o desenvolvimento da linguagem dele!
  4. O elemento surpresa
    Se você adicionar um elemento inesperado à sua experiência diária, a informação se tornará mais memorável. Use a técnica da surpresa de vez em quando para iluminar os caminhos cerebrais do seu filho – que estão mais abertos ao processamento de informações e à lembrança. Pesquisadores descobriram que os bebês aprendem melhor quando sua expectativa sobre o comportamento de um objeto é desafiada. A curiosidade os atrai para testar, explorar e, consequentemente, descobrir o que está acontecendo para entender melhor a situação.
  5. Reforço da repetição
    Embora tenhamos falado sobre a importância de ser criativa e de experimentar coisas novas com o seu bebê, também é importante repetir certas atividades para que ele aprimore as conexões neurais existentes. As memórias mais profundas e as conexões neurais mais fortes são criadas quando os bebês são expostos à repetição. Equilibre a novidade e a repetição para uma combinação perfeita!
  6. Cochilos
    Nós sabemos que os bebês ficam a maior parte do tempo dormindo, mas ainda não ficou claro se a soneca diurna que um bebê tira logo após aprender algo novo ajuda na recordação. Os pesquisadores descobriram que apenas os bebês que tiraram cochilos de pelo menos 30 minutos após terem aprendido algo realmente se lembraram do que aprenderam, especialmente depois de 24 horas. Então você pode manter isso em mente ao definir a rotina e os horários do seu bebê!