A bronquite em bebê é uma doença que merece atenção, mas possui tratamento e pode ser superada. Descubra mais sobre ela no texto a seguir!

A saúde dos bebês e crianças é uma preocupação constante na vida dos pais. O desejo é de protegê-los de todas as formas possíveis, mas eventualmente alguma doença pode surgir. A bronquite é uma enfermidade que pode gerar muitos incômodos às crianças, principalmente pela sensação de falta de ar.

Você já presenciou de perto a bronquite em bebê ou criança? Sabe quais são os principais sintomas dessa doença? Confira no texto a seguir informações sobre suas causas, sintomas e tratamentos!

O que é a bronquite em bebê e criança?

A bronquite é uma inflamação nos tubos respiratórios dos pulmões, chamados brônquios. Existem dois tipos de bronquite: a aguda e a crônica, sendo a primeira de curto prazo, e a segunda, de longo prazo. As crianças que têm mais chances de desenvolver essa doença são as que possuem histórico de sinusite crônica, alergias, asma, convivem com fumantes e/ou possuem amígdalas e adenoides aumentadas.

A principal causa da bronquite em bebê e criança são as infecções virais. Elas podem se desenvolver depois de uma infecção na região do nariz, boca e trato respiratório superior. Por se tratar de um vírus, é possível que a contaminação seja rápida e, por isso, os cuidados com a higiene são fundamentais.

Além do vírus, a bronquite pode ser causada também por bactérias e alérgenos como poeira, fumaça de cigarro e vapores fortes, mas esses casos são menos comuns.

Quais são os principais sintomas da bronquite?

A dificuldade para respirar que as crianças apresentam quando estão com bronquite pode causar desconforto até nos pais. Sem dúvidas, é necessário se manter vigilante quanto a isso, e é importante conhecer alguns sinais para poder verificar se a criança está apresentando algum desconforto respiratório.

Os principais sinais de desconforto respiratório são aumento da velocidade da respiração, da frequência cardíaca, do suor, cor azulada ao redor da boca, na parte interna dos lábios ou nas unhas e cor da pele pálida ou acinzentada.

Além dos sintomas que se apresentam por causa da falta de ar, os sintomas mais comuns da bronquite em bebê são as tosses, os vômitos ou engasgos, o corrimento nasal, a congestão ou dor no peito, mal-estar, arrepios, febre, sibilo (um assobio agudo durante a respiração) e dor nas costas.

Quais são os possíveis tratamentos?

Por se tratar geralmente de uma infecção viral, o tratamento é voltado para o alívio de sintomas. Recomenda-se muito descanso, beber bastante líquido, remédios para febre e dor leve, evitar contato com fumaça e usar um umidificador no quarto do bebê ou criança (ou, na ausência deste, expor o seu filho ao vapor durante o banho).

É recomendado consultar um médico, pois só ele é capaz de avaliar a gravidade da condição e prescrever um tratamento adequado de acordo com os sintomas, idade e estado geral da criança. Em casos extremos de crise, não hesite em levar seu filho para o pronto socorro mais próximo!

A bronquite em bebê é um quadro expressivo, que precisa ser tratado com a devida atenção. Felizmente, conhecendo mais sobre a doença, você pode identificar seus sinais e procurar ajuda.

Quer conhecer outras dicas de saúde para o seu filho? Confira nosso artigo sobre febre em bebê!

Powered by Rock Convert