X
X
desenvolvimento motor infantil - bebê engatinhando

Os primeiros anos: desenvolvimento motor

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

Ajude o seu bebê a dormir melhor.

X
X

Em qual etapa do desenvolvimento motor infantil seu filho se encontra? Ele já tem o controle dos movimentos do pescoço, já engatinha, já anda? A coordenação motora, como todas as outras habilidades, é desenvolvida com o passar do tempo, e sua prática é fundamental. Para nós, adultos, muitas dessas habilidades são automáticas, mas os bebês ainda precisam aprender muito para aprimorar suas capacidades físicas.

Quer descobrir como você pode ajudar seu pequeno a se desenvolver? Continue lendo nosso artigo e saiba mais!

Fortalecendo os músculos

O pleno desenvolvimento motor infantil é muito importante, pois é quando somos pequenos que nosso cérebro aprende como devem ser feitos os movimentos básicos que dão subsídio para as ações mais complexas no futuro.

Além disso, para desenvolver a coordenação motora, seu bebê precisa de oportunidades para fortalecer seus músculos e planejar suas ações. Em seus primeiros meses, ele precisará ficar de bruços para fortalecer os membros superiores. Sendo assim, uma dica valiosa é estimular o seu filho a conhecer posições variadas, já que com isso ele pode experimentar mais seu corpo e tonificar seus músculos.

Verifique também seu reflexo de preensão — colocando seu dedo na mão dele, ele vai enrolar os dedos automaticamente ao seu redor!

Controlando a cabeça e o equilíbrio

Quando deitado de barriga para cima, seu bebê poderá começar a levantar a cabeça momentaneamente e virá-la de um lado para o outro. Observe como sua cabeça começa a ficar ereta quando você o segura sentado. Em pouco tempo, ele será capaz de se sentar sozinho e, no quarto mês, ganhará mais controle para sustentar a cabeça.

Ficar sentado também o ajudará na prática do equilíbrio e da coordenação, o que será benéfico quando ele estiver pronto para dar os seus primeiros passos! Para prepará-lo ainda mais para esse grande marco, tente segurá-lo em pé — assim, ele vai começar a conseguir suportar algum peso nas pernas.

Engatinhando e explorando o ambiente

A partir do quinto mês, seu bebê poderá começar a rolar e virar de barriga para baixo, mesmo que ele não consiga voltar à posição com a barriga para cima. Começar a engatinhar é um momento importante, e ótimo para que o seu bebê explore o ambiente e melhore sua percepção espacial. O estilo que ele irá escolher para engatinhar pode variar muito, mas o mais importante é sua vontade de se locomover de forma independente.

No entanto, essa nova forma de se mover significa que, se a sua casa ainda não foi adaptada para a segurança do seu bebê, a hora é agora. É interessante retirar móveis muito leves e com pontas afiadas, pois os pequenos costumam tentar se apoiar ao levantar. Se o móvel for leve demais, ele poderá cair em cima da criança e causar um baita acidente! Por isso, móveis mais firmes podem evitar esses incidentes e, ao mesmo tempo, dar auxílio e sustentação.

X
banner kinedu desenvolvimento

Outro cuidado necessário refere-se à superfície em que ele vai engatinhar, pois precisa ser macia e confortável para não machucar a pele fina do bebê. Por fim, vale ressaltar que alguns bebês não chegam a engatinhar e isso não é um problema. Não se preocupe!

Andando e correndo pela casa

Sua mobilidade vai melhorar cada vez mais ao longo do tempo e, em apenas alguns meses, ele conseguirá começar a se apoiar em móveis ou outros objetos para, finalmente, dar o primeiro passo. Tente, ao máximo, registrar essa ocasião — com certeza será um momento marcante!

Uma dica que pode ser útil, é fazer um caminho com móveis seguros e firmes para que ele possa se apoiar e percorrer distâncias cada vez maiores. Com o tempo, você pode aumentar o espaçamento entre esses móveis para que seu filho possa aprimorar mais o desenvolvimento motor.

Se envolver nessas atividades e criar jogos em que ele ande atrás de você, são fontes prazerosas de motivação e fazem toda a diferença na hora de estimular o crescimento de seu pequeno.

Tenha atenção aos marcos do desenvolvimento

Falamos sobre alguns marcos do desenvolvimento motor infantil, mas é possível observar muitos outros. Além do movimento do pescoço, andar e engatinhar, os pais podem acompanhar seus filhos e observar quais capacidades conquistaram. Especialistas indicam que existem algumas expectativas de aprendizado, e cada uma delas está compreendida dentro de determinada faixa etária.

Podemos citar, por exemplo, que entre 1 e 6 meses espera-se que a criança possa segurar os dedos de seu cuidador e consiga coordenar seus comportamentos e ações aos movimentos dos brinquedos. Até os 9 meses, deseja-se que eles fortaleçam seus músculos e possam rolar e se inclinar. Dos 5 aos 15 meses, os bebês costumam adquirir a capacidade de engatinhar. Dos 9 aos 14 meses, eles provavelmente serão capazes de ficar de pé. Já dos 10 aos 15 meses, é esperado que eles deem seus primeiros passos e depois disso sejam capazes de correr!

Os pais e cuidadores podem ficar atentos a esses marcos do desenvolvimento motor infantil e a idade esperada para que cada capacidade seja adquirida, pois só assim eles podem detectar quando algo não está indo conforme o esperado e procurar um pediatra ou especialista. Contudo, muitos são os pontos que podem ser observados e várias são as possibilidades de atividades capazes de ajudá-los em seu crescimento.

Lembre-se de que cada bebê se desenvolve de forma diferente. O que citamos são apenas diretrizes para o desenvolvimento, e não são as únicas. O único bebê com quem você deve compará-lo é ele mesmo!

O Kinedu pode ajudar nessa tarefa, pois é fácil de usar e indica em qual fase seu filho está e o que esperar quanto a sua evolução. Além disso, há uma extensa lista de intervenções que podem potencializar a evolução de seu bebê.

Você já conhece o Kinedu? Faça um teste gratuito agora mesmo e saiba como auxiliar o desenvolvimento motor infantil de seu filho!

Quer receber outros conteúdos como este de graça?

Assine a nossa newsletter e faça parte da comunidade kinedu.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário!

1 comentário em “Os primeiros anos: desenvolvimento motor”

  1. Pingback: O que é psicomotricidade e como estimular em casa - Kinedu Blog

Comentários encerrados.