Cerque seu filho com amor

“Imagine se os abraços, as canções de ninar e os sorrisos dos pais pudessem proteger os bebês contra o desgosto, a angústia adolescente, e até mesmo ajudá-los a passar nos exames décadas mais tarde!” (Winston & Chicot, 2016).

Durante os primeiros três anos de vida, o tamanho do cérebro de um bebê irá alcançar 90% do tamanho do cérebro de um adulto. Esse rápido crescimento representa de 700 a 1000 conexões neurais sendo formadas a cada segundo. As experiências a que seu bebê é exposto, sejam elas positivas ou negativas, são cruciais para a conexão e o desenvolvimento de bilhões de neurônios. A relação emocional que você tem com o seu filho terá efeitos a longo prazo na maneira como ele se relaciona com os outros, em sua resiliência, em sua autoestima e em seu desenvolvimento.

Há muitas maneiras para aproveitar ao máximo esse tempo com o seu filho. Então, não importa se você é dona de casa ou se trabalha fora – sempre há coisas que você pode fazer para mostrar o seu amor ao seu filho.

Continue lendo

Tudo é diversão!

Bebês e crianças exploram e aprendem sobre o mundo ao seu redor brincando com objetos. Ao fazer isso, eles não só se divertem, mas também aprendem habilidades de resolução de problemas e praticam interagir socialmente. Brincar é um requisito básico na infância, e entender quais são as atividades e os brinquedos adequados para o seu bebê é fundamental para o desenvolvimento de suas habilidades e para a conquista dos marcos.

No início, os bebês não entendem a diferença entre brinquedos e objetos domésticos comuns. Tudo o que eles veem, tocam e sentem é novo e excitante. Eles irão explorar o objeto mordendo-o, balançando-o, batendo nele e até mesmo jogando-o para ver o que acontece. Com o tempo, os bebês aprendem a diferenciar brinquedos de objetos comuns, mas os usarão da forma que considerarem mais agradável. Se um chocalho faz um barulho divertido, então eles irão sacudi-lo repetidamente.

Continue lendo

Algumas verdades sobre a hora da refeição

Eu adoro pesquisar e compartilhar informações sobre comida! Existem vários mitos em torno dos alimentos que não são verdadeiros ou estão desatualizados. Quanto mais os pais estiverem bem informados, mais eles irão promover o desenvolvimento de seus filhos. Alguns dos fatos que vou compartilhar com vocês hoje foram elaborados pela Dra. Kay Toomey em seu programa SOS Approach to Feeding. Se o seu filho tiver dificuldades na hora das refeições, consulte o seu pediatra ou procure um especialista.

FATO 1: Brincar com a comida é bom!

Continue lendo