X
X
cor do cocô do bebê

O que a cor do cocô do bebê diz sobre a saúde dele

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Cada bebê é único e diferente. É por isso que, desde o nascimento, é importante observar seu filho para conhecê-lo e entender suas necessidades, personalidade, interesses e até a cor do seu cocô.

Quando o assunto são as fezes, há uma variedade de cores, cheiros e texturas, muitos dos quais são considerados normais ー como os diferentes tons de marrom, amarelo ou verde. Neste artigo, falaremos sobre a cor do cocô do bebê como um indicador de sua saúde.

Qual cor do cocô do bebê é considerada “normal”?

É esperado que a cor do cocô do bebê seja de tons terrosos, como amarelo, verde ou marrom. Um fator que influencia a cor das fezes é a maneira como o seu bebê se alimenta. Normalmente, o cocô de bebês que mamam no peito é de tom mostarda ou alaranjado, possui uma consistência suave e tem pedacinhos brancos que parecem sementes. Por outro lado, o cocô de bebês alimentados com fórmula é mais consistente, já que o consumo de água é mais baixo. Frequentemente, a consistência é mais pastosa, e a cor do cocô do bebê é amarela clara ou marrom.

Há momentos em que a evacuação do seu bebê pode ser de outras cores. As causas usuais de cores diferentes de cocô em bebês maiores ー quando eles começam a ingerir alimentos sólidos ー são as cores ou aditivos nas comidas, mas, em bebês mais novos, há momentos em que a cor do cocô do bebê pode ser um sinal de alguma doença e é recomendado conversar com o pediatra.

Confira algumas explicações para cada cor do cocô do bebê:

  • O cocô laranja pode aparecer se a mãe foi medicada ou consome comidas coloridas artificialmente. Mas não se preocupe, pois geralmente essa cor não é sinal de problema.
  • O cocô branco pode ser sintoma de um problema de fígado ou vesícula biliar. Em alguns casos, é devido a alergia a laticínios, antibióticos ou antiácidos ー se o seu bebê estiver consumindo alguma dessas coisas.
  • O cocô vermelho ou rosado pode ser o resultado da ingestão de sangue da mama da mãe, ou porque seu bebê engoliu sangue durante o parto. Também pode ser um sinal de alergia a leite ou fissura anal.
  • Há também alguns casos raros, quando há um grande volume de sangue na fralda, o que é um sinal de uma infecção ou de problemas perto do trato gastrointestinal. Se essa for a razão do sangue vermelho, provavelmente seu bebê terá febres ou mudanças de comportamento.

De qualquer maneira, é importante consultar seu pediatra o mais rápido possível, para que ele possa te ajudar a entender a causa da cor do cocô do seu bebê.

X
banner kinedu saúde

Além disso, é normal que um recém-nascido faça um “cocô preto” no primeiro dia de vida. Não são fezes, mas um resíduo conhecido como mecônio. O mecônio preto é não tem cheiro, já que não há resíduos de bactérias nele. A evacuação dessa substância é um sinal de que o intestino do seu pequeno está funcionando, e, depois de alguns dias, a cor do cocô do seu bebê (seja de leite materno ou de fórmula) irá mudar para um verde escuro e, depois, para amarelo.

Mas se o cocô do seu bebê continuar preto depois de alguns dias, recomendamos que você consulte seu pediatra, já que isso pode ser um sinal de acúmulo de sangue velho. É importante mencionar que o cocô de bebês mais velhos pode ter uma cor mais escura que o normal ー mas não preto ー caso ele esteja consumindo ferro.

E sobre a consistência do cocô do bebê?

A consistência do cocô de um recém-nascido geralmente é espessa, e, depois de alguns dias, torna-se similar a um molho de maçã. À medida que os bebês ficam mais velhos, perto do primeiro ou segundo ano, o cocô muda para algo similar à consistência do homus. Além disso, a consistência do cocô do bebê muda dependendo da maneira como ele é alimentado ー leite materno ou fórmula ー, já que o leite materno é mais líquido.

Se o cocô do bebê estiver muito líquido, pode ser um sinal de diarreia. Mesmo que o cocô não seja tão sólido quanto o de crianças maiores, normalmente não é tão aquoso e solto como quando há diarreia. Isso pode levar a desidratação, então verifique a consistência do cocô do seu bebê quando você for trocar a fralda, para saber se ela não está mais líquida ou mais verde que o habitual, já que isso pode ser um sinal de diarreia também. Se as fezes do seu bebê estiverem muito líquidas por mais que 24 horas, converse com o seu pediatra.

Se o cocô do seu bebê estiver muito duro, pode ser um sinal de que ele está constipado, já que o trato intestinal do seu bebê pode estar absorvendo muita água. Em bebês mais velhos, fezes duras podem estar relacionadas a sensibilidades alimentares ou alergias, ou, em alguns casos, podem ser um sinal de uma desordem metabólica ou problemas anatômicos, então tente pedir orientação ao seu pediatra. Normalmente, quando um bebê está constipado, suas fezes ficam muito densas ou podem sair em grãos duros, podendo causar dor ou sangramento.

Quase toda textura e cor de cocô de bebê que mencionamos acima está relacionada a bebês com menos de seis meses de idade ou que ainda não começaram a introdução alimentar. Quando seu pequeno começar a comer sólidos, a consistência e a cor do cocô do bebê poderão mudar dependendo do que ele come. Ainda assim, é importante lembrar quais são as cores esperadas e quais exigem uma consulta com o pediatra. Se o caso do seu bebê for muito específico ou não se encaixar em nenhuma das categorias mencionadas, consulte seu médico, pois ele terá mais informações sobre o caso específico do seu bebê.

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

2 comentários em “O que a cor do cocô do bebê diz sobre a saúde dele”

  1. Pingback: Como facilitar o desfralde com 5 atividades divertidas - Kinedu Blog

  2. Pingback: Como trocar a fralda do seu bebê - Kinedu Blog

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *