X
X
bebê ficando de pé

A complexa ação de ficar de pé: parte 1

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Ficar de pé pode parecer uma tarefa fácil, mas, para o seu bebê, envolve o uso de muitas habilidades. Desde o primeiro dia, a cada marco alcançado, ele dará um passo a mais em seu desenvolvimento. No começo, você o verá se esforçando muito apenas para sustentar a cabeça e, com o passar do tempo, perceberá como seus músculos ficam mais fortes dia após dia.

Neste artigo, vamos falar de um marco muito interessante que você verá na jornada física do seu filho: ficar de pé. Este processo poderá ocorrer entre os 9 e os 14 meses, e é um precursor de outras habilidades motoras, como andar, correr e pular. Ficar de pé envolve a maioria dos músculos do seu filho e requer um controle impressionante para manter o equilíbrio. É por isso que ele deverá esperar até completar um ano para conseguir ficar de pé.

Ficar de pé pode parecer um marco simples, mas se você levar em conta que esta é uma ação que usa a maioria dos músculos, irá entender que essa conquista envolve a aquisição de diferentes conjuntos de habilidades.

Vamos falar sobre o que você pode observar no processo do seu filho, começando com as habilidades mais comuns que você poderá começar a perceber por volta dos 9 meses de idade.

Ele se levantará apoiando-se nos móveis

Uma das primeiras coisas que você irá perceber é quando seu filho começar a se levantar apoiando-se em móveis. Para que isso aconteça, ele deve ter desenvolvido sua habilidade de alcançar as coisas com as mãos.

Como você pode ajudá-lo a trabalhar essa habilidade? Coloque alguns brinquedos pendurados na frente do seu filho enquanto ele estiver sentado, e incentive-o a alcançá-los. Com o tempo e a prática, você o verá dominar essa habilidade. Conseguir segurar um objeto é algo muito importante, e fará com que o seu filho se sinta seguro o suficiente para começar a se levantar.

Talvez ele precise de alguma ajuda no começo, mas você verá como ele será capaz de fazer isso sozinho antes de adquirir habilidades mais complexas, como chutar uma bola, manter o equilíbrio por mais tempo ou dar seus primeiros passos! Esse exercício de se levantar apoiando-se em móveis contribui para o fortalecimento dos músculos dos braços, do pescoço, do tronco e das pernas. Além disso, ao manter a posição, seu filho também está aprendendo como distribuir seu peso e força, melhorando seu equilíbrio.

X
banner kinedu desenvolvimento

Depois de um tempo, ele irá começar a se segurar em mesas, cadeiras e outros móveis, sempre procurando objetos que se adaptem à sua altura. Certifique-se de que os móveis ao redor dele sejam seguros e que nada possa balançar e cair.

Quando ele conseguir ficar de pé, você poderá começar a colocar seus brinquedos favoritos em cima de móveis seguros, um pouco fora do alcance dele, e incentivá-lo a pegá-los. Desta forma, ele continuará exercitando os músculos necessários para poder se manter em pé.

Também é recomendado dar ao seu filho tempo para brincar à vontade. Dê a ele a oportunidade de explorar e promover sua curiosidade quando se agarrar a diferentes superfícies e alturas. Em breve, ele irá aprender a se soltar por alguns segundos. Falaremos mais sobre isso em outro momento.

Ele poderá passar de uma posição sentada para uma posição ajoelhada

Seu filho está ficando mais forte a cada dia! Agora, vamos falar sobre outro marco do desenvolvimento que ele irá alcançar enquanto aprende a ficar de pé. Como a habilidade anterior, esta também irá aparecer por volta dos 9 meses. Neste ponto, talvez seu filho já tenha um melhor controle de seus movimentos.

Um desses movimentos controlados consiste em mudar de uma posição sentada para uma posição ajoelhada. Parece fácil, mas você consegue se lembrar de algum momento em que tenha feito isso sem usar os braços? Para ser capaz de controlar e repetir esse movimento, é fundamental fortalecer os músculos das pernas e do tronco.

Como ajudar o seu filho a obter a força necessária? Vocês podem fazer um exercício em que você segura o seu filho pelo tronco sobre uma superfície e o ajuda a pular. Você também pode puxá-lo para se levantar e, em seguida, ajudá-lo a sentar-se colocando-o de volta no chão delicadamente.

As primeiras vezes em que ele tentar se levantar sozinho, talvez consiga apenas passar de uma posição sentada para uma posição ajoelhada, sem ficar de pé. Isso é parte do processo, deixe-o praticar o máximo que puder. Permita que ele se movimente à vontade enquanto fica ao seu lado.

Para mais informações, leia estes artigos:

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

bilinguismo

O bilinguismo e o cérebro

Muitos pais conhecem os benefícios que o aprendizado de mais de um idioma pode ter no futuro de uma criança.

Deixe seu comentário!

8 comentários em “A complexa ação de ficar de pé: parte 1”

  1. Pingback: A complexa ação de ficar de pé: parte 2 - Kinedu Blog

  2. Pingback: A complexa ação de ficar de pé: parte 3 - Kinedu Blog

  3. Tania Cristina Zonta

    Meu bebê com 6 meses passou a se sentar sozinho, uma semana depois já se levantou sozinho no cercadinho e ficou em pé.

    1. Olá, Silvana!
      Não se preocupe, cada bebê se desenvolve em seu ritmo e o seu bebê parece estar indo bem! Caso você queira estimulá-lo a engatinhar, temos alguns artigos que podem ajudar, você pode lê-los aqui, aqui e aqui. Continuem praticando e passando tempo juntos! 🌻💛

  4. boa tarde! minha nenei estar com 8 meses e somente agora ela começou a querer engatinhar mas com muito sacrifício pois ela chora bastante. Não sei o que fazer para tornar essa atividade prazerosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *